Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/24757
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011_RosanaAparecidaCampos.pdf3,25 MBAdobe PDFView/Open
Title: Prevalência do aleitamento materno exclusivo em filhos de mães adolescentes no Brasil
Authors: Coelho, Rosana Aparecida Campos
Orientador(es):: Pereira, Maurício Gomes
Assunto:: Aleitamento materno
Gravidez na adolescência
Políticas públicas de saúde
Amamentação
Recém-nascidos - cuidado e tratamento
Issue Date: 6-Oct-2017
Citation: COELHO, Rosana Aparecida Campos. Prevalência do aleitamento materno exclusivo em filhos de mães adolescentes no Brasil. 2011. 56 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Abstract: Introdução: a amamentação exclusiva, nos primeiros seis meses de vida, constitui a melhor forma de proporcionar o alimento ideal para o crescimento e desenvolvimento saudável do recém-nascido. Essa modalidade de amamentação está associada também à proteção contra infecções agudas, menores taxas de morbidade e mortalidade infantil, além de benefícios para a saúde materna. A idade materna é frequentemente apontada entre os fatores maternos determinantes para a interrupção precoce da amamentação. O elevado número de adolescentes grávidas, associada à baixa condição econômica, pouca escolaridade e dificuldade de acesso aos serviços de saúde colocam as crianças destas jovens mães em situações de risco. Estudos que apresentam dados da prevalência do aleitamento materno exclusivo no segmento de mães adolescentes são escassos. A geração de indicadores de aleitamento materno exclusivo em filhos de mães adolescentes permitirá acompanhar as tendências futuras do aleitamento neste grupo. Somado a isso, a revisão sistemática de estudos brasileiros sobre o assunto auxiliará na ampliação do conhecimento de maneira a subsidiar a prática e a tomada de decisão no planejamento das ações dos serviços de saúde voltados para as mães adolescentes. Objetivos: foram definidos dois objetivos: 1. Estimar a prevalência do aleitamento materno exclusivo em filhos de mães adolescentes e comparar com a de filhos de mães adultas; 2. Realizar uma revisão sistemática de estudos brasileiros sobre a prevalência do aleitamento materno exclusivo em filhos de mães adolescentes. Métodos: dois estudos foram realizados e apresentados na forma de artigo científico. O primeiro trata de uma nova análise do banco de dados do inquérito nacional sobre aleitamento realizado na área urbana das capitais brasileiras e do Distrito Federal durante a campanha nacional de imunização em 1999. O segundo estudo é uma revisão sistemática de inquéritos de base populacional realizados no Brasil e que indicam a prevalência do aleitamento materno exclusivo em filhos de mães adolescentes e adultas. Resultados: para o Brasil, as prevalências estimadas para o conjunto de mães adolescentes são menores que as obtidas para as mães adultas. A prevalência da amamentação exclusiva em menores de 6 meses foi significativamente menor nas mães adolescentes (21,8%; IC 95%: 20,6-23,0) do que nas mães adultas (27,9%; IC 95%: 27,2-28,6). Foram incluídos, na revisão sistemática, oito artigos realizados no período de 1996 a 2006 em seis estados brasileiros, além do inquérito nacional de 1999. No conjunto de mães adolescentes, a prevalência do aleitamento materno exclusivo em menores de 6 meses situou-se entre 9,3% no Rio de Janeiro a 43,4% em Joinville. Semelhantemente ao encontrado no inquérito nacional de 1999, os valores estimados para o segmento de mães adolescentes foram significativamente inferiores aos obtidos para mães adultas nos municípios paulistas. Conclusão: embora a escassez de pesquisas nacionais sobre o tema e a dificuldade de comparação de seus resultados, o quadro retrata a baixa prevalência do aleitamento materno exclusivo em filhos de mães adolescentes. Os resultados aqui apresentados servem de base para comparações futuras e indicam a necessidade de realização de estudos populacionais para acompanhar a tendência da amamentação exclusiva neste grupo materno. Políticas públicas de saúde do adolescente com ações efetivas de proteção, promoção e apoio ao aleitamento materno devem ser priorizadas.
Abstract: Introduction: exclusive breastfeeding during the first six months of life is thebest way of providing ideal food for the healthy growth and development of thenewborn. It is also associated with protection against acute infections, lower rates ofinfant morbidity and mortality, and maternal health benefits. The maternal age isoften cited among the maternal factors determinants of early cessation ofbreastfeeding. The high number of adolescent pregnant women, associated with loweconomic status, low education and poor access to health services puts the childrenof these young mothers at risk. Studies that show representative data and thatdescribe the prevalence of breastfeeding among adolescent mothers are scarce. Thegeneration of indicators of exclusive breastfeeding among adolescent mothers willmonitor the future trends of breastfeeding in this study group. Added to this, asystematic review of Brazilian studies on the subject helps in expanding theknowledge in order to subsidize the practice and the decision of planning healthservices actions targeted to adolescent mothers.Objectives: 1. To estimate the prevalence of exclusive breastfeeding amongadolescent mothers and to compare the results to the prevalence among adultmothers; 2. To systematic review of Brazilian studies about the prevalence ofexclusive breastfeeding among adolescent mothers.Methods: two separate studies were performed. The first is related to aanalysis of the database of the national survey of breastfeeding conducted during thenational immunization campaign in 1999 in the urban area of the Brazilian capitalsand the Federal District. The second is a systematic review of population-basedstudies conducted in Brazil that indicates the prevalence of exclusive breastfeedingamong adolescent and adult mothers.Results: for Brazil, the prevalence estimated for adolescent mothers are lowerthan those found in adult mothers. The prevalence of exclusive breastfeeding ininfants under 6 months was significantly lower among adolescent mothers (21.8%;95% Cl: 20.6-23.0) than among adult mothers (27.9%; 95% Cl: 95% 27.2-28.6). Itwas included eight articles of six Brazilian states in the period of 1996 to 2006 in thesystematic review, beyond the national survey of 1999. The prevalence of exclusivebreastfeeding in adolescent’s infants under 6 months was 9,3% in Rio de Janeiro and43.4% in Joinville. Similarly to what was found in the national survey of 1999, theestimated values for among adolescent mothers were significantly lower than thoseobtained among adult mothers of São Paulo municipalities.Conclusion: in spite of the lack of national surveys on the subject and thedifficulty of comparing their results, the picture depicts the low prevalence ofexclusive breastfeeding among adolescent mothers. It is necessary to carry outpopulation-based studies to monitor the trend of exclusive breastfeeding in thispopulation group, serving as a baseline the results presented here. Public healthpolicies for adolescents with effective actions to protect, promote and supportbreastfeeding should be prioritized.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2011.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FS - Mestrado em Ciências da Saúde (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/24757/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.