Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/26113
Files in This Item:
File SizeFormat 
a13v67n6.pdf98,38 kBAdobe PDFView/Open
Title: Contaminação bacteriana da câmara anterior pós-facoemulsificação com implante de lente intra-ocular de polimetilmetacrilato ou silicone
Bacterial anterior chamber contamination after phacoemulsification and polymethylmethacrylate or silicone intraocular lens implantation
Authors: Pereira, Ricardo Antonio
Santos, Regina C.R. dos
Santos, Procópio Miguel dos
Assunto:: Extração de catarata
Facoemulsificação
Implante de lente intra-ocular
Câmara anterior
Polimetilmetacrilato
Infecções oculares bacterianas
Cataract extraction
Phacoemulsification
Lens implantation, intraocular
Anterior chamber
Polymethylmethacrylate
Eye infections, bacterial
Issue Date: 2004
Publisher: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Citation: Arq. Bras. Oftalmol.,v.67,n.6,p.911-915,2004
Abstract: OBJETIVO: Avaliar a contaminação bacteriana da câmara anterior, após facoemulsificação não complicada, com tamanhos diferentes de incisões e lentes intra-oculares. MÉTODOS: Foi realizado estudo prospectivo randomizado, de 80 olhos de 80 pacientes, submetidos à facoemulsificação sob anestesia tópica, distribuídos aleatoriamente em dois grupos iguais. No grupo A foram alocados os pacientes submetidos à cirurgia com incisão de 3,0 mm, lente intra-ocular dobrável de silicone implantadas com injetor. No grupo B os pacientes foram submetidos à cirurgia com incisão de 5,8 mm e implante de lente intra-ocular de polimetilmetacrilato de peça única, com pinça. Ao final de cada cirurgia, uma amostra do líquido da câmara anterior foi colhida e semeada em meios de cultura para bactérias. RESULTADOS: A cultura do líquido da câmara anterior foi positiva em 2,5% dos casos do grupo A e em 5,0% do grupo B. Não houve diferença estatisticamente significante entre os dois grupos (chi2 = 0, 380, p> 0,05). CONCLUSÃO: O implante de lente intra-ocular através de incisão menor, não resultou em menor contaminação da câmara anterior na cirurgia de facoemulsificação.
PURPOSE: To evaluate bacterial anterior chamber contamination following uncomplicated phacoemulsification with differents sizes of incisions. METHODS: Prospective randomized study, 80 eyes, 80 patients divided into two groups, were submitted to phacoemulsification with topical anaesthesia. In group A, with 40 patients, surgery was perfomed with 3.0 mm incision and silicone intraocular lens implant with injector. In group B the surgery was done with 5.8 mm incision and polymethylmethacrylate intraocular lens implant with forceps. Anterior chamber aspirate was taken for culture upon completion of surgery in each case. RESULTS: Anterior chamber cultures were positive in 2.5% of the cases in group A, and 5.0% in group B (chi-square test = 0.380, p>0.05), frequencies of contamination were not significantly different. CONCLUSION: Intraocular lens implant through a smaller incision did not decrease anterior chamber contamination in phacoemulsification.
DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492004000600013
Appears in Collections:Uso interno - em processamento

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/26113/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.