Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/19843
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_RafaellaAraujoRocha.pdf2,78 MBAdobe PDFView/Open
Title: Revisão sistemática de quatro espécies incertae sedis do gênero Arachis (Fabaceae)
Other Titles: Sistematic review of four incertae sedis species of the genus Arachis (Fabaceae)
Authors: Rocha, Rafaella Araujo
Orientador(es):: Valls, José Francisco Montenegro
Assunto:: Amendoim
Taxonomia vegetal
Seções taxonômica
Issue Date: 4-Apr-2016
Citation: ROCHA, Rafaella Araujo. Revisão sistemática de quatro espécies incertae sedis do gênero Arachis (Fabaceae). 2015. xii, 69 f., il. Dissertação (Mestrado em Botânica)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Abstract: O gênero Arachis compreende 81 espécies descritas distribuídas em nove seções taxonômicas e embora sejam feitos muitos estudos, ainda há uma dificuldade de interpretação taxonômica correta no gênero. O uso de ferramentas da biologia molecular em conjunto com análises morfológicas podem agregar informações valiosas sobre a identificação de quatro espécies e contribuir para a classificação taxonômica do gênero. Foram realizadas cinco expedições de coleta de germoplasma de espécies silvestres de Arachis, totalizando quatro novos acessos de A. burkartii e quatro de A. retusa. A coleta de novos materiais é extremamente importante por ampliar o conhecimento da variabilidade e conhecer a distribuição geográfica das espécies do gênero. O dados obtidos sugerem que a seção Heteranthae é a mais basal do grupo. Arachis burkartii está geograficamente isolada, apresenta características citogenéticas e da morfologia floral distintas das demais espécies que com ela compartilham rizomas, e portanto não apresentou relação direta com a seção Rhizomatosae. Arachis retusa foi alocada entre as demais espécies da seção Extranervosae, apesar de aspectos morfológicos não esclarecidos a associarem com a seção Heteranthae. Arachis sesquijuga e A. spiralifolia foram, molecularmente, alocadas entre as espécies das seções Erectoides, Trierectoides e Procumbentes, que não se mostraram monofiléticas.
Abstract: The genus Arachis comprises 81 described species witch are distributed in nine taxonomic sections. Despite of many studies of with the genus, problems of taxonomic interpretation still remain.The use of molecular biology tools toghether with morphological analysis can add valuable information on the identification of four species and contribute to the genus’s taxonomic classification. There were performed five expeditions to collect wild species of Arachis totaling four new accessions of A. burkartii and four of A. retusa. Collecting new materials is extremely important to broaden the knowledge of germplasm variability and to know the geographical distribution of the species of the genus. The data suggested that Heteranthae is the most basal section of the group. Arachis burkartii is geographically isolated and shows cytogenetic and floral morphology characteristics that no other species with rizomes show, so it has no direct relationship with Rhizomatosae section. Arachis retusa was allocated among species of Extranervosae, even though morphological caracteristics, not explained yet, associate it with Heteranthae section. Arachis sesquijuga and A. spiralifolia were allocated among species of Erectoides, Trierectoides and Procumbentes sections, which were not monophyletic.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Botãnica, Programa de Pós-Graduação em Botânica, 2015.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2015.03.D.19843
Appears in Collections:BOT - Mestrado em Botânica (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/19843/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.