Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/28387
Files in This Item:
File SizeFormat 
ARTIGO_FloristicaCamposMurundus.pdf326,54 kBAdobe PDFView/Open
Title: Florística dos campos de murundus do Pantanal do Araguaia, Mato Grosso, Brasil
Other Titles: Floristics of floodplain 'murundus' of the Pantanal of Araguaia, Mato Grosso, Brazil
Authors: Marimon, Beatriz Schwantes
Marimon Júnior, Ben Hur
Mews, Henrique Augusto
Jancoski, Halina Soares
Franczak, Daniel David
Lima, Herson Souza
Lenza, Eddie
Rossete, Amintas Nazareth
Moresco, Micheli Cristina
Assunto:: Planície de inundação
Inundação
Campo graminoso
Erythroxylum suberosum
Issue Date: Mar-2012
Publisher: Sociedade Botânica do Brasil
Citation: MARIMON, Beatriz Schwantes et al. Florística dos campos de murundus do Pantanal do Araguaia, Mato Grosso, Brasil. Acta Botanica Brasilica, Feira de Santana, v. 26, n. 1, p. 181-196, jan./mar. 2012. DOI: https://doi.org/10.1590/S0102-33062012000100018. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062012000100018&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 19 out. 2020.
Abstract: O presente estudo teve como objetivo determinar e comparar a riqueza e a composição de espécies de angiospermas entre campos de murundus (CM) do Parque Estadual do Araguaia (PEA), em uma das maiores planícies de inundação do Brasil. O PEA localiza-se em Novo Santo Antônio, Mato Grosso, sendo delimitado a leste pelo Rio Araguaia e a oeste pelo Rio das Mortes. Foram realizadas coletas intensivas da flora em 11 hectares, e áreas adjacentes, de CM distribuídos ao longo do PEA. Estudos do meio físico foram realizados através de descrições in situ. Os solos são do tipo Plintossolo, hidromórficos minerais, profundos, imperfeitamente a mal drenados, com baixa permeabilidade. No total foram coletadas 318 espécies, 193 gêneros e 66 famílias. Nos CM os valores variaram de 51 a 135 espécies, 42 a 107 gêneros e 27 a 52 famílias. Erythroxylum suberosum foi considerada uma espécie típica de CM brasileiros, Curatella americana típica de CM de Mato Grosso e Byrsonima cydoniifolia típica do PEA. O padrão físico e de distribuição espacial dos murundus pode ser um reflexo do pulso de inundação sazonal, visto que a composição florística dos campos de murundus variou entre as áreas de influência dos rios que delimitam o parque. Este foi o maior levantamento florístico já realizado em CM, permitindo relevante ampliação do conhecimento e registro de espécies típicas do Bioma Cerrado e que ocorrem nessa fitofisionomia.
Abstract: This study aimed to compare angiosperm species richness and composition between floodplain 'murundus' (FM) of Araguaia State Park (ASP) in one of Brazil´s largest floodplains. ASP is located in Novo Santo Antônio, Mato Grosso state, and is bordered on the east by the Araguaia River, and on the west by Das Mortes River. Intensive floristic inventories were made on 11 hectares, and adjacent areas, of FM distributed over ASP. Environmental studies were performed by in situ descriptions. The soils are deep, mineral hydromorphic plinthosols, imperfectly to poorly drained, with low permeability. A total of 318 species, 193 genera and 66 families were collected, and FM values ranged from 51 to 135 species, 42 to 107 genera and 27 to 52 families. Erythroxylum suberosum is a typical species of Brazilian FM, Curatella americana typical of Mato Grosso FM and Byrsonima cydoniifolia typical of the ASP. The physical and spatial distribution pattern of the "murundus" (earthmounds) may reflect the seasonal flood pulse, since the floristic composition of the FM varied between the areas under the influence of the rivers that border the park. This was the largest floristic inventory ever undertaken in FM, with a significant increase in our knowledge and recording of typical species of the Cerrado Biome which occur in this phytophysiognomy.
Licença:: Acta Botanica Brasilica - (CC BY-NC) - Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons. Fonte: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062012000100018&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 19 out. 2020.
DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S0102-33062012000100018
Appears in Collections:BOT - Artigos publicados em periódicos
EFL - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/28387/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.