Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/22328
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_PaolaDeOrte.pdf785,98 kBAdobe PDFView/Open
Title: A mídia como arma de guerra e a batalha no campo ideacional : o conflito entre árabes e israelenses
Authors: Orte, Paola de
Orientador(es):: Vaz, Alcides Costa
Assunto:: Mídia social
Ideologia
Conflito árabe-israelense
Palestina
Israel
Issue Date: 30-Jan-2017
Citation: ORTE, Paola de. A mídia como arma de guerra e a batalha no campo ideacional: o conflito entre árabes e israelenses. 2016. 99 f. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) — Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: Os fenômenos da revolução informacional e da proliferação dos atores não estatais impactaram nas estratégias de guerra dos atores nas relações internacionais. O maior acesso a meios de comunicação de massa e, mais tarde, às novas mídias, como as mídias sociais, possibilitou aos atores não estatais veicular sua mensagem ideológica e suas narrativas de maneira mais efetiva e para um público cada vez maior. Nesse contexto, no conflito árabe israelense, ocorreu um processo de espraiamento da guerra do campo material para o campo ideacional, conformando uma “guerra de relações públicas”, concomitantemente ao crescimento da importância da opinião pública na elaboração das políticas externas dos países. Nessa guerra das ideias, atores não estatais, como os palestinos do Hamas, conseguem avançar e auferir resultados não apenas no aspecto imaterial, como também no campo material. Essas transformações resultaram em mudança na opinião pública mais favorável aos palestinos, levando a um constrangimento da liberdade de ação militar de Israel.
Abstract: The informational revolution and the proliferation of non-state actors impacted war strategies set out by international relations actors. Greater access to mass media and, later, to the new media, such as social media, allowed for non-state actors to proliferate their ideological message and narratives in a more effective way and to an ever larger public. In this context, in the Arab-Israeli conflict, a dissemination process occurred: the war went from the material field to the ideational field, establishing a “public relations war”, at the same time as public opinion importance was growing as regards the elaboration of foreign policies. In this war of ideas, non state actors, such as the Palestinians from Hamas, are able to advance and obtain results not only in the immaterial field, but also in the material field of war. These transformations resulted in a change of public opinion more favorable to Palestinians, leading to constraints to Israeli freedom of military action.
Description: Dissertação (mestrado) — Universidade de Brasília, Instituto de Relações Internacionais, Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2016.09.D.22328
Appears in Collections:IREL - Mestrado em Relações Internacionais (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/22328/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.