Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/20216
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_TamilisRochaSilva.pdf2,92 MBAdobe PDFView/Open
Title: Modelagem de nicho ecológico para espécies arbóreas raras em área sob impactos antrópicos no sudoeste da amazônia brasileira
Authors: Silva, Tamilis Rocha
Orientador(es):: Pinto, José Roberto Rodrigues
Coorientador(es):: Medeiros, Marcelo Brilhante de
Assunto:: Florestas - Amazônia
Impacto ambiental
Nicho (Ecologia)
Distribuição (Probabilidades)
Issue Date: 13-May-2016
Citation: SILVA, Tamilis Rocha. Modelagem de nicho ecológico para espécies arbóreas raras em área sob impactos antrópicos no sudoeste da amazônia brasileira. 2016. xiii, 55 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: Espécies raras são importantes no equilíbrio e funcionamento dos ecossistemas e na conservação da biodiversidade. No entanto, populações raras possuem características específicas que as tornam mais vulneráveis diante de distúrbios antrópicas. Este trabalho teve como objetivo avaliar os impactos de modificações da paisagem natural sobre as áreas de distribuição potencial de 13 espécies arbóreas localmente raras no sudoeste da Amazônia brasileira. Foram utilizados modelos de nicho ecológico para mapear a distribuição potencial destas espécies. A partir das classificações de imagens de satélite foram identificados dois principais impactos na área de estudo: o ‘alagamento causado pela usina hidrelétrica de Jirau’ e o ‘desmatamento’ gerado pela construção da usina hidrelétrica de Jirau, agropecuária, urbanização e estradas. As porcentagens de perdas de áreas de distribuição potencial para cada espécie foram calculadas por interseção de imagens dos impactos sobre as áreas potenciais geradas pela modelagem de nicho ecológico. O ‘desmatamento’ causou perdas de áreas de distribuição potencial das espécies arbóreas raras entre 6,7% e 34,1%. As espécies mais atingidas por este impacto foram Moronobea coccinea Aubl. (34,1%), Vochysia biloba Ducke (15,7%) e Xylopia benthamii R.E.Fr. (15,4%). O impacto pelo ‘alagamento da UHE de Jirau’ variou entre 1,7% e 8,2% em perdas de áreas de distribuição das espécies raras deste trabalho. A espécie mais atingida por este impacto foi Buchenavia congesta Ducke (4,3%). As espécies com maior vulnerabilidade na área com a soma dos dois impactos foram Moronobea coccine e Vochysia biloba. Os resultados indicam o sinergismo de impactos antrópicos na região e a considerável magnitude destes distúrbios para as espécies raras, com perdas significativas de áreas potenciais às populações mais vulneráveis ao antropismo. As informações geradas a partir das espécies raras se mostraram de grande importância para a avaliação de impactos antrópicos, estratégias de manutenção e conservação de ecossistemas vulneráveis.
Abstract: Rare species are important in balance and functioning of ecosystems and biodiversity conservation. However, rare populations have specific characteristics that make them more vulnerable to anthropic disturbances. This work aimed evaluate the impacts of changes in the natural landscape of the potential distribution areas of 13 locally rare tree species in the southwest of the Brazilian Amazon. Ecological niche models were used to map the potential distribution of these species. From the satellite images classifications were identified two main impacts in the study area: the 'flooding caused by the the Jirau hydroelectric dam' and 'deforestation' generated by the construction of the Jirau hydroelectric dam, agriculture, urbanization and roads. The percentages of potential distribution areas of loss for each species were calculated by intersection of images of the impact on potential areas generated by ecological niche modeling. The 'deforestation' caused losses of potential distribution areas of rare tree species between 6.7% and 34.1%. The species most affected by the impact were Moronobea coccinea Aubl. (34.1%), Vochysia biloba Ducke (15.7%) and Xylopia benthamii R.E.Fr. (15.4%). The impact of the 'flooding of the UHE Jirau' varies between 1.7% and 8.2% losses of distribution areas of rare species of this work. The species most affected by this impact was Buchenavia congested Ducke (4.3%). The species with the most vulnerable in the area with the sum of the two impacts were Moronobea coccine and Vochysia biloba. The results indicate synergism of human impacts in the region and the considerable magnitude of these disturbances to rare species, with significant loss of potential areas to the most vulnerable populations to anthropism. The information generated from the rare species was of great importance for the evaluation of human impacts, maintenance and conservation strategies of vulnerable ecosystems.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Florestal, Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2016.02.D.20216
Appears in Collections:EFL - Mestrado em Ciências Florestais (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/20216/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.