Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/22343
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_AplicacaoWHOQOL-BREF.pdfArtigo em português811,7 kBAdobe PDFView/Open
ARTIGO_ApplicationWHOQOL-BREF.pdfArtigo em inglês808,17 kBAdobe PDFView/Open
Title: Application of the WHOQOL-BREF in a community segment as a subsidy for health promotion actions
Other Titles: Aplicação do WHOQOL-BREF em segmento da comunidade como subsídio para ações de promoção da saúde
Authors: Gomes, Jacqueline Ramos de Andrade Antunes
Merchán-Hamann, Edgar
Gutierrez, Maria Margarita Urdaneta
Assunto:: Qualidade de vida
Promoção da saúde
Desenvolvimento
Educação em saúde
Planejamento urbano
Issue Date: Apr-2014
Publisher: Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Citation: GOMES, Jacqueline Ramos de Andrade Antunes; HAMANN, Edgar Merchan; GUTIERREZ, Maria Margarita Urdaneta. Aplicação do WHOQOL-BREF em segmento da comunidade como subsídio para ações de promoção da saúde. Revista Brasileira de Epidemiologia, São Paulo, v. 17, n. 2, p. 495-516, abr./jun. 2014. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2014000200495&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 05 set. 2016. http://dx.doi.org/10.1590/1809-4503201400020016ENG.
Abstract: Introdução: Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa cujo objetivo foi verificar a prevalência de relatos de percepções quanto à qualidade de vida dos usuários das bibliotecas públicas do Distrito Federal e Entorno e analisar os fatores associados à insatisfação. Métodos: Foi realizado estudo epidemiológico transversal em 592 indivíduos acima de 12 anos, por meio da aplicação do questionário WHOQOL-BREF/OMS. Resultados: Foi verificado que as mulheres com idade acima de 25 anos, com menor renda pessoal mensal e menor escolaridade apresentaram insatisfações com maior frequência. Além disso, foi verificada maior insatisfação quanto ao aspecto físico na região do Entorno do Distrito Federal. Sob o aspecto psicológico, predominaram insatisfações em pessoas do DF. Sentimentos negativos, dificuldades para se concentrar e insatisfações relativas à segurança foram referidos por mais de 25% dos participantes nas duas regiões. Com relação ao meio ambiente, destacaram-se insatisfações relativas à falta de dinheiro e de oportunidades de lazer. Apesar desses dados, as pessoas relataram muita satisfação com a própria saúde e com a qualidade de vida. Conclusões: Os resultados podem ser um sinal de que a qualidade de vida no DF e Entorno está em grau de alerta, ou seja, é preciso um olhar atento a esses dados para buscar alternativas que revertam esse quadro, com ações efetivas de promoção da saúde e estratégias de desenvolvimento dessas regiões. Foram sugeridos um planejamento e uma intervenção na área de educação em saúde nas bibliotecas públicas, por serem nichos sociais importantíssimos, que devem ser preenchidos e ocupados com ações que auxiliem na promoção da saúde e prevenção de doenças nas comunidades.
Abstract: Introduction: This article presents the results of a research whose objective was to verify the prevalence of the perception reports regarding quality of life of library attendees in the public libraries in the Brazilian capital Federal District (FD) and the surrounding region and to analyse the factors related to dissatisfaction. Methods: An epidemiological transversal study was conducted in 592 individuals aged above 12 years old through the application of the WHOQOL-BREF/WHO questionnaire. Results: Higher frequencies of dissatisfaction were observed among women with ages above 25, with lower personal income and lower educational level. Dissatisfaction regarding the physical domain was more prevalent in the surrounding region than in the FD. Under the psychological domain, dissatisfaction predominated in people in the FD. Negative feelings, concentration difficulties and dissatisfaction regarding personal safety were referred by more than 25% of participants in both regions. Regarding the environment domain, lack of money and of leisure opportunities were the main complaints. In spite of these findings, interviewees referred being very satisfied with their health and quality of life. Conclusions: The results can be a sign that the quality of life in the study region is in alert level. A careful look at these data is needed to identify alternatives to change this situation, with effective actions for Health Promotion and development strategies for the study area. A planning and an intervention in the area of health education in public libraries is recommended, since these are very important social loci, that can be engaged in health promotion and disease prevention actions in the communities.
Licença:: Revista Brasileira de Epidemiologia - This is an Open Access article distributed under the terms of the Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0), which permits unrestricted non-commercial use, distribution, and reproduction in any medium, provided the original work is properly cited. Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2014000200495&lng=en&nrm=iso&tlng=en. Acesso em: 05 set. 2016.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1809-4503201400020016ENG
Appears in Collections:DSC - Artigos publicados em periódicos e preprints

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/22343/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.