Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/20763
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_GilmaRosaNascimento.pdf1,17 MBAdobe PDFView/Open
Title: Estimativas de parâmetros de adaptabilidade e estabilidade de genótipos de alface (Lactuca sativa L.) em diferentes épocas e condições de cultivo
Authors: Nascimento, Gilma Rosa do
Orientador(es):: Souza, Nara Oliveira Silva
Coorientador(es):: Suinaga, Fábio Akyioshi
Assunto:: Lactuca sativa L.
Alface - cultivo
Alface - genética
Embrapa
Issue Date: 22-Jun-2016
Citation: NASCIMENTO, Gilma Rosa do. Estimativas de parâmetros de adaptabilidade e estabilidade de genótipos de alface (Lactuca sativa L.) em diferentes épocas e condições de cultivo. 2016. 61 f., il. Dissertação (Mestrado em Agronomia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: Vários cultivares de alface são exigentes quanto ao ambiente, são sensíveis à temperatura, as chuvas e ao fotoperíodo, esses fatores ambientais alteram a qualidade final do produto, inviabilizando a comercialização, por perderem vigor, turgescência, e outros fatores desejáveis para uma boa aparência. Os experimentos foram conduzidos em campo com manejo convencional e orgânico na Embrapa Hortaliças no DF para avaliar cultivares de alface dos tipos Americana (Crisphead lettuce), Angelina, Lagunna, Laurel, Lucy Brown, Silvana, Tainá, TPC 18614; do tipo crespa (Leaf lettuce), CNPH 5060, Deisy, Lavinia, Malice, Milena, Solaris, Vanda e Veneranda, em três épocas de plantio. Foram delineamentos em blocos casualizados com quatro repetições com plantios realizados com dista de aproximadamente 20 dias, no período de abril a agosto de 2015, com ciclo de 50 dias após o transplante. Época 1: semeadura 27/04/2015, transplantio 26/05/2015; época 2: semeadura 18/05/2015, transplantio 19/06/2015; época 3: semeadura 08/06/2015, transplantio 10/07/2015. A produção média de massa fresca (g/planta) dos genótipos do tipo americana, nos tipos de cultivo convencional foi de 601,10 g/planta e de 581,67g/planta no cultivo orgânico. E no tipo crespa foi de 526,84 g/planta no convencional e de 551,56 g/planta no orgânico. Considerando todos os ambientes o genótipo que mais se sobressaiu foi Tainá. Analisando numericamente os genótipos, percebe-se que o genótipo Deisy apresenta maior média. No cultivo convencional, o genótipo com maior média, considerando os valores numéricos, foi Lagunna. Já no orgânico, foi a Laurel. O teste de médias, as cultivares com valores maiores foram Laguna e Tainá, tanto no cultivo convencional quanto no orgânico. Entre os tipos de alfaces comercializados foram positivos apenas os ambientes 1 e 6, ou seja, época 1 convencional e época 3 orgânico. Já para crespa, foram positivos os ambientes 4, 5 e 6. Índices positivos são considerados favoráveis ao cultivo. Já para as condições específicas destaca Laurel para condição desfavorável e Bálsamo para condição favorável. No tipo crespa, Milena e Vanda apresentaram adaptabilidade geral. Para as condições específicas, verifica-se CNPH 5060 para condição favorável e Deisy para condição desfavorável. Nenhum dos genótipos testados apresentou comportamento ideal, nas três épocas avaliadas, segundo metodologia de Hebehart e Russel, (1966), metodologia de Cruz et al, (1989) e metodologia proposta por Carneiro (1998). Todos adquirindo bom desempenho em cultivo orgânico e convencional.
Abstract: Several lettuce cultivars are demanding on the environment, are sensitive to temperature, rainfall and photoperiod, these environmental factors affect the final quality of the product, preventing the marketing, by losing force, swelling, and other desirable factors to look good. The experiments were conducted in the field of conventional and organic management at Embrapa Vegetables in Brasilia City to evaluate lettuce cultivars of American types ( Crisphead lettuce ), Angelina, Lagunna, Laurel, Lucy Brown, Silvana, Taina, TPC 18614; the crinkly type ( Leaf lettuce ), CNPH 5060, Deisy, Lavinia, Malice, Milena, Solaris, Vanda and venerable in three growing seasons. They were randomized complete block with four replications with plantations made with dista about 18 days, from April to August 2015, with a cycle of 50 days after transplantation. Season 1: sowing 27.04.2015, 05.26.2015 transplanting; time 2: sowing 05.18.2015, 19.06.2015 transplanting: time 3: sowing 08.06.2015, 10.07.2015 transplanting. The average production of fresh mass (g / plant) genotype of the American type, the types of conventional cultivation was 601.10 g / plant and 581,67g / plant in organic farming, and the curly type was 526.84 g / plant in the conventional and 551.56 g / plant in organic. Considering all environments genotype that most stood out was Taina numerically analyzing the genotypes, Deisy, genotype has a higher average. In conventional farming, the genotype with the highest average considering the numerical values was Lagunna. In the organic, it was Laurel. Considering the mean test, cultivars with higher values were Laguna and Taina, both in conventional farming as the organic. Among the types of lettuce were positive only marketed locations 1 and 6, conventional time 1 to time 3 organic. As for frizzy, it was positive environments 4, 5 and 6, positive indices are considered favorable for cultivation. As for the specific conditions highlights Laurel to unfavorable and balm favorable condition condition. In crisped type, Milena and Vanda had high adaptability. For specific conditions, CNPH 5060 appears to favorable condition and Deisy to unfavorable condition. None of the tested genotypes showed optimal behavior in the three periods evaluated, according to the methodology of Hebehart and Russell (1966 ), methodology of Cruz et a, (1989) and methodology proposed by Carneiro (1998 ). All getting good performance in organic and conventional farming.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-Graduação em Agronomia, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2016.02.D.20763
Appears in Collections:FAV - Mestrado em Agronomia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/20763/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.