Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/28354
Files in This Item:
File SizeFormat 
ARTIGO_IntoxicacaoNaturalBrachiaria.pdf1,06 MBAdobe PDFView/Open
Title: Intoxicação natural por Brachiaria spp. em ovinos no Brasil Central
Other Titles: Brachiaria spp. poisoning in sheep in Central Brazil
Authors: Mustafa, Vanessa da Silva
Moscardini, Augusto Ricardo Coelho
Borges, José Renato Junqueira
Reckziegel, Guilherme Carneiro
Riet-Correa, Franklin
Castro, Márcio Botelho de
Assunto:: Plantas venenosas
Capim-braquiária - intoxicação alimentar
Saponinas esteroidais
Ovino - doenças
Ovino - intoxicação alimentar - Brasil
Issue Date: Dec-2012
Publisher: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Citation: MUSTAFA, Vanessa S. et al. Intoxicação natural por Brachiaria spp. em ovinos no Brasil Central. Pesquisa Veterinária Brasileira, Rio de Janeiro, v. 32, n. 12, p. 1272-1280, dez. 2012. DOI: https://doi.org/10.1590/S0100-736X2012001200010. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-736X2012001200010&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 19 out. 2020.
Abstract: Brachiaria spp. é a principal forrageira utilizada para ruminantes no Brasil Central, mas a sua toxicidade, devida à presença de saponinas esteroidais, torna-se um importante entrave à sua utilização. Neste trabalho descrevem-se 34 surtos e um foco de intoxicação por Brachiaria spp em ovinos, que ocorreram em diferentes épocas do ano. A morbidade geral foi de 23,2% e a letalidade foi 88,3%. O tempo que os animais permaneceram no pasto até o surgimento dos sinais clínicos da intoxicação por Brachiaria spp. variou de 15 dias até mais de 12 meses. Em 90,1% dos surtos os animais eram menores de 12 meses de idade. O curso clínico da intoxicação variou de 2 a 45 dias. Os sinais clínicos e as lesões macroscópicas foram características de fotossenssibilização hepatógena, no entanto, nos casos mais agudos não foram observadas dermatite nem icterícia, ocorrendo severo edema em face e orelhas. Na histologia do fígado as lesões mais características foram a presença de macrófagos com citoplasma espumoso, encontrados principalmente nos sinusoides hepáticos e, às vezes, com imagens negativas de cristais acutiformes no citoplasma. Em oito das 11 fazendas visitadas os surtos ocorreram em pastagens de Brachiaria decumbens; em duas em pastagens de B. brizantha e uma em pastagem de B. decumbens, B. humidicola e Andropogon sp. As concentrações de saponinas nas pastagens, em 5 surtos, variou de 0.3% a 2.56%. As informações geradas neste trabalho permitem a proposta de medidas para controle e profilaxia da intoxicação por Brachiaria spp. no Brasil Central.
Abstract: Brachiaria spp. is the main pasture for ruminants in Central-Brazil, but the crucial problem for their utilization is the toxicity due to the presence of steroidal saponins. This paper reports 35 outbreaks of poisoning by Brachiaria spp in sheep. The poisoning occurred in different seasons of the year. Mean morbidity was 23.2% and mean lethality was 88.3%. The occurrence of clinical signs after the introduction of the sheep into the pastures varied from 15 days to more than 12 months. In 90.1% of the outbreaks, sheep younger than 12 months of age were affected. Clinical signs and gross lesions were characteristic of hepatogenous photosensitization, but more acute cases showed edema of the face and ears, without dermatitis or jaundice. The main histologic lesions of the liver were the presence of macrophages with foamy cytoplasm, found mainly in sinusoids, and sometimes containing negative images of crystals. In eight out of 11 farms visited the outbreaks occurred in Brachiaria decumbens pastures, two in B. brizantha pastures, and one in a pasture of B. decumbens, B. humidicola, and Andropogon sp. Saponin concentrations in the pastures of 11 outbreaks varied from 0.3 to 2.56%. The information generated by this report allows the proposal of measures for control and prevention of Brachiaria spp. poisoning in Central-Brazil.
Licença:: Pesquisa Veterinária Brasileira - (CC BY-NC) - Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons. Fonte: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-736X2012001200010&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 19 out. 2020.
DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S0100-736X2012001200010
Appears in Collections:FAV - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/28354/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.