Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/20976
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_VanessadeFátimaNery.pdf1,91 MBAdobe PDFView/Open
Title: Atributos da mudança organizacional : sua influência sobre as atitudes, as respostas comportamentais e o bem-estar no trabalho
Authors: Nery, Vanessa de Fátima
Orientador(es):: Neiva, Elaine Rabelo
Assunto:: Mudanças organizacionais
Bem-estar no trabalho
Respostas comportamentais
Indicadores comportamentais
Issue Date: 25-Jul-2016
Citation: NERY, Vanessa de Fátima. Atributos da mudança organizacional: sua influência sobre as atitudes, as respostas comportamentais e o bem-estar no trabalho. 2016. 261 f., il. Tese (Doutorado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: A relação entre cognição, afetos individuais e respostas comportamentais à mudança organizacional ainda é pouco explorada pela literatura, embora existam evidências de sua relevância para o sucesso das mudanças. Partindo dessa lacuna, esta tese investigou a relação entre indicadores comportamentais e afetivos de sucesso e os atributos da mudança organizacional. A tese está organizada em sete manuscritos. Os Manuscritos 1, 2 e 3 apresentam revisões de literatura respectivamente, sobre atributos da mudança organizacional, reações à mudança organizacional e consequências da mudança organizacional examinando as lacunas existentes. Os Manuscritos 4 e 5 apresentam, respectivamente, a verificação de validade da Escala de Atributos da Mudança Organizacional e da Escala de Respostas Comportamentais à Mudança Organizacional. As duas escalas foram submetidas à análise fatorial exploratória e confirmatória e exibiram bons índices psicométricos de validade. O Manuscrito 6 analisa, por meio de um estudo longitudinal, o efeito das atitudes frente à mudança na relação entre atributos e respostas à mudança organizacional. Os dados, analisados por equações estruturais, apontaram o efeito significativo dos atributos da mudança nas respostas comportamentais e corroborou parcialmente o efeito de mediação. A pesquisa relatada no Manuscrito 7 apresenta o teste de um modelo estrutural de mediação das atitudes frente à mudança na relação entre atributos e bem-estar. Os resultados indicam que as atitudes mediam parcialmente a relação entre atributos da mudança e bem-estar, e que surpreendentemente a percepção de risco da mudança não tem relação com bem-estar no trabalho. O papel moderador do tempo investigado nos Manuscritos 6 e 7 foi refutado. Em conjunto, os manuscritos possibilitam uma maior compreensão da mudança organizacional como fenômeno, subsidiando conhecimentos novos que eram negligenciados pela literatura e fornecem instrumentos úteis para as organizações. A seção de considerações finais discute as implicações e limitações dessa tese além de propor uma agenda de pesquisa.
Abstract: The relationship between cognition, individual emotions and behavioral responses to organizational change is still little explored in the literature although there is evidence of its importance to the success of organizational change. From this gap, this thesis investigated the relationship between affective and behavioral indicators of success and attributes of organizational change. This thesis is organized in seven manuscripts. Manuscripts 1, 2 and 3 presents literature reviews on attributes, reactions to organizational change and consequences of organizational change, examining gaps. Manuscripts 4 and 5 presents, respectively, the validity check on Attributes Organizational Change Scale and Behavioral Response to Organizational Change Scale. Both scales were submitted to exploratory and confirmatory factor analysis and showed good psychometric qualities. Manuscript 5 analyzes, by a longitudinal study, the effect of the attitudes toward organizational change in the relationship between attributes and responses to organizational change. The data, analyzed by structural equation, showed the significant effect of the attributes of change in behavioral responses and partially corroborated the effect of mediation. The research in manuscript 7 presents the test a structural model of mediation of attitudes towards change in the relationship between attributes and welfare. Results show that attitudes partially mediate the relationship between attributes of change and well-being, and that surprisingly the perception of change risk is not related to well-being at work. The moderator role of time investigated at manuscripts 6 and 7 was refuted. Together, the manuscripts allow a greater understanding of organizational change as a phenomenon, supporting new knowledge that were neglected by the literature and provide useful tools for organizations. Final section contains considerations, and discusses implications and limitations of this thesis and propose a research agenda.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Social e do Trabalho, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2016.03.T.20976
Appears in Collections:PSTO - Doutorado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/20976/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.