Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/22192
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_MaurícioDiasChadesdeAlencar.pdf2,76 MBAdobe PDFView/Open
Title: Pirâmide, urubu – cinema de exposição
Authors: Alenca, Maurício Dias Chades de
Orientador(es):: Camara, Rogerio José
Assunto:: Vídeo - arte
Descrição de imagem
Cinema
Arte e cinema
Issue Date: 13-Jan-2017
Citation: ALENCA, Maurício Dias Chades de. Pirâmide, urubu: cinema de exposição. 2016. 88 f., il. Dissertação (Mestrado em Artes)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: “Eu vejo”, videre, do latim, vídeo. Vídeo funciona como verbo de ação, ato mesmo de olhar. O vídeo está em todas as artes da imagem, pois todas pretendem, em comum, dar a ver. Está no desenho, na fotografia, na pintura, como o gesto de fazer imprimir o visível e o invisível. A escrita desta dissertação mistura-se e confunde-se com o próprio ato de fazer vídeos: os 6 vídeos e 6 ensaios aqui apresentados ora tocam-se, orbitando uma constelação de conceitos semelhantes, ora separam-se, abrindo-se para outras possibilidades e outros signos. O que torna o trabalho coeso, possível de ser organizado como série de vídeos e de textos, são 3 temas principais, formatados nas seguintes perguntas: a partir de experiências colhidas na biografia do artista, como é possível re-fazer, ritualizar a morte em um gesto-vídeo? Como o vídeo pode ser um estado de pensamento para que se proponham outros dispositivos-cinema? Como descrever a paisagem tornando-a outra, integrando e espacializando o vídeo? ________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
“I see”, videre, from latin, video. Video works as an action verb, the act of looking. Video is found within all image arts, as they all agree in the intent of giving sight. It’s in drawing, photography, painting, as a gesture through which both visible and invisible are printed. The writing of this dissertation merges and confounds itself with the actual video making process: the 6 videos and 6 essay herein presented will, at times, touch one another, orbiting a constellation filled with similar concepts and, at times, separate from one another, opening up to accept distinct possibilities and other star signs. What makes this work cohesive, with the possibility of being organized as a series of video and text, is the presence of 3 main themes, formatted within the questions that follow: departing from experiences gathered in the biography of the artist, how is it possible to re-do, ritualize the death of a gesture-video? How can video be a state of thinking so that different device-cinema be proposed? How to describe landscape turning it into something else, integrating and spatializing video?
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Artes, Programa de Pós-Graduação em Arte, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:IdA - Mestrado em Artes (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/22192/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.