Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/22901
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_RodrigoPedrosaLyra.pdf1,64 MBAdobe PDFView/Open
Title: Relações bilaterais e indústria petrolífera : as relações Brasil-Nigéria (1995-2010) e a atuação internacional da Petrobrás
Other Titles: Bilateral relations and the oil industry : Brazil-Nigeria relations (1995-2010) and Petrobras' international operations
Authors: Lyra, Rodrigo Pedrosa
Orientador(es):: Penna Filho, Pio
Assunto:: Política externa - Brasil
Petrobrás
Indústria petrolífera (Brasil)
Nigéria
Issue Date: 14-Mar-2017
Citation: LYRA, Rodrigo Pedrosa. Relações bilaterais e indústria petrolífera: as relações Brasil-Nigéria (1995-2010) e a atuação internacional da Petrobrás. 2016. 120 f., il. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) — Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: A Nigéria é o maior parceiro comercial do Brasil no continente africano e origem do maior déficit comercial brasileiro com outro país. O comércio bilateral é baseado, majoritariamente, na importação brasileira de óleos brutos para refino. O intercâmbio comercial cresceu muito em um curto período de tempo, que coincidiu com o Governo Lula. Nesse sentido, esta pesquisa objetivou entender os motivos desse crescimento e a participação da Petrobrás nesse processo. Para isso, analisou-se as relações Brasil-Nigéria entre 1995 e 2010, além do histórico da indústria petrolífera brasileira e da estrutura de refino no país, importante para entender as necessidades de importação de óleo bruto de petróleo. Conclui-se que as relações bilaterais foram moldadas pela atuação internacional da Petrobrás, que exerceu um papel muito mais importante do que o esperado. A aproximação política e diplomática foi uma consequência. Esse é o motivo da pouca envergadura das relações políticas e diplomáticas, sem a densidade que se tem com países como Angola e África do Sul.
Abstract: Nigeria is Brazil’s largest trading partner in Africa and the country of origin of Brazilian largest commercial deficit. Bilateral trade is based mostly on Brazilian import of crude oil, which greatly increased during Lula’s government. On this note, this research aimed at understanding the reasons for this growth as well as Petrobras’s involvement in the process. Therefore, the research considered Brazil-Nigeria relations between 1995 and 2010, in addition to the history of the Brazilian oil industry and the country’s refining capacity, which was particularly important to understand the need for crude oil imports. The research concludes that Brazil-Nigeria relations were largely shaped by the expansion of the international performance of Petrobras, leading to the recent diplomatic rapprochement as a consequence. This is the reason why political and diplomatic relations between Brazil and Nigeria have not yet reached their full potential, especially when compared with Brazil’s relations with other African countries, such as Angola and South Africa.
Description: Dissertação (mestrado) — Universidade de Brasília, Instituto de Relações Internacionais, Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2016.12.D.22901
Appears in Collections:IREL - Mestrado em Relações Internacionais (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/22901/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.