Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/20299
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_RenatoBorgesBernardes.pdf21,76 MBAdobe PDFView/Open
Title: Modelo de velocidade sísmica de ondas P da crosta e manto superior ao longo do perfil PABBRISE, estado de São Paulo
Other Titles: P-wave seismic velocity model of the crust and upper mantle along the PABBRISE profile, São Paulo state
Authors: Bernardes, Renato Borges
Orientador(es):: Fuck, Reinhardt Adolfo
Coorientador(es):: Soares, José Eduardo Pereira
Assunto:: Bacia do Paraná
Ondas P
Issue Date: 18-May-2016
Citation: BERNARDES, Renato Borges. Modelo de velocidade sísmica de ondas P da crosta e manto superior ao longo do perfil PABBRISE, estado de São Paulo. 2015. vi, 92 f., il. Dissertação (Mestrado em Geologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Abstract: O perfil PABBRISE consiste em experimento sísmico de refração/reflexão de ângulo amplo realizado no Estado de São Paulo. O perfil possui aproximadamente 700 km de extensão e atravessa a porção nordeste da Bacia do Paraná, passando por parte da Faixa Brasília meridional (Nappe Socorro), até a margem continental adjacente (Faixa Ribeira central). A modelagem do tempo de trânsito das ondas P resultou em modelo sísmico em que a descontinuidade de Mohorovičić é estruturada e heterogênea, com profundidades entre 32,0 e 43,5 km, sendo mais rasa próximo à margem continental. A geometria obtida possibilitou a segmentação da crosta continental em três domínios sísmicos.Em todos os domínios a crosta inferior foi modificada, hora por intrusões máficas, estiramento dúctil localizado ou delaminação. Próximo ao Rio Paraná (km 0–170 do perfil),a crosta inferior (Vp = 6,70–7,05 km/s) mostra reverberações sísmicas descontínuas. Essas indicam que parte dessa crosta foi intrudida por corpos máficos tabulares. No domínio central (km 170–525), a crosta superior chega a ser quase três vezes mais espessa do que a inferior, com a crosta inferior associada a um forte gradiente positivo de velocidade. Este interpretado comounderplating máfico na base da crosta (Vp = 7,10–7,25 km/s).A crosta inferior próximo à margem continental (km 525–700) mostra velocidades anomalamente baixas (Vp = 6,48–6,65 km/s) que,quando associadas às proeminentes elevações das serras do Mar e da Mantiqueira, à espessura crustal de 32 km e à anomalia gravimétrica Bouguer, sugerem que a porção máfica da crosta inferior tenha sido delaminada por processo geodinâmico desencadeadopela abertura do Oceano Atlântico Sul.A delaminação foi seguida por soerguimento flexural regional e proeminente magmatismo alcalino, e ajudou a moldaro que hoje é a atual borda nordeste da Bacia do Paraná. O topo do manto superior mostra Vp = 7,88–7,92 km/s, próximo à margem continental (porção SE do perfil), e Vp = 8,25 km/s sob a bacia(porção NW do perfil). Issorevela que esses dois domínios de manto litosférico possuem origens e evoluções distintas.
Abstract: The PABBRISE profile consists of a ca. 700-km wide-angle reflection/refraction seismic experiment carried out in the São Paulo State. The profile crosses the northeast part of the Paraná Basin, the southernmost part of the Brasilia fold belt (the Socorro nappe), and ends on the adjacent continental margin, which comprises the central Ribeira fold belt. Modelling of the P-wave travel-times provided a seismic model in which the Mohorovičić discontinuity is shown as a structured and heterogeneous interface, with depths between 32.0 and 43.5 km, getting shallower to the southeast, near the continental margin. The obtained geometry allowed the segmentation of the continental crust in three different seismic domains. In all of the domains the lower crust has been modified in some way: by mafic intrusions, localized ductile stretching or delamination. Near the Paraná River (profile distance km 0–170), the lower crust (Vp = 6.70–7.05 km/s) shows discontinuous seismic reverberations. These indicates that tabular mafic bodies (i.e. sills) intruded parts of this crust. In the central domain (profile distance km 170–525), the upper crust is almost three times thicker than the lower crust. The latter is associated with a strong positive velocity gradient, interpreted as mafic underplating at the base of the crust (Vp = 7.10–7.25 km/s). The lower crust near the continental margin (profile distance km 525–700) shows anomalous low velocities (Vp = 6.48–6.65 km/s). These, associated with the prominent elevations of the Mar and Mantiqueira ranges, a crustal thickness of 32 km, and the Bouguer anomaly, suggests that the mafic portion of the lower crust has been delaminated by a geodynamic process somehow correlated to the opening of the South Atlantic Ocean. The delamination was followed by regional flexural uplift and prominent alkaline magmatism. That event helped to mold the current geometry of the northeastern flank of the Paraná Basin. The top of the upper mantle has Vp = 7.88–7.92 km/s near the continental margin (SE part of the profile), and Vp = 8.25 km/s under the basin (NW part of the profile). These Vp reveals that the two lithospheric mantle domains have distinguished origins and evolutions.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Geociências, Pós-Graduação em Geologia, 2015.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2015.12.D.20299
Appears in Collections:IG - Mestrado em Geologia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/20299/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.