Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/19624
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_DaphenyDayLeandroFeitosa.pdf796,55 kBAdobe PDFView/Open
Title: Da tradição indianista a Quarup : uma análise da transfiguração do índio na formação da literatura brasileira
Authors: Feitosa, Dapheny Day Leandro
Orientador(es):: Pilati, Alexandre Simões
Assunto:: Panorama literário
Callado, Antonio, 1917-1997
Literatura brasileira - crítica, interpretação, etc
Indianismo
Issue Date: 29-Feb-2016
Citation: FEITOSA, Dapheny Day Leandro. Da tradição indianista a Quarup: uma análise da transfiguração do índio na formação da literatura brasileira. 2015. 108 f. Dissertação (Mestrado em Literatura)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Abstract: Neste trabalho buscamos retratar o panorama literário em que o índio é configurado como protagonista na literatura brasileira. Para isso, acreditamos ser necessário criar uma linha temporal que se inicia nos relatos dos cronistas e viajantes e se estende as produções literárias do período colonial. Como não poderia ser diferente observamos as aproximações e distanciamentos das produções literárias do período colonial com o indianismo do Romantismo do século XIX. Toda essa análise respalda-se na relação em como o fato histórico e fato estético sustentam a tese de que esses diferentes momentos articulam diferentes representações dos indígenas. Após esse resgate temporal da representação do índio nos voltamos para a obra de Antonio Callado, especificamente, Quarup (1967) nos propondo a analisar como essa obra se difere das anteriores que tratam da temática e indígena, através do projeto do escritor que tinha como intenção ser um instrumento de desalienação e de conscientização de seus leitores diante das injustiças do país.
Abstract: In this work we aimed to present the literary scene in which the indigenous people were the main characters in Brazilian literature. Thus, we traced a time line, beginning with the first documents from the travellers and chroniclers, up until the literary production of the colonial period. We observed the similarities and differences from the literary production of the colonial period and the Indianism presented in the 19th Century Romanticism. Our analysis, based on the relation between historical and aesthetical facts, supports the thesis that these different moments articulate different representations of indigenous people. After this analysis, we focused on the novel Quarup (1967), by Antonio Callado, trying to observe how this work differs from the previous ones that present the same theme, considering the author’s literary project of being an instrument to increase the reader’s awareness of the injustices of the country.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, Programa de Pós-Graduação em Literatura, 2015.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2015.12.D.19624
Appears in Collections:TEL - Mestrado em Literatura (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/19624/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.