Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/20795
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_EricaKarolinaBarrosOliveira.pdf4,04 MBAdobe PDFView/Open
Title: Dinâmica de uma floresta tropical manejada na Amazônia oriental
Authors: Oliveira, Erica Karolina Barros de
Orientador(es):: Rezende, Alba Valéria
Coorientador(es):: Freitas, Lucas José Mazzei de
Assunto:: Manejo florestal
Florestas tropicais
Biodiversidade
Amazônia
Issue Date: 27-Jun-2016
Citation: OLIVEIRA, Erica Karolina Barros de. Dinâmica de uma floresta tropical manejada na Amazônia oriental. 2016. xvi, 181 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: O objetivo deste estudo foi descrever e quantificar as mudanças na florística, estrutura e dinâmica da vegetação arbórea em uma floresta ombrófila densa de terra firme, localizada na Área de Manejo Florestal (AMF), da Fazenda Rio Capim, Município de Paragominas, PA, dez anos após a exploração florestal planejada. Em 2004, foi realizado o inventário florestal em uma das unidades de trabalho da AMF. Foram implantados dois transectos de 100 m x 900 m cada, totalizando uma superfície de 18 hectares. Cada transecto foi dividido em 9 parcelas amostrais de 100 m x 100 m (1 ha), subdivididas em 16 subparcelas de 25 m x 25 m (0,0625 ha). As árvores com diâmetro a altura do peito (DAP) igual ou superior a 10 cm foram demarcadas, identificadas botanicamente e os valores de DAP e altura comercial registrados. Após o inventário, as árvores foram classificadas em dois níveis de inclusão, sendo, Nível I: DAP ≥ 20 cm (parcelas de 100 m x 100 m) e Nível II: 10 cm < DAP ≤ 20 cm (25 m x 25 m). Na sequência a unidade de trabalho foi submetida ao manejo florestal, sendo removidas, em média, 7 árvores.ha-1, ou seja, 21,3 m3.ha-1 de madeira em tora, pertencentes a 33 espécies, consideradas de interesse econômico local. Em 2005, 2006, 2008, 2010, 2012 e 2014, foram realizados novos monitoramentos na área amostrada, visando avaliar as mudanças na vegetação pós-exploração. As taxas de mortalidade e recrutamento, bem como o incremento peródico anual em diâmetro (IPADAP), foram obtidos para a amostra total, por espécies, por classe de diâmetro e por grupo ecológico. O índice de Shannon-Weaver (H') variou entre 3,96 e 4,02 para o Nível I de inclusão e 3,79 e 4,02 para o Nível II. Os grupos ecológicos compostos por espécies não pioneiras (NP-TS, NP-DL) dominaram a floresta em ambos os níveis de inclusão, tanto em termos de riqueza quanto em densidade de árvores. A estrutura da floresta sofreu poucas alterações em decorrência da exploração madeireira, para ambos níveis de inclusão, ou seja, I e II. As espécies de maior valor de importância considerando o último ano de monitoramento (2014) foram: Nível I: Lecythis idatimon, Eschweilera coriacea, Eschweilera grandiflora e Pouteria guianensis. No Nível II destacaram-se: Rinorea guianensis, Lecythis idatimon Brosimum paraense, Poecilanthe effusa e Inga alba. Ao longo de 10 anos de monitoramento da floresta ombrófila densa de terra firme, verificou-se um balanço positivo entre as taxas de mortalidade (3,62 ind.ha -1) e de recrutamento (4,57 ind.ha-1). No decorrer do período estudado, a taxa de recrutamento também superou a de mortalidade em relação aos grupos ecológicos. O IPADAP obtido considerando o período entre 2004 e 2014 foi de 0,32 cmano-1, sendo que, os maiores valores foram registrados para as maiores classes diamétricas. As espécies NP-DL e PI apresentaram os maiores IPADAP com médias de 0,58 cm.ano-1 e 0,42 cm.ano-1, respectivamente. Analisados em conjunto os resultados indicam que a floresta encontra-se em fase de sucessão, após a exploração florestal.
Abstract: The aim of this study was to describe and quantify the changes in floristic, structure and dynamics of trees in a dense forest of land, located in Forest Management Area (MPA) in the Rio Capim, municipality of Paragominas- PA, ten years after the planned logging. In 2004, it carried out the forest inventory in one of the AMF work units. Two were implanted transects 100 m x 900 m each, for a total of 18 hectares. Each transect was divided into 9 plots samples of 100 m x 100 m (1 ha), subdivided into 16 subplots of 25 m x 25 m (0,0625 ha). The trees with breast height diameter (DAP) equal to or greater than 10 cm were marked, identified botanically and DAP values and recorded commercial height. After the inventory, trees were classified into two levels of inclusion being Level I: DAP ≥ 20 cm (plots of 100 m x 100 m) and Level II: 10 cm <DAP ≤ 20 cm (25 m x 25 m). Following the work unit was subjected to forest management, being removed on average 7 trees.ha-1, ie 21,3 m3.ha-1 of logs belonging to 33 species considered of economic interest local. In 2005, 2006, 2008, 2010, 2012 and 2014, new monitoring were performed in the studied area, to evaluate changes in the post-operation vegetation. Mortality rates and recruitment, as well as the peródico annual increment in diameter (IPADAP) were obtained for the total sample, by species, by diameter class and ecological group. The index of Shannon-Weaver (H') varies between 3,96 and 4,02 for the Level I inclusion and 3,79 and 4,02 for Level II. The ecological groups of non-pioneer species (NP-TS, NP-DL) dominated forest on both inclusion levels, both in terms of richness and density of trees. The forest structure has changed little as a result of logging for both inclusion levels, ie I and II. The species of greatest importance value considering the last year of monitoring (2014) were: Level I: Lecythis idatimon, Eschweilera coriacea, Eschweilera grandiflora and Pouteria guianensis. At Level II included: Rinorea guianensis, Lecythis idatimon, Brosimum paraense, Poecilanthe effusa and Inga alba. Over 10 years of monitoring the dense rain forest land, there was a positive balance between mortality rates (3,62 ind.ha-1) and recruitment (4,57 ind.ha-1). During the study period, the recruitment rate also exceeded the mortality in relation to environmental groups. The IPADAP obtained considering the period between 2004 and 2014 was 0,32 cm. year-1, and the highest values were recorded for the larger diameter classes. The NP-DL and PI species have larger IPADAP averaging 0,58 cm. year -1 and 0,42 cm.year-1, respectively. Taken together these results indicate that the forest is in phase succession, after logging.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Florestal, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2016.02.D.20795
Appears in Collections:EFL - Mestrado em Ciências Florestais (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/20795/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.