Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/22535
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_CassiLadiReisCoutinho.pdf3,43 MBAdobe PDFView/Open
Title: Os Ciganos nos registros policiais mineiros (1907-1920)
Authors: Coutinho, Cassi Ladi Reis
Orientador(es):: Freitas, Itamar
Assunto:: Minas Gerais - história
Ciganos - história
Ciganos - identidade étnica
Polícia
Issue Date: 14-Feb-2017
Citation: COUTINHO, Cassi Ladi Reis. Os ciganos nos registros policiais mineiros (1907-1920). 2016. x, 245 f., il. Tese (Doutorado em História)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: O objetivo deste trabalho é identificar, a partir dos registros das autoridades policiais mineiras, as peculiaridades dos ciganos em Minas Gerais, no período em que as ideias de modernização e progresso construídas no século XIX orientaram políticas públicas, resultando na exclusão de grupos e indivíduos que não comungassem deste projeto, classificando-os como vagabundos, vadios, mendigos e desordeiros. Para tanto, foi necessário compreender quem eram os ciganos e as especificidades referentes ao grupo no que tange a sua cultura, costumes e tradições para que nos debruçássemos sobre as discussões do início da República e as categorias que norteavam o projeto de um país impulsionado pela ordem e pelo progresso, destacando de que maneira este projeto se efetiva em Minais Gerais. Em seguida, analisamos as normas estabelecidas para o controle, criminalização, expulsão e enquadramento dos ciganos dentro do estado mineiro, através de leis, decretos e códigos de postura que normalizavam o papel da polícia como mantenedor da ordem. Ao final concluímos que apesar de portador de um estigma os ciganos conseguiram, em situações específicas, estabelecer relações sociais, econômicas e políticas com a sociedade mineira.
Abstract: The purpose of this research is to identify, outside the registry of politic authorities in Minas Gerais, the peculiarities of gypsies in state during 19th century, a period in which modern ideas and progress were constructed to exclude groups and individuals who did not share this concept, and were instead classified as vagabonds, homeless, beggars and unruly. To this end, it is vital to understand who gypsies were and the specific references to this group that touch upon its culture, customs and traditions in order to look into the discussions in the beginning of the Republic and the categories that guide the concept of a country driven by Order and Progress. Emphasized is the way in which this concept came about in Minas Gerais. Hence this work analyzes the established norms for control, criminalization, expulsion and framing of gypsies in Minas Gerais, through the laws, decrees and stances that normalized the police’s role to maintain order. At the end we concluded that despite carrying a stigma Roma succeeded in specific situations, establish relations with mineira society.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Humanas, Programa de Pós-Graduação em História, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:HIS - Doutorado em História (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/22535/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.