Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/22057
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_KarollynedaSilvaMorais.pdf1,25 MBAdobe PDFView/Open
Title: Avaliação do potencial terapêutico in vitro de inibidor de telomerase MST-312 em linhagens celulares de câncer de mama
Authors: Morais, Karollyne da Silva
Orientador(es):: Oliveira, Diêgo Madureira de
Coorientador(es):: Rabello, Doralina do Amaral
Assunto:: Mamas - câncer
Telomerase
Células cancerosas
Issue Date: 4-Jan-2017
Citation: MORAIS, Karollyne da Silva. Avaliação do potencial terapêutico in vitro de inibidor de telomerase MST-312 em linhagens celulares de câncer de mama. 2016. 65 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: As células normais tem potencial proliferativo regulado, e na maioria dos tipos celulares, obedecem a um número determinado de ciclos. Para que uma célula possa proliferar indefinidamente e de forma autônoma e ser considerada uma célula de câncer, ela deve passar pelo processo de imortalização. Os telômeros estão intimamente relacionados com o processo de imortalização, pois encurtam a cada ciclo celular, limitando a capacidade proliferativa. A telomerase é uma enzima que restaura a integridade dos telômeros, e está presente em 85% dos tipos de câncer, o que a torna um potencial alvo terapêutico. O câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais incidente em todo o mundo, e entre as mulheres é o primeiro em mortalidade. Dada a sua importância epidemiológica, foram utilizadas neste estudo linhagens de câncer de mama que expressam telomerase, MCF-7 e MDA-MB-231, submetidas a tratamentos de curto e longo prazo com o inibidor de telomerase MST-312. Este foi citotóxico para ambas as linhagens em tratamentos de curto prazo, com morte celular acentuada nas doses de 5 μM em MCF-7 e 10 μM em MDA-MB-231, efeito este que independe da crise telomérica. Após 18 semanas de tratamento em dose subtóxica do MST-312, as linhagens foram novamente submetidas aos ensaios de citotoxicidade. A linhagem de MCF-7 apresentou maior sensibilidade ao MST-312 após o tratamento de longo prazo, com sinais de senescência celular acentuadas nos grupos tratados com o inibidor e cariótipos característicos de crise telomérica. Enquanto que a linhagem MDA-MB-231 demonstrou sinais de aquisição de resistência à droga, não demonstrando senescência celular, e maior viabilidade celular no grupo tratado com MST-312 por 18 semanas, quando comparado com o grupo controle. Demonstrando que células que expressam telomerase respondem de maneira diferente ao mesmo inibidor. _________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Normal cells show a limited potential proliferative, presenting a reduced number of cell cycles. For one cell to be able to proliferate indefinitely and it becomes a tumoral cell, it needs to suffer an immortalization process. The telomeres are closely relating to the immortalization cell process, once that to each cell cycle they are facing a shortening which limits the proliferative capacity of them. Additonally, the telomerase enzyme, the protein that plays an importante role in to restore the telomere integrity and is present in about 85% of câncer types, it became a potential therapeutic target. The breast câncer is the second câncer type with the major incidence in the world and the first cause of mortality by tumor among women. Due its epidemiologic importance, in this study were used two cell lineages of breast câncer which express the telomerase enzyme, MCF-7 and MDA-MB-231, which they were submitted to treatments of long and short duration with the telomerase inhibitor MST-312. Both cell lineages utilized in this work showed citotoxicity in the treatments of short duration, with accentuated death cell in response to 5 μM dose of MST-312 in MCF-7 and 10 μM dose in the MDA-MB-231, this effect probably is independent of telomeric shortening. After 18 weeks of treatment using sub-toxic doses of the MST-312 inhibitor, the cell lineages were submitted to citotoxicity essays. The MCF-7 lineage presented a sensibility more elevated during the treatment of long duration showing cell senescence signals more accentuated in the group treated with the inhibitor and with intrinsic karyotypes of telomeric crisis. As results, the cell lineage MDA-MB-231 demonstrated signals of resistence acquisition to drug employed in this work, without signals of cell senescece, and in the citotoxicity essay under 10 μM dose, it was showed a significative cell number of inviable cells in the control group in comparing to the group treated for 18 weeks with MST-312 inhibitor. These results demonstrate that cells which are able to express the telomerase enzyme can respond of different ways to the same inhibitor.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:PPGCS - Mestrado em Ciências da Saúde (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/22057/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.