Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/2423
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Layo Fernando Barros de Carvalho.pdf24,44 MBAdobe PDFView/Open
Title: O bandido e o invasor : transgressão no cinema brasileiro
Authors: Carvalho, Layo Fernando Barros de
Orientador(es):: Silva, Denilson Lopes
Assunto:: Cinema brasileiro
Crítica cinematográfica
Estética
Issue Date: 2006
Citation: CARVALHO, Layo Fernando Barros de. O bandido e o invasor : transgressão no cinema brasileiro. 2006. 161 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação)-Universidade de Brasília, Brasília, 2006.
Abstract: O presente trabalho tem como objetivo traçar um paralelo entre os filmes “O Invasor” (2002) de Beto Brant e “O Bandido da Luz Vermelha” (1968) de Rogério Sganzerla em uma tentativa de se analisar a transgressão no cinema brasileiro. Com base no seu aparecimento na teoria cultural, estética e sociológica, reflete-se sobre o conceito de transgressão dentro da sétima arte. Busca-se, então, uma revisão de suas manifestações na história do cinema brasileiro, apontando os filmes de Brant e Sganzerla como marcos transgressores de suas épocas: Cinema da Retomada e Cinema Marginal (década 1960). Através da avaliação da recepção da crítica aos filmes em textos da época de seus lançamentos, as duas produções são finalmente cotejadas em uma análise fílmica que busca unir imagem, bandidos, transgressão e contexto. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
The aim of this present study is to compare Beto Brant’s film “O Invasor” (2002) and Rogério Sganzerla’s film “O Bandido da Luz Vermelha” (1968) analyzing transgression in Brazilian cinema. Based on its appearance in the cultural, aesthetic and sociological theory, a concept of transgression is studied in cinema. The research aims to revise the manifestations of transgression in the history of the Brazilian cinema, pointing Brant and Sganzerla’s films as marks of transgression of their times: Cinema da Retomada and Cinema Marginal (decade 1960). Through the evaluation of the reception of the critics about the films in articles published at the time of their release, the two productions are finally unified in a filmic analysis that joins image, outlaws, transgression and context.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Comunicação, 2006.
Appears in Collections:FAC - Mestrado em Comunicação (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/2423/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.