Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/22260
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_AlineXavierdaSilva.pdf820,13 kBAdobe PDFView/Open
Title: Mães ofensoras : loucas? más? uma releitura de gênero
Authors: Silva, Aline Xavier da
Orientador(es):: Loyola, Valeska Maria Zanello de
Assunto:: Maternidade - aspectos psicológicos
Políticas públicas de saúde
Violência contra as crianças
Crianças e violência
Saúde mental - mulheres
Issue Date: 26-Jan-2017
Citation: SILVA, Aline Xavier da. Mães ofensoras: loucas? más? uma releitura de gênero. 2016. 106 f., il. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica e Cultura)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: A presente dissertação se propõe a discutir o fenômeno da violência perpetrada contra crianças por suas mães, pela compreensão dos estudos de gênero. Três artigos a constituem. O primeiro tem como propósito fazer uma revisão bibliográfica sobre a história das maternidades, a ocorrência da violência contra a criança e os estudos de gênero, apontando para a maternidade, como compreendida atualmente, tendo sido construída em um processo sócio histórico. Essa visão idealizada do amor materno pode influenciar a saúde mental de mulheres e aumentar a probabilidade de uma dinâmica violenta contra a criança. O segundo artigo objetiva mostrar como o Sistema de Garantia de Direitos baseia seus atos em um conhecimento ideológico de uma maternidade idealizada, prescrevendo como mulheres devem agir para serem consideradas boas mães, ou ao menos, mães que não são negligentes. A pesquisa foi feita em duas etapas distintas: quantitativa, apontando a incidência de diferentes tipos de violência, o sexo do agressor, as instituições que denunciaram e os profissionais denunciantes. A segunda etapa, qualitativa, mostrando como estes profissionais compreendem as mães que agridem física e psicologicamente, além das que se omitem quanto aos atos protetivos com os filhos. O último capítulo da presente dissertação objetiva compreender o discurso dessas mulheres sob o olhar de gênero. Para tal, quatro entrevistas foram realizadas e o método de análise escolhido foi a análise de conteúdo. Faz-se mister pontuar que são mulheres que encontram seus próprios direitos sociais negligenciados, o que pode contribuir como fator que influencia no comportamento violento.
Abstract: This dissertation propounds to discuss the phenomenon of violence perpetrated against children by their mothers through the comprehension of gender studies. Three articles constitute it. The first one has the goal of review the bibliography about the history of motherhood, the occurrence of violence against children and gender studies, pointing how maternity, as it is comprehended nowadays, was built in a socio historical context. This comprehension of motherhood through idealization, can influenciate women´s mental health and rise the probability of a violent context for children. The second article intent to show how Children´s Rights System base their acts in the ideological knowledge of the idealizated motherhood, prescriting how women shoud behave to be considered a good mother, or at least, a non negctful one. The survey was done in two different steps: quantitative, pointing the incidence of different types of violence, the offender’s gender, the institutions that had denunciated, and the professionals that had elaborated the documents. The second step, qualitative, shows how professionals comprehends mothers who physically and psychologically offend, including with the omission of protective acts to their children. The last chapter of this dissertation aimed in understand those women´s speeches, through gender´s studies conceptions. Four interviews were done and content analyzes was the chosen method. It was remarkable that those women´s acts shows how themselves also are neglected by the State, the fathers and the origin families with their social rights and this seems to be one of the features that influentiates the violent behavior.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:PCL - Mestrado em Psicologia Clínica e Cultura (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/22260/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.