Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/19150
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_MárcioFranciscodaSilva.pdf6,97 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAndrade, Joaquim Pinto de-
dc.contributor.authorSilva, Márcio Francisco da-
dc.date.accessioned2016-01-12T15:22:12Z-
dc.date.available2016-01-12T15:22:12Z-
dc.date.issued2016-01-12-
dc.date.submitted2015-03-31-
dc.identifier.citationSILVA, Márcio Francisco da. Modelo DSGE com fricção financeira: o caso de uma pequena economia aberta. 2015. 363 f., il. Tese (Doutorado em Economia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/19150-
dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Programa de Pós-Graduação, 2015.en
dc.description.abstractNeste trabalho foram analisadas duas extensões do modelo proposto por 𝐺𝑒𝑟𝑎𝑙𝑖 𝑒𝑡 𝑎𝑙𝑙 (2010). Na primeira versão são introduzidos um setor produtor de imóveis e uma modalidade de empréstimos às famílias impacientes com base no salário esperado. Estas mudanças têm como objetivo mimetizar duas características importantes da economia brasileira: a importância do setor de construção civil e do empréstimo consignado para o ciclo de negócios brasileiro. Na segunda versão do modelo foram incluidas as transações da economia doméstica com o exterior nos setores de bens (importando insumos e exportando bens finais) e financeiro (captação de poupança externa por meio dos bancos). Isto possibilita analisar a importância dos choques externos 𝑣𝑖𝑠-a-𝑣𝑖𝑠 os choques originados do setor financeiro para a economia brasileira.en
dc.language.isoPortuguêsen
dc.rightsAcesso Abertoen
dc.titleModelo DSGE com fricção financeira : o caso de uma pequena economia abertaen
dc.typeTeseen
dc.subject.keywordDynamic stochastic general equilibrium (DSGE)en
dc.subject.keywordModelos DSGEen
dc.subject.keywordEconomia abertaen
dc.subject.keywordCrise financeiraen
dc.rights.licenseA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.en
dc.identifier.doihttp://dx.doi.org/10.26512/2015.03.T.19150-
dc.description.abstract1This study analyzes two extensions of the model proposed by 𝐺𝑒𝑟𝑎𝑙𝑖 𝑒𝑡 𝑎𝑙 (2010). In the first one, a housing producing sector was introduced. In addition to that a different form of loans to impatient households is considered that is based on the expected wage of households. When the family takes new loans, her ability of borrowing depends on their expected wage. These changes are intended to mimic two important characteristics of the Brazilian economy: the role of housing sector in the business cycle and the supply of payroll loans. In the second extension of the model, the environment was changed to a small open economy where the transactions of goods (importing raw materials and exporting finished goods) and financial sector (foreign savings funding through banks) to the rest of the world is taken into account. This makes it possible to analyze the importance of external shocks 𝑣𝑖𝑠-𝑎-𝑣𝑖𝑠 the shocks arising from the financial sector to the Brazilian economy.-
Appears in Collections:ECO - Doutorado em Economia (Teses)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/19150/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.