Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/25256
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_FelipeCamargodePaulaCardoso.pdf1,5 MBAdobe PDFView/Open
Title: Carbono orgânico e glomalina afetados por sistemas de cultivo de longa duração
Authors: Cardoso, Felipe Camargo de Paula
Orientador(es):: Kato, Eiyti
Assunto:: Plantio direto
Solos - carbono
Cerrado
Sistema de cultivo
Plantio convencional
Issue Date: 23-Nov-2017
Citation: CARDOSO, Felipe Camargo de Paula. Carbono orgânico e glomalina afetados por sistemas de cultivo de longa duração. 2017. xi, 59 f., il. Dissertação (Mestrado em Agronomia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Abstract: O objetivo deste trabalho foi determinar as alterações promovidas pelos sistemas de preparo direto (PD) e convencional (PC), em experimentos de longa duração e em relação a vegetação do cerrado (CER), nos teores de Glomalina facilmente extraível (GFE), Carbono orgânico total (COT), Carbono lábil (CL), Carbono não lábil (CNL), Relação CL/COT, Labilidade (L), Índice de Labilidade (IL), Índice de compartimento de carbono (ICC) e Índice de manejo de carbono (IMC). A amostragem do solo foi realizada em experimentos de longa duração que comparam PD e PC com 12 (S12), 15 (S15) e 32 (S32) anos de cultivo. Foi observado aumento no teor de COT, após 32 anos, na superfície do solo no sistema de PD. No S32, o PC apresentou o maior valor de redução de COT em relação ao CER. O CL reduziu em 65 %, de 0-5 cm, em PC em relação ao CER após 32 anos de cultivo. Após 12 anos, a redução de CL na superfície do solo foi de 52% no PC em relação ao CER. O ICC indica que após 32 anos o PD, em relação ao PC, está contribuindo para o aumento de COT. Porém, o mesmo índice (ICC) indica que mesmo após longos anos de cultivo, o acúmulo de COT não foi suficiente para restabelecer os valores de COT da vegetação nativa. O IL maior em PD, em relação os PC, indica que o SPD está proporcionando um ambiente menos oxidativo, com maior proteção física da MOS. O aumento dos valores de IMC mostra que o não revolvimento do solo e o aporte de resíduos vegetais nas camadas superficiais contribuíram para aumentar a capacidade de preservação e recuperação dos teores e da qualidade das frações orgânicas no SPD em relação ao plantio convencional. Os dados de GFE indicam que mais estudos precisam ser feitos, em especial quanto ao método de extração da proteína, para utilizá-la como indicador de qualidade do solo.
Abstract: The objective of this work was to determine the changes promoted by no-tillage (NT) and conventional tillage (CT) systems in long - term experiments and in relation to native vegetation of Cerrado (CER), at easily extractable glomalin (EEG), Labile carbon (LC), non-labile carbon (NLC), LC / TOC ratio, Liability (L), Liability Index (LI), Carbon Compartment Index (CCI) and Carbon Management Index (CMI). Soil sampling was performed in long-term experiments comparing NT and CT, with 12 (S12), 15 (S15) and 32 (S32) years of implantation. It was observed an increase in the TOC content, after 32 years, in the soil surface in the NT system. In S32, the CT had the highest TOC reduction value in relation to the CER. The LC reduced by 65%, from 0-5 cm, in CT to CER after 32 years of agricultural practices. In 12 years, the LC reduction at the soil surface was 52% in the CT in relation to the CER. The CCI indicates that after 32 years the NT, in relation to the CT, is contributing to the increase of TOC. However, the same index (CCI) indicates that even after long years of cultivation, the accumulation of TOC was not sufficient to restore the TOC values of the native vegetation. The higher LI in NT, relative to the CT, indicates that the NT is providing a less oxidative environment, with greater physical protection of the SOM. The increase in CMI values shows that the no-tillage and the contribution of vegetal residues in the superficial layers contributed to increase the capacity of preservation and recovery of the contents and the quality of the organic fractions in the NT in relation to conventional planting. EEF data indicate that more studies need to be done, especially regarding the method of protein extraction, to use it as an indicator of soil quality.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-Graduação em Agronomia, 2017.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FAV - Mestrado em Agronomia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/25256/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.