Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/25590
Files in This Item:
File SizeFormat 
n110a02.pdf199,81 kBAdobe PDFView/Open
Title: Universidade na América Latina: rumos do financiamento
The university in Latin America: options for financing
Authors: Velloso, Jacques
Assunto:: FINANCIAMENTO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADES
AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL
Issue Date: 2000
Publisher: Fundação Carlos Chagas
Citation: Cad. Pesqui.,v.,n.110,p.39-66,2000
Abstract: Quais são as principais tendências do financiamento da universidade na América Latina? Que modelos seriam apropriados, tendo em vista as funções da instituição? Essas são as principais questões tratadas no artigo. Baseado em tendências ilustrativas, e considerado o cenário econômico da região, o texto inicialmente aborda alternativas quanto ao papel do Estado e contrasta propostas de financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento - BID - e da Unesco para países em desenvolvimento. Discutindo modelos de destinação de recursos para a universidade, o artigo trata da diversificação das fontes de recursos; dos contratos de gestão e de sua associação com o mercado e com a interferência de governos, à luz da experiência européia; da gestão da universidade como instituição complexa, necessariamente convivendo com estilos acadêmicos e empresariais de administração; da responsabilidade ética pela eficiência e da preservação da autonomia de gestão financeira. A conclusão da análise argúi a favor de um dos modelos discutidos, envolvendo avaliação institucional, esta entendida como indispensável prestação de contas à sociedade e mediação entre sociedade, Estado e universidade.
What are the main trends on university financing in Latin America? Which models would be appropriate, considering the functions of the institution? These are the major questions dealt with in the article. Based on illustrative trends, and considering the economic scenario of the region, the text initially deals with alternatives on the role of the State and sets out contrasts between financing proposals originating from BID and Unesco for developing countries. Discussing resource allocation models, the article addresses the diversification of funding sources; conditional contracting as related to markets and government interference, in the light of the European experience; university management as the administration of a complex institution, in which academic and entrepreneurial approaches necessarily face each other; the ethical responsibility for efficiency and the preservation of autonomy. Concluding the analysis, the text argues in favor of one of the models discussed, which involves institutional evaluation, this being understood as a required ingredient of accountability and as a mediation among society, State and university.
DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S0100-15742000000200002
Appears in Collections:Uso interno - em processamento

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/25590/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.