Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/2419
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Disser_Andrea C A G Bergamini.pdf935,11 kBAdobe PDFView/Open
Title: Humanização em uma UTI-adulto no Distrito Federal
Other Titles: Humanization in an intensive care unit-adult from Federal District
Authors: Bergamini, Andrea Cristina de Andrade Gama
Orientador(es):: Lima, Maria da Glória
Assunto:: Unidade de tratamento intensivo
Humanização
Qualidade da assistência à saúde
Issue Date: 2008
Citation: BERGAMINI, Andrea Cristina de Andrade Gama. Humanização em uma UTI-adulto no Distrito Federal. 2008. 166 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2008.
Abstract: Neste estudo buscamos analisar o processo de humanização na assistência promovida na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Instituto de Coração do Distrito Federal (INCOR-DF), na percepção dos profissionais de saúde e clientes, tomando como referência o Programa Nacional de Humanização. Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa descritivo-exploratório. Os procedimentos para a coleta de dados foram a observação não participante e entrevistas semiestruturadas individuais aplicadas com 10 profissionais de saúde, e 10 clientes que estiverem internados na UTI. Os dados foram coletados no período de abril a junho de 2007, e analisados descritivamente, pela Técnica de Análise de Conteúdo Temático proposta por Bardin. Da análise dos dados emergiram categorias temáticas interdependentes, definidas por critérios quantitativos e qualitativos. Junto aos clientes foram identificadas sete categorias: Uma experiência de passar por uma UTI; Os profissionais da UTI; O ambiente físico da UTI; Necessidades básicas; A família e os amigos; Qualidade da assistência e Assistência humanizada. Nos discursos dos profissionais cinco categorias temáticas foram identificadas: Assistência integral ao cliente da UTI; O espaço físico da UTI; A equipe da UTI; Humanização; Dificuldades no processo de trabalho. Verificamos que, para os clientes, o significado de uma internação na UTI remete a sentimentos de gravidade da doença e proximidade da morte, porém eles apontaram que a competência técnica, a atenção e o carinho dispensados pelos profissionais da UTI ajudaram a superar e aceitar o cuidado, sentindo-se acolhidos, gratificados e seguros com o atendimento recebido no período de internação. Na avaliação dos profissionais de saúde, consideraram que prestam uma atenção integral e humanizada, devido à disponibilidade de condições adequadas de trabalho. Ao mesmo tempo, ressaltam a utilização da comunicação, o toque, o acolhimento, a participação da família e as condições de trabalho para a ampliação do cuidado. Os resultados também revelaram que o atendimento humanizado na percepção dos clientes, está na utilização adequada das tecnologias disponíveis, com a valorização dos recursos materiais, a competência técnico-científica e a qualidade da relação existente entre profissionais e clientes dentro da UTI. Os sujeitos, em relação ao ambiente físico, apontaram a interferência excessiva de ruídos e a luminosidade para o conforto dos clientes. Os resultados indicam que, na UTI do INCOR-DF, há uma preocupação com a qualidade do atendimento e com a promoção de uma assistência humanizada junto aos clientes, segundo diretrizes do Programa Humanizasus. Faz-se necessário para a conformação do trabalho em equipe na concepção integração ou interdisciplinar que os profissionais busquem conhecer as diretrizes políticas do Programa Nacional de Humanização, de forma a nortear melhor a sistematização do cuidado e da gestão da assistência e a aplicação efetiva de protocolos, de forma que, possam dar o melhor atendimento para os clientes internados na perspectiva da integralidade do cuidado. Contudo, o momento político institucional pode significar um retrocesso na continuidade dessa construção e do acesso aos usuários do SUS a um serviço de qualidade, sendo necessária a realização de novas pactuações entre gestores, profissionais de saúde, clientela e comunidade. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
In this study we looked for to analyze the humanization process in the attendance promoted in the Unit of Intensive (INTENSIVE CARE UNIT) Therapy of the Institute of Heart of Federal district, (INCOR-DF) in the professionals' of health perception and customers, taking as reference the National Program of Humanization. It is a descriptive-exploratory study of qualitative approach. The procedures for the collection of data were the observation no participant and interviews semistructured individual applied with 10 professionals of health, and 10 customers that be interned in INTENSIVE CARE UNIT. The data were collected in the period of April to June of 2007, and analyzed descriptive, for the Technique of Analysis of Thematic Content proposed by Bardin. Of the analysis of the data interdependent thematic categories emerged, defined for quantitative and qualitative criteria. Close to the customers were identified seven categories: An experience of passing for an INTENSIVE CARE UNIT; The professionals of INTENSIVE CARE UNIT; The physical atmosphere of INTENSIVE CARE UNIT; Basic needs; The family and the friends; Quality of the attendance and humanized Attendance. In the professionals' five thematic categories speeches they were identified: Integral attendance to the customer of INTENSIVE CARE UNIT; The physical space of INTENSIVE CARE UNIT; The team of INTENSIVE CARE UNIT; Humanization; Difficulties in the work process. We verified that, for the customers, the meaning of an internment in INTENSIVE CARE UNIT sends to feelings of gravity of the disease and proximity of the death, however they pointed that the technical competence, the attention and the affection released by the professionals of INTENSIVE CARE UNIT helped to overcome and to accept the care, being welcomed, rewarded and safe with the service received in the internment period. In the professionals' of health evaluation, they considered that pay an integral attention and humanized, due to readiness of appropriate conditions of work. At the same time, they emphasize the use of the communication, the touch, the reception, the participation of the family and the work conditions for the enlargement of the care. The results also revealed that the service humanized in the customers' perception, it is in the appropriate use of the available technologies, with the valorization of the material resources, the technician-scientific competence and the quality of the existent relationship between professionals and customers inside of INTENSIVE CARE UNIT. The subjects, in relation to the physical atmosphere, pointed the excessive interference of noises and the brightness for the customers' comfort. The results indicate that, in INTENSIVE CARE UNIT of INCOR-DF, there is a concern with the quality of the service and with the promotion of an attendance humanized the customers close to, according to guidelines of the Program for Humanization. It is done necessary for the resignation of the work in team in the conception integration or interdisciplinary that the professionals look for to know the political guidelines of the National Program of Humanization, in way to orientate the systemization of the care better and of the administration of the attendance and the application executes of protocols, so that, they can give the best service for the customers interned in the perspective of the care. However, the institutional political moment can mean a retreat in the continuity of that construction and of the access to the users of SUS to a quality service, being necessary the accomplishment of new agreements among managers, professionals of health, clientele and community.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2008.
Appears in Collections:PPGCS - Mestrado em Ciências da Saúde (Dissertações)
UnB - Brasília 50 anos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/2419/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.