Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/28204
Files in This Item:
File SizeFormat 
v17n3a01.pdf228,3 kBAdobe PDFView/Open
Title: Avaliação da composição corporal e dos níveis de aptidão física de atletas de futsal classificados segundo a tipologia dos esquemas de gênero
Body composition and physical fitness level evaluation among futsal athletes classified into gender schemas typological groups
Authors: Gomes, Sérgio Adriano
Sotero, Rafael da Costa
Giavoni, Adriana
Melo, Gislane Ferreira de
Assunto:: Composição corporal
Esportes
Performance atlética
Personalidade
Issue Date: 2011
Publisher: Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte
Citation: Rev Bras Med Esporte,v.17,n.3,p.156-160,2011
Abstract: INTRODUÇÃO: O autoconceito é uma estrutura formada por redes de esquemas cognitivos, dentre os quais se encontram os esquemas de gênero (esquema masculino e esquema feminino). De acordo com o Modelo Interativo, todos os indivíduos possuem os dois esquemas de gênero, dos quais resultam diferentes perfis psicológicos. OBJETIVO: Avaliar se atletas de futsal que diferem quanto à tipologia dos esquemas de gênero apresentam diferenças na composição corporal e nos níveis de aptidão física. MÉTODOS: A amostra inicial foi composta por 92 atletas do sexo masculino, classificados em grupos tipológicos de esquemas de gênero: Heteroesquemático Masculino (HM), Heteroesquemático Feminino (HF) e Isoesquemático (ISO). Para a classificação da amostra em grupos tipológicos foi utilizado o Inventário Masculino dos Esquemas de Gênero do Autoconceito (IMEGA). Foram utilizados os testes Squat Jump, Counter Movement Jump e Running Anaerobic Sprint Test; para mensurar, respectivamente, força explosiva e potência anaeróbia. Para a análise dos resultados foram utilizadas ANOVA One Way, ANOVA Mista e MANOVA. RESULTADOS: Os resultados demonstraram que os grupos HM, ISO e HF não apresentaram diferenças quanto à composição corporal, mas que os HM apresentaram índice médio de fadiga maior do que os grupos ISO e HF. Na avaliação dos seis tiros executados pelos atletas, observou-se que o grupo HM apresentou maior variação entre a potência máxima inicial e a final, quando comparado aos demais grupos. CONCLUSÃO: Os resultados permitem concluir que os diferentes perfis psicológicos adéquam-se melhor ao desempenho de determinadas posições do jogo e/ou a determinadas situações específicas durante o jogo
INTRODUCTION: Self-concept is a structure formed by cognitive schemas, among of these there are gender schemas (male and female schemas). According to the Interactive Model, all individuals are composed of both schemas resulting in different psychological profile. OBJECTIVE: This study aimed to evaluate if futsal athletes who differ in gender schemas typological groups present differences in body composition and physical fitness level. METHOD: The initial sample was composed of 92 male athletes, who were classified in the following gender schema typological group: Male Heteroshematic (MH), Female Heteroshematic (FH) and Isoshematic (ISO). In order to classify the sample in typological groups, the Male Inventory of the Self-Concept's Gender Schemas (IMEGA) was used. The Squat Jump, Counter Movement Jump and Running Anaerobic Sprint Tests were used to assess explosive power and anaerobic capacity, respectively. The results were analyzed with Analysis of Variance (ANOVA): One Way, Mixed and Manova. RESULTS: The results showed no differences in body composition, but MH presented more fatigue than the ISO and FH groups. In the assessment of six sprints executed by the athletes, it was observed that MH presented more variation between the initial and final maximum power, when compared with the other groups. CONCLUSION: These results lead to the conclusion that different psychological profiles adapt better to some game positions performance and/or to some specific situations during the game. Finally, it is suggested that the psychological profile must be used as a criterion in the selection of the athletes, considering also physiological and technical factors
DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922011000300001
Appears in Collections:Uso interno - em processamento

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/28204/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.