Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/20391
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_FrederickMendesAguiar.pdf1,8 MBAdobe PDFView/Open
Title: Caracterização de isolados de Corynespora cassiicola e avaliação da sensibilidade in vitro a fungicidas
Other Titles: Characterization of Corynespora cassiicola isolates and evaluation of in vitro sensitivity to fungicides
Authors: Aguiar, Frederick Mendes
Orientador(es):: Reis, Ailton
Assunto:: Tomate - doenças e pragas
Mancha alvo - variabilidade genética
Fungicidas
Pepino - doenças e pragas
Mancha alvo - morfométrica
Mancha alvo - patogenia
Issue Date: 24-May-2016
Citation: AGUIAR, Frederick Mendes. Caracterização de isolados de Corynespora cassiicola e avaliação da sensibilidade in vitro a fungicidas. 2015. vii, 109 f., il. Tese (Doutorado em Fitopatologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Abstract: A macha-alvo, causada pelo fungo Corynespora cassiicola, tornou-se uma das mais importantes doenças da parte aérea do tomateiro e pepineiro em diversas regiões produtoras do Brasil e do mundo nos últimos anos. Além do tomate e pepino, este fungo apresenta uma grande diversidade de hospedeiras sendo relatado em mais de 350 espécies de plantas, distribuídas por mais de 80 países. Os isolados deste fungo também apresentam uma grande diversidade morfológica, principalmente em relação à coloração da colônia, tamanho e formato dos conídios, dificultando ainda mais sua identificação e caracterização. Outra dificuldade relacionada à mancha-alvo é a ausência de cultivares comerciais resistentes e de fungicidas recomendados para o tomate e o pepino no Brasil, sendo um grande desafio para seu controle. Em função dos problemas apresentados, esta tese teve como objetivo investigar a variabilidade genética, morfométrica e patogênica entre isolados de Corynespora de diferentes plantas hospedeiras e regiões geográficas e verificar in vitro a sensibilidade micelial de isolados de Corynespora a diferentes fungicidas. Na caracterização molecular todos os isolados avaliados foram identificados como pertencentes à espécie C. cassiicola. Quanto à distribuição e a resolução intraespecífica dos isolados avaliados, as sequências obtidas das regiões genômicas ITS e fator de elongação 1-α apresentaram limitada resolução intraespecífica dos isolados quanto à hospedeira de origem e região geográfica de coleta nas respectivas árvores filogenéticas. Já a árvore filogenética com as sequências do gene β-tubulina apresentou melhor distribuição dos isolados quanto à hospedeira de origem, com formação de dois clados distintos, cada um representado em sua maioria por isolados provenientes da cultura do tomate e do pepino. Os treze isolados de C. cassiicola utilizados na caracterização morfométrica apresentaram grande variabilidade quanto à cor da colônia, com a ocorrência de seis diferentes cores; quanto à textura micelial, os isolados dividiram em sete com textura fina e seis com textura cotonosa; e quanto ao formato da colônia, com predominância da forma poligonal. A taxa de crescimento micelial foi de 6,05 mm/d. As dimensões dos conídios variaram de 7,39 a 386,05 μm de comprimento, 5,8 a 14,08 μm de largura e 0 a 24 para o número de pseudoseptos. Os três isolados de C. cassiicola avaliados confirmaram patogenicidade às suas hospedeiras de origem. Somente oito espécies de plantas avaliadas não apresentaram suscetibilidade aos isolados. Após caracterização molecular, morfométrica e patogênica dos isolados de C. cassiicola avaliados, concluiu-se que, exceto para a região β-tubulina, nenhuma relação entre a hospedeira de origem e a região geográfica de coleta dos isolados foi estabelecida neste estudo. No teste de sensibilidade a fungicidas, em ensaios preliminares foi obtida a dose efetiva capaz de inibir o crescimento micelial de C. cassiicola em 50% (DE50). Nos resultados, os fungicidas clorotalonil e carbendazim apresentaram altos valores da DE50 para a maioria dos isolados avaliados, com média superior a 50 mg.L-1. Para o fungicida tebuconazole, os valores da DE50 variaram de 0,50 a 18,79 mg.L-1. Já para os fungicidas pyrimethanil, fludioxonil e cyprodinil, verificou-se menores valores da DE50 quando comparados aos fungicidas anteriores. Após estes ensaios, as concentrações obtidas foram de 1 mg.L-1 para o fungicida fludioxonil, 3 mg.L-1 para cyprodinil, 5 mg.L-1 para boscalid e fluopyram, 10 mg.L-1 para tebuconazole, azoxystrobin e pyrimethanil e 50 mg.L-1 para clorotalonil e carbendazim. Os resultados obtidos no teste de inibição do crescimento micelial (ICM) de 55 isolados de C. cassiicola, mostraram uma variação entre os fungicidas e os isolados avaliados. O fungicida fludioxonil na concentração de 1 mg.L-1 apresentou maior valor de ICM quando comparado aos demais fungicidas avaliados, com valor médio de 85,69%. Já o fungicida clorotalonil apresentou menor valor de ICM, com média de 31,56%. O isolado EH-1710 apresentou maior valor de ICM de 74,14%, já o isolado EH-2125 apresentou o menor valor entre os isolados avaliados, com média de 34,57%. Os resultados obtidos evidenciam uma grande expectativa de efeitos satisfatórios do fungicida fludioxonil no controle da mancha-alvo. Já os fungicidas carbendazim, pyrimethanil, azoxystrobin e, principalmente, clorotalonil apresentam grande possibilidade de desenvolvimento de resistência dos isolados de C. cassiicola.
Abstract: Target spot, caused by the fungus Corynespora cassiicola, has been one of the most important disease of the aerial parts of the tomato and cucumber plants in different regions of Brazil and world in the last years. Besides the tomato and cucumber, this fungus has a big host diversity, detected in more than 350 plants, distributed by more than 80 countries. The isolates of this fungus also have a big morfological diversity, mainly in relation to colony colour, conidia size and shape. These characters difficult its identification and characterization to species level. Another difficult concerning to target spot is the absence of resistant cultivars and fungicides recommended for tomato and cucumber in Brazil, representing a big challenge for its control. In function on the presented problems, this thesis aimed to investigate the genetic variability, morphometric and pathogenic among Corynespora isolates from different geographic regions and test the in vitro mycelial sensitivity of Corynespora isolates to different fungicides. In the molecular characterization all isolates were identified as C. cassiicola. As to distribution and intraspecific resolution of isolates, the sequences obtained from genomic regions ITS and elongation factor 1-α showed limited intraspecific resolution of the isolates as to host of origin and geographical region of collection in its phylogenetic trees. The phylogenetic tree with the sequences of β-tubulin gene showed better distribution of isolates as to its host of origin. In this tree it was formed two distinct clades, each one represented mostly by isolates from tomato and cucumber crop. Thirteen isolates of C. cassiicola used in morphometric characterization showed big variability as to color, with occurrence of six different colors; as to texture, with isolates divided into seven presenting fine texture and six with cottony texture; and as to colony shape, with predominance of polygonal shape. The mycelial growth rate was 6.05 mm/d. The dimensions of the conidia ranged from 7.39 to 386.05 mm in length, 5.8 to 14.08 mm in width and 0 to 24 for the number of pseudosepts. The three isolates of C. cassiicola tested confirmed pathogenicity to its host of origin. Only eight species of plants tested didn't show susceptibility to isolates. After molecular, morphometric and pathogenic characterization of isolates of C. cassiicola tested, was concluded that, except for β-tubulin region, no relationship between host of origin and geographical region of isolates was established in this study. In the fungicidal sensitivity test was performed in preliminary tests to determine the actual dose able of inhibiting the mycelial growth of C. cassiicola by 50% (ED50). In the results, the fungicide chlorothalonil and carbendazim showed great ED50 values to majority of isolates, with average higher to 50 mg.L-1. For the tebuconazole fungicide the values of ED50 varied from 0.50 to 18.79 mg L-1. The pyrimethanil, cyprodinil and fludioxonil fungicides presented lower values of DE50 when compared to the former fungicides. After these tests, the ED50 concentrations found were 1 mg.L-1 to fludioxonil, 3 mg.L-1 to cyprodinil, 5 mg l-1 to boscalid and Fluopyram, 10 mg.L-1 to tebuconazole, azoxystrobin and pyrimethanil and 50 mg L-1 to chlorothalonil and carbendazim. The results obtained in the inhibition test of mycelial growth (ICM) of 55 isolates of C. cassiicola, showed a variation among fungicides and isolates tested. The fludioxonil fungicide at a concentration of 1 mg L-1 showed higher ICM when compared to fungicides tested, with average of 85.69%. Already chlorothalonil fungicide showed the lowest ICM values with average of 31.56%. EH-1710 showed higher ICM of 74.14% and the isolate EH-2125 showed the lowest value of ICM among the isolates tested, with average of 34.57%. The results show a great expectation of good effects of fludioxonil fungicide on target spot control. Already carbendazim fungicides, pyrimethanil, azoxystrobin and chlorothalonil showed great possibility of development of resistance of isolates of C. cassiicola.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Fitopatologia, Programa de Pós-Graduação em Fitopatologia, 2015.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2015.5.T.20391
Appears in Collections:FIT - Doutorado em Fitopatologia (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/20391/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.