Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/19731
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_DeboraSilvaSantos.pdf2,39 MBAdobe PDFView/Open
Title: Desenvolvimento e avaliação do potencial antioxidante in vitro de nanoformulações contendo óleo do fruto orbignya phalerata martius
Authors: Santos, Débora Silva
Orientador(es):: Longo, João Paulo Figueiró
Coorientador(es):: Costa, Maria Célia Pires
Assunto:: Nanotecnologia
Óleo de babaçu
Antioxidantes
Issue Date: 22-Mar-2016
Citation: SANTOS, Débora Silva. Desenvolvimento e avaliação do potencial antioxidante in vitro de nanoformulações contendo óleo do fruto orbignya phalerata martius. 2015. v, 114 f., il. Dissertação (Mestrado em Nanociência e Nanobiotecnologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Abstract: Atualmente a utilização de sistemas nanoestruturados, tais como, nanoemulsões têm mostrado eficiência quanto ao transporte de substâncias lipofílicas. sabe-se que o óleo de babaçu (orbignya phalerata martius) é referenciado na literatura, devido aos benefícios e propriedades nutricionais (fonte de ácidos graxos da família ω-6 linoleico e ω-9 oléico, potencial antioxidante e outros). no entanto, os efeitos destas propriedades podem ser comprometidos em razão do mesmo ser consumido no seu estado bruto. dessa forma, faz-se necessário buscar por alternativas ou mecanismos que possibilitem aumentar a funcionalidade destas propriedades quanto à administração via oral deste óleo como suplemento alimentar. logo, no presente trabalho objetivou-se desenvolver e caracterizar nanoemulsões a base de óleo babaçu avaliando sua estabilidade (macroscópica e nanoscópica) e seu potencial antioxidante. o óleo vegetal de babaçu (bbs) utilizado nesta pesquisa consiste em um produto extraído artesanalmente a partir das amêndoas contidas no interior do fruto. é oriundo de três localidades distintas do estado do maranhão: caxias (cax), fortuna (for) e santa quitéria (sqt). as nanoemulsões de babaçu (nebbs) foram produzidas a partir de diferentes proporções em massa p/p (óleo/tensoativo) e submetidas aos testes de estabilidade em períodos distintos. os resultados obtidos demonstraram nanoemulsões com diâmetro hidrodinâmico (dh) inferior a 100 nm e índice de polidispersão (pdi) com médias abaixo de 0,4 indicando sistemas com baixa polidispersividade. o potencial hidrogeniônico (ph) das nebbs mostrou características levemente ácidas a neutra, ou seja, com valores de ph compreendidos na faixa de 5,0 – 7,7. o potencial zeta ζ (pz) indicou a natureza da carga das gotículas predominantemente positiva. os resultados referentes ao ponto isoelétrico (pi) mostraram que em ph = 3,0 os valores dos potenciais ζ aproximavam para carga nula (0). os testes de estabilidade acelerada, centrifugação, ciclo de resfriamento e aquecimento, mostraram diferenças entre os grupos, houve influência da temperatura na distribuição do diâmetro hidrodinâmico. as imagens obtidas por microscopia eletrônica de transmissão (met) mostraram gotículas no formato esféricas e uma frequência de tamanho de 27 nm. a análise do potencial antioxidante demonstrou efeito maior para o óleo nanoestruturado. em conclusão, os resultados demonstraram que a composição e a proporção da fase dispersa foram decisivas para obtenção de uma nanoemulsão contendo óleo de babaçu macroscopicamente e nanoscopicamente estável. a avaliação do potencial antioxidante por espectroscopia de ressonância paramagnética eletrônica - epr indicou maior efeito para o óleo nanoestrurado em comparação ao óleo no estado livre ou bruto. uma vez que o óleo de babaçu é um produto consumido na alimentação, as nanoformulações produzidas podem ser promissoras para aplicação na indústria de alimentos antioxidantes.
Abstract: Currentlythe useof nanostructured systems, such as nanoemulsions have shown effectiveness for transportof lipophilic substances. it is known thatthe oil babassu(orbignya phaleratamartius) is referenced in the literature, due to the benefits and nutritional properties(source offatty acidsof theω-6 linoleicfamily andω-9 oleic,antioxidant potentialand others). However, the effects of these properties can be compromised due to it being consumed in their raw state. Thus, it is necessary to look for alternatives or mechanisms that enable increased functionality of these properties on the oral administration of this oil as a dietary supplement. thus, the present study aimed to develop and characterize nanoemulsions oil-based babassu evaluating its stability (macroscopic and nanoscopic) and its antioxidant potential. Vegetable oil from babassu (bbs) used in this study consists of a handmade product extracted from almonds contained within the fruit. it is coming from three different locations in the state of maranhão: caxias (cax), fortuna (for) and santa quiteria (sqt). The nanoemulsions babassu (nebbs) were produced from different mass ratios w / w (oil / surfactant) and subjected to stability tests at different times. the results showed nanoemulsions with hydrodynamic diameter (dh) of less than 100 nm and polydispersity index (pdi) with average below 0.4 indicating systems with low polydispersity. the hydrogenic potential (ph) of nebbs showed slightly acid to neutral, that is, at ph values comprised in the range from 5.0 to 7.7. The zeta potential ζ (pz) indicated the nature of the burden of predominantly positive droplets. The results of the isoelectric point (pi) showed that at ph = 3.0 the values of ζ potential approaching to zero load (0). Accelerated stability tests, centrifugation, cooling and heating cycle showed differences between groups no influence on the temperature distribution of the hydrodynamic diameter. The images obtained by transmission electron microscopy (tem) showed spherical droplets in shape and 27 nm in size frequency. The analysis demonstrated greater antioxidant potential effect on the nanostructured oil.in conclusion, the results showedthat the composition andthe proportion ofdispersed phasearedecisivefor obtaining a nanoemulsion containing oil and babassu nanoscopicamente macroscopically stable.The evaluation of theantioxidant potential by electron paramagnetic resonance spectroscopy-eprindicated a greater effect on the nanoestrurado oil compared to the free oil orraw. Once babassu oil is aproduct consumedin the diet,produced nanoformulations may be promising for application in the food industry antioxidants.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Biologia, Pós-graduação em Nanociência e Nanobiotecnologia, 2015.
Licença:: A concessão da licença desta coleção refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições:Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2015.09.D.19731
Appears in Collections:IB - Mestrado em Nanociência e Nanobiotecnologia

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/19731/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.