Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/22393
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_HugoMacedoBuchmann.pdf3,35 MBAdobe PDFView/Open
Title: Exploração florestal e seus impactos em áreas de primeiro e segundo ciclo de corte do manejo florestal na Amazônia oriental, Brasil
Authors: Buchmann, Hugo Macedo
Orientador(es):: Rezende, Alba Valéria
Coorientador(es):: Freitas, Lucas José Mazzei de
Assunto:: Manejo florestal
Florestas nacionais
Desempenho operacional
Florestas tropicais
Issue Date: 1-Feb-2017
Citation: BUCHMANN, Hugo Macedo. Exploração florestal e seus impactos em áreas de primeiro e segundo ciclo de corte do manejo florestal na Amazônia oriental, Brasil. 2016. xv, 106 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: A grande pressão experimentada pelas florestas tropicais tem provocado muitas implicações para o desenvolvimento sustentável. Na Amazônia, o desmatamento e a exploração ilegal de madeira podem ser apontados como responsáveis pelo desequilíbrio dos serviços ambientais que a floresta oferece, em especial no contexto de mudanças climáticas e seu papel na regulação dos ciclos hídricos e biogeoquímicos. Em contrapartida, o Manejo Florestal Sustentável atua como a principal atividade econômica capaz de promover o acesso e utilização dos recursos florestais, combinando benefícios sociais, ambientais e econômicos. No Brasil, a Flona do Tapajós tem importante papel em estudos em manejo florestal na Amazônia por ser uma das primeiras áreas exploradas visando regular a produção florestal e a primeira área a entrar em segundo ciclo de corte. O experimento conduzido pela Embrapa Amazônia Oriental – CPATU no sítio do km 67, após 35 anos da primeira exploração, avaliou comparativamente os rendimentos, impactos e custos das operações de exploração florestal em área de segundo e primeiro ciclo de corte, ou seja, tratamentos T1 (39 ha) e T3 (31,5 ha), respectivamente. A composição Diante florística e a estrutura florestal resultante da dinâmica florestal após a primeira exploração proporcionou um estoque comercial de 69,7 m³ ha-1, viabilizando a exploração do segundo ciclo de corte com intensidade de exploração média planejada em 25,7 m³ ha-1. No entanto, o volume explorado foi igual a 16,5 m³ ha-1 na área do tratamento T1 e 14,0 m³ ha-1 na área do tratamento T3, correspondentes a 159 e 106 árvores, respectivamente. Estas diferenças estão relacionadas principalmente, com a identificação da presença de ocos, podridão e defeitos na qualidade dos fustes. O estudo de tempos das operações mostrou semelhanças entre as áreas, embora algumas particularidades e registro de interrupções tenham contribuído para heterogeneidade dos tempos. A eficiência das operações em ambos os tratamentos foi de, aproximadamente ,70%, com maiores produtividades observadas para T3, devido ao maior volume médio das árvores exploradas. O custo de operação da exploração florestal foi calculado em 609,38 US$ ha-1, com importante contribuição dos custos fixos, e o custo de produção calculado em 0,34 US$ m-³, sendo o arraste e romaneio as operações mais onerosas. A frequência de ocos e desperdício volumétrico foram maiores para T1 em relação a T3, com diferenças quanto às espécies e frequências registradas nestas análises. A área impactada pelo dimensionamento da infraestrutura foi 35,9% e 7,2% maior que o planejado em T3 e T1, respectivamente. Os danos na vegetação em termos de número de árvores, área basal e volume foram maiores em T1 em razão da maior área e número de ramais de arraste abertos, impactando 1,4 m³ e 5,4 árvores para cada m³ e árvore explorada, e em T3 essa proporção foi de 1 m³ e 5,5 árvores. A abertura do dossel nas áreas exploradas foi maior e estatisticamente diferente em relação à área testemunha e, ao longo da direção de queda das árvores exploradas, as medições realizadas na região da copa as confirmaram como a mais impactante ao dossel, promovendo abertura estatisticamente superior em relação à porção central do fuste e toco remanescente.
Abstract: The great pressure experienced by tropical forests has important implications for sustainable development and brings several consequences. In the Amazon, deforestation and illegal logging are commonly known as responsible for the imbalance of environmental services that the forest provides, especially in the context of climate change and its role in the regulation of water and biogeochemical cycles. In this scenario, the Sustainable Forest Management is the main economic activity to promote access and use of forest resources by combining social, environmental and economic benefits. In this sense, management The National Forest of Tapajós has an importante meaning for studies on forest management in the Amazon rainforest as one of the first areas harvested aiming to regulate forest production and the first area on second harvest cycle. The experiment conducted by Embrapa Amazônia Oriental - CPATU in site km 67 evaluated comparatively yields, impacts and costs of logging operations in second and first cutting cycle areas, treatments T1 (39 ha) and T3 (31.5 ha), respectively. The floristic composition and forest structure resulting from forest dynamics after 35 years of the first harvest released the commercial stock of 69.7 m³ ha-1, enabling the operation of the second cutting cycle with average operating intensity planned by 25.7 m³ ha-1. The explored volume, however, was 16.5 m³ ha-1 in the treatment area T1 and 14.0 m³ ha-1 at T3, with a total of 159 and 106 trees, respectively. These differences are primarily related to the detection of the presence of hollows, rot and defects in the quality of bole. The study of operational cycles timing showed similarities between the areas, although some features and interruptions records have contributed to the heterogeneity of the records. The efficiency of operations in both treatments is close to 70%, with higher yields observed for T3 due to the higher average volume of harvested trees. The operating cost of forestry was estimated at 609.38 US $ ha-1, with a significant contribution of fixed costs, and the cost of production estimated at 0.34 US $ m ³, being skkiding operation the most costly. The frequency of hollows and volumetric waste were higher for T1 compared to T3, with differences in the species and frequencies registered in these analyzes. The area affected by the infrastructure dimensioning was 35.9% and 7.2% higher than planned in T3 and T1, respectively. The damage to vegetation in terms of number of trees, basal area and volume were higher in T1 due to the larger area and number of skid trails builds, affecting 1.4 m³ and 5.4 trees for each m³ and tree exploited, and in T3 the proportion was 1 m³ and 5.5 trees. The canopy opening in the areas explored was higher and statistically different in relation to the control area and, along the fall direction of explored trees, the measurements in the crown region have confirmed them as the most impactful to the canopy, providing statistically greater openness towards the central portion of the trunk and remaining stump.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Florestal, Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2016.04.D.22393
Appears in Collections:EFL - Mestrado em Ciências Florestais (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/22393/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.