Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/21386
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_CamilaAkemiKarino.pdf2,16 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLaros, Jacob Arie-
dc.contributor.authorKarino, Camila Akemi-
dc.date.accessioned2016-09-05T18:19:24Z-
dc.date.available2016-09-05T18:19:24Z-
dc.date.issued2016-09-05-
dc.date.submitted2016-06-22-
dc.identifier.citationKARINO, Camila Akemi. Avaliação da igualdade, equidade e eficácia no sistema educacional brasileiro. 2016. 147 f., il. Tese (Doutorado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/21386-
dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações, 2016.en
dc.description.abstractO cerne desta tese de doutorado está no desafio da promoção de uma educação de qualidade e na concepção de que a escola é o principal elemento para que isso se concretize. A crença de que a escola pode fazer a diferença na formação do estudante tem norteado estudos desde a década de 1960, na busca de compreender o que torna a escola eficaz, delineando a área conhecida como educational effectiveness research (EER). Essa área, incialmente focada na eficácia e no efeito-escola, também engloba estudos referentes à identificação de fatores associados ao desempenho, à procura de métodos que buscam a melhoria da escola e à promoção da igualdade e da equidade. Neste contexto e considerando a relevância de garantir uma educação para todos, o objetivo geral desta tese foi avaliar o sistema educacional brasileiro em termos de o quanto ele tem proporcionado equidade e igualdade, além de identificar fatores escolares que podem contribuir para uma maior eficácia escolar. Para alcançar esse objetivo geral, no Estudo 1 foi realizada uma revisão sistemática das publicações brasileiras entre 2000 e 2013 na área de eficácia escolar, a fim de analisar os modelos teóricos e as variáveis (de contexto, input, processo e output) utilizados, bem como confrontar os resultados brasileiros com achados estrangeiros. A partir dessa revisão, verificou-se a necessidade de se utilizar um aporte teórico mais sólido, de se construir medidas que possam ser acompanhadas ao longo dos anos e de se investir em estudos longitudinais. Nesse sentido, no Estudo 2 buscou-se construir medidas válidas, a partir dos dados da Prova Brasil 2009, relativas à escola, que pudessem subsidiar a avaliação de igualdade, equidade e eficácia, propondo uma nova abordagem teórica como base: o modelo de prosperidade educacional. Esse modelo, tendo como suporte os achados da área de EER e a teoria do desenvolvimento, propõe quatro pilares para a garantia do sucesso educacional no final do ensino fundamental: (1) contexto inclusivo, (2) qualidade de ensino, (3) tempo de aprendizado e (4) recursos escolares. Além de construir medidas para esses pilares, o Estudo 2 apontou dificuldades do sistema educacional brasileiro em prover recursos escolares e garantir a qualidade de ensino. No Estudo 3, as medidas construídas no Estudo 2 foram utilizadas para analisar o quanto o sistema educacional brasileiro promove condições igualitárias e equânimes para estudantes de diferentes níveis socioeconômicos. Essa análise foi realizada em termos de chance de sucesso acadêmico e chance de acesso a recursos escolares. Os resultados apontaram disparidades de desempenho e diferenças na distribuição dos recursos, sendo, em geral, em desfavor dos estudantes pobres. Após a verificação dessas diferenças, realizou-se, por fim, o Estudo 4. Nele buscou-se compreender, a partir de análise transversal e longitudinal, a relação entre os pilares do modelo de prosperidade educacional e o desempenho. A análise transversal demonstrou o potencial dos pilares educacionais em contribuir com o desempenho e a análise longitudinal, adicionalmente, indicou pequena variabilidade no desempenho e nos pilares educacionais ao longo dos anos. ________________________________________________________________________________________________ ABSTRACTen
dc.description.abstractThe core of this doctoral thesis is in the challenge to promote quality education and in the conception that the school is the main element for this to happen. The belief that the school can make a difference in the formation of the student has guided studies since the 1960s in the search to understand what makes a school effective, outlining the area known as educational effectiveness research (EER). This area, initially focused on effectiveness and school effect, also includes studies on the identification of factors associated with academic performance, on the methods that seek to improve the school and on the promotion of equality and equity. In this context and considering the importance of ensuring education for all, the general objective of this thesis was to evaluate the Brazilian educational system in terms of how much it has provided equity and equality, and to identify school factors that can contribute to greater school effectiveness. To achieve this overall objective, in Study 1 a systematic review of Brazilian publications between 2000 and 2013 in the area of school effectiveness was performed in order to identify the theoretical models and variables used (context, input, process and output) and compare these results with those found in other countries. Based on this review, various needs were identified: for a more solid theoretical foundation, for the construction of measures that can be accompanied over the years, and for the development of longitudinal studies. In this context, in Study 2, we sought to build valid measures using data from Prova Brasil 2009, related to school, that could support the evaluation of equality, equity and effectiveness, proposing a new theoretical approach based on the educational prosperity model. This model, supported by the findings of EER area and the theory of development, proposes four pillars to ensure educational success at the end of elementary school: (1) inclusive context, (2) quality of instruction, (3) learning time and (4) school resources. In addition to construct measures for each of these pillars, Study 2 indicated difficulties of the Brazilian educational system to provide educational resources and ensure educational quality. In Study 3, the measures built in Study 2 were used to analyze how the Brazilian educational system promotes equal and equitable conditions for students of different socioeconomic levels. This analysis was performed in terms of chance of academic success and chance of access to school resources. The results showed performance gaps and differences in the distribution of resources, mainly at the disadvantage of poor students. Lastly, after the verification of differences, Study 4 was conducted. Using transverse and longitudinal analyses, this last study had the objective to investigate the relationship between the pillars of the educational prosperity model and academic performance. The cross-sectional analysis showed the potential of the educational pillars in the prediction of academic performance, while the longitudinal analysis indicated little variability in academic performance and in the educational pillars over the years.en
dc.language.isoPortuguêsen
dc.rightsAcesso Abertoen
dc.titleAvaliação da igualdade, equidade e eficácia no sistema educacional brasileiroen
dc.typeTeseen
dc.subject.keywordEficácia no ensinoen
dc.subject.keywordEstudantes - qualificaçãoen
dc.subject.keywordEducação - avaliaçãoen
dc.subject.keywordSistema educacional brasileiroen
dc.rights.licenseA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.en
Appears in Collections:PSTO - Doutorado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações (Teses)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/21386/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.