Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/27386
Files in This Item:
File SizeFormat 
a02v9n5.pdf298,96 kBAdobe PDFView/Open
Title: Assédio moral e gestão de pessoas: uma análise do assédio moral nas organizações e o papel da área de gestão de pessoas
Moral harassment and human resources management: an analysis of moral harassment in organizations and the role of the human resources management
Authors: Martiningo Filho, Antonio
Siqueira, Marcus Vinicius Soares
Assunto:: Assédio moral
Organização
Trabalho
Gestão
Gestão de pessoas
Moral harassment
Organization
Work
Management
Human resources management
Issue Date: 2008
Publisher: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Citation: RAM, Rev. Adm. Mackenzie,v.9,n.5,p.11-34,2008
Abstract: No presente artigo é feita uma análise do processo de assédio moral nas organizações e do papel da área de gestão de pessoas, principalmente quanto às práticas adotadas para a identificação e gerenciamento de fatores situacionais no ambiente de trabalho, que possam propiciar o surgimento do fenômeno assédio moral. Para cumprirmos esse objetivo, utilizamos um novo enfoque, já que a maioria das pesquisas traz a visão dos funcionários assediados, das vítimas, e, neste trabalho, procuramos analisar a percepção dos gestores sobre o assédio moral no ambiente de trabalho e sobre qual a melhor forma de atuação das organizações para combater sua incidência. No momento em que as empresas buscam uma orientação mais ética e a melhoria do ambiente de trabalho, a discussão deste tema é de grande relevância. Nesse sentido, a pesquisa identificou que nas empresas que possuem políticas claras quanto ao assunto, canais adequados para a comunicação dos casos, estruturas de trabalho menos hierarquizadas e um clima organizacional de confiança e respeito, os funcionários se sentem mais seguros para denunciar os casos de assédio moral no ambiente de trabalho.
This essay analyses the procedure of moral harassment in organizations and the role of the human resources management area, specially, in practices adopted for identifying and managing work circumstances factors which may propitiate the appearance of the moral harassment phenomenon. In order to accomplish this objective we have used a new point of view, since most researches show the view of harassed employees, of victims, and in this essay, we have tried to analyze managers' perception of moral harassment in work environment and what is the best way for organizations to avoid this to happen. Since organizations are looking for a more ethical orientation and the improvement of work environment, the discussion of this subject has a huge significance. From this point of view, the analysis identified that employees feel safer in denouncing cases of moral harassment in enterprises with a clear policy about the subject, with appropriated communication channels, with a less hierarchical work structure, and with a respectful and trustful organizational climate.
DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S1678-69712008000500002
Appears in Collections:Uso interno - em processamento

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/27386/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.