Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/22373
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_MarcusFabioRibeiroFarias.pdf7,75 MBAdobe PDFView/Open
Title: ntegração do mapeamento digital do relevo e de solos na Ecorregião do Chapadão do São Francisco
Authors: Farias, Marcus Fábio Ribeiro
Orientador(es):: Martins, Éder de Souza
Assunto:: Geomorfologia
Solos
Pedogeomorfologia
Relevo
Issue Date: 31-Jan-2017
Citation: FARIAS, Marcus Fábio Ribeiro. Integração do mapeamento digital do relevo e de solos na Ecorregião do Chapadão do São Francisco. 2016. xiv,104 f., il. Tese (Doutorado em Geografia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: O relevo é o resultado da interação da litosfera com o clima. Os agentes internos promovem a variação de aspectos composicionais e estruturais dos materiais geológicos, enquanto que os agentes externos promovem a meteorização destes materiais a partir da ação climática. Os agentes externos são mais atuantes nas zonas intertropicais, onde domina a ação do intemperismo químico. O modelo que explica a evolução do relevo para estas regiões é o de etchplanação, onde a ação do clima sobre as rochas produz um regolito laterítico espesso, que controla a evolução do relevo nas etapas posteriores de dissecação. A relação solo-relevo delimita sequências de evolução, tanto topossequências, como litossequências. O trabalho foi realizado na ecorregião do Chapadão do São Francisco situado na região Nordeste do Brasil. O objetivo desta tese é propor um modelo pedogeomorfogenético da Ecorregião do Chapadão do São Francisco. Para isso, o metodo utilizado foi mapear o relevo usando os atributos MDE, Declividade e Profundidade de Vale. Em seguida, foi gerado os mapas de solos dentro de cada unidade geomorfológica a partir de amostras de argila e cor para definir as classes de solos. Para isso foi usado o método de interpolação por Krigagem Universal. Também elaborou-se um modelo de evolução pedogeomorfogenético a partir da relação entre relevo, solo e espessura litológica para explicar a evolução da paisagem ao longo do tempo. O resultado do contexto geomorfológico mostra que existem as unidades geomorfológicas de Topos, Chapada Intermediária, Chapada Baixa, Depressão Intraplanáltica, Frente de Recuo Erosivo e Planície Fluvial. As unidades de Topo concentram os Latossolos argilosos e mais avermelhados associados à Formação Chapadão, cronocorrelata com a superfície de aplainamento Sulamericana de King. No modelo de etchplanação corresponde ao ciclo de formação do etchplano, formado no Terciário, entre o Paleoceno e o Mioceno. Esta fase corresponde a uma condição climática muito úmida e muito quente, que permitiu a formação de solos profundos, mais argilosos e intemperizados sobre os arenitos. As outras unidades correspondem a porções de denudação que ocorreram após o Mioceno, onde os solos perderam preferencialmente a fração argila por erosão diferencial. Os solos apresentam aumento da fração areia nas outras unidades em direção às porções mais baixas da paisagem, sobre os arenitos. Dessa forma, pode-se sugerir que o etchplano desenvolvido sobre o Grupo Urucuia foi parcialmente denudado, com as unidades mais rebaixadas aflorando saprólitos sobre arenitos. Na porção mais elevada está preservado os perfis mais antigos, formados na época mais úmida pós-cretácica. As unidades que apresentam os solos menos evoluídos são as unidades de Frente de Recuo Erosivo, onde ocorre solos rasos, a Planície Fluvial, com presença de solos hidromórficos e Depressão Intraplanáltica, esta última apresenta influências marcantes do material de origem (arenito).
Abstract: The relief is the result of the interaction of the lithosphere with the weather. Internal agents promote the variation of compositional and structural aspects of geological materials, while the external weathering agents promote these materials from the climate action. External agents are most active in the intertropical zones, where it dominates the action of chemical weathering. The model that explains the evolution of relief for these regions is the etchplanação where climate action on rocks produces a laterite regolito thick, which controls the evolution of the relief in the later stages of dissection. The soil-relief relationship defines evolution sequences, both toposequences as litosequency. The work was carried out in the ecoregion Chapadão do São Francisco located in the Northeast of Brazil. The objective of this thesis is to propose a model of pedogeomorfogenético Ecoregion of the Chapadão do São Francisco. For this, the method used was to map the relief using the MDE attributes, declivity and depth Valley. Then, the soil was generated maps within each unit geomorphology from clay and color patches to define soil classes. For this, we used the interpolation method Kriging Universal. Also developed a model of pedogeomorfogenético evolution from the relationship between relief, soil and lithological thickness to explain the evolution of the landscape over time. The result of the geomorphological context shows that there are geomorphological units Topos, Intermediate Plateau, Low Plateau, Intra plateau Depression, Front Erosive and Fluvial Plain. The top units concentrate the clayey Oxisols and redder associated with Training Chapadão, chrono correlated with surface planing Sulamericana King. In etchplanação model corresponds to etchplano of the training course, formed in the Tertiary, between the Paleocene and Miocene. This phase corresponds to a very wet weather conditions and very hot, which allowed the formation of deep soils, clayey and weathered on the sandstones. The other units correspond to denudation of portions that occurred after the Miocene, where soils preferably lost the clay fraction by differential erosion. The soils have increased sand fraction in other units toward the lower portions of the landscape on the sandstones. Thus, it can be suggested that the etchplano developed on Urucuia Group was partially denuded with the most debased units outcropping sandstones on saprolite. The highest portion is preserved older profiles formed in wetter time post-Cretaceous. The units with the less evolved soils are the Indent front units Erosive where is shallow soils, the River Plain, with the presence of hydromorphic and Depression Intraplanáltica soils, the latter shows remarkable influences of the parent material (sandstone).
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Geografia, Programa de Pós Graduação em Geografia, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:GEA - Doutorado em Geografia

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/22373/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.