Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/18466
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_AglaerAlvedaNobrega.pdf2,25 MBAdobe PDFView/Open
Title: Carga de doença associada à cardiomiopatia chagásica no Brasil
Authors: Nóbrega, Aglaêr Alves da
Orientador(es):: Araújo, Wildo Navegantes de
Assunto:: Chagas, Doença de
Coração - doenças
Issue Date: 20-Jul-2015
Citation: NÓBREGA, Aglaêr Alves da. Carga de doença associada à cardiomiopatia chagásica no Brasil. 2014. xvii, 122 f., il. Tese (Doutorado em Medicina Tropical)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Abstract: Introdução: A cardiomiopatia chagásica crônica (CCC) é a forma clínica mais frequente e importante da doença de Chagas (DC) devido ao seu impacto na morbimortalidade. Ocorre em 20% a 40% das pessoas infectadas por T. cruzi, porém não há registros de mensuração da carga da cardiomiopatia chagásica no Brasil. Objetivos: Mensurar a carga da cardiomiopatia chagásica no Brasil no período de 2000 a 2010 por meio da estimativa dos anos de vida ajustados por incapacidade (DALY) e caracterizar os padrões da mortalidade por doença de Chagas segundo causa específica, sexo, faixa etária e região do país. Métodos: Para responder aos objetivos, foram realizados três estudos: a) análise descritiva dos óbitos por DC, registrados no banco de dados do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM); b) revisão sistemática com busca em cinco bases eletrônicas de dados de artigos publicados entre 1980 e março de 2014. Foram extraídos dados sobre ano de estudo, objetivo da pesquisa, tipo de publicação, local, idade do grupo, critério de inclusão, tamanho da amostra, origem da população estudada e o valor da prevalência. A qualidade dos estudos foi avaliada por meio de um sistema de pontuação que adota a validade do método, a interpretação e aplicabilidade dos resultados como critérios e somam, no máximo, oito pontos; c) o DALY foi baseado na estrutura conceitual e metodológica da carga global de doença que utiliza um indicador composto por medidas de mortalidade (YLL) e incapacidade (YLD). Resultados: A descrição dos dados do SIM mostrou que 85,9% dos óbitos ocorreram devido ao comprometimento cardíaco, em indivíduos acima de 60 anos de idade, do sexo masculino. A taxa de mortalidade padronizada decresceu 32,4%, de 3,4% em 2000 para 2,3% em 2010. Os óbitos ocorridos devido ao comprometimento cardíaco decresceram em todas as regiões, exceto na região Norte que aumentou 1,6%. O Nordeste teve a menor e o Centro Oeste a maior redução. A busca realizada pela revisão sistemática encontrou 427 artigos e dezessete foram elegíveis para análise. Nenhum estudo referiu cálculo amostral e a proporção da CCC variou de 6% em São Paulo a 48,3% na Bahia, com mediana de 20%. A pontuação atribuída à análise da qualidade dos artigos variou de 1 a 4. Foi incorrido no Brasil um total de 7.402.559 DALY devido à cardiomiopatia chagásica, sendo 674.645 (9%) devido a YLL e 6.727.914 (91%) a YLD. Os indivíduos do sexo masculino apresentaram uma carga 44% maior na mortalidade em relação ao sexo feminino e as mulheres experimentaram uma carga de incapacidade 6% maior que os homens. Conclusão: Os resultados apontam para a necessidade de se investir na melhoria da qualidade de vida das pessoas portadoras da cardiomiopatia chagásica propiciando acesso ao diagnóstico oportuno e tratamento de suporte adequado, além de investir no desenvolvimento de drogas que impeçam ou retardem a evolução da doença. A realização de estudos de custo da CCC no Brasil poderá gerar mais evidência quanto à necessidade de suporte financeira público e privado para prevenção, diagnóstico e tratamento da doença.
Abstract: Introduction: Chronic Chagas cardiomyopathy (CCC) is the most frequent and important clinical form of Chagas disease because of its impact on morbidity and mortality. Occurs in 20% to 40% of people infected by T. cruzi but there are no records to measure the burden of Chagas cardiomyopathy in Brazil. Objectives: To measure the burden of Chagasic cardiomyopathy in Brazil in the period 2000-2010 by estimating the years of Disability-Adjusted Life Years (DALY) and to characterize the patterns of mortality from Chagas disease (CD) according to specific cause, sex, age and region the country. Methods: To meet the objectives, three studies were conducted: a) descriptive analysis of deaths from CD, registered in the database of the Mortality Information System (SIM); b) Systematic review with search in five electronic databases of articles published data between 1980 and March 2014. Data on years of study, research objective, publication type, location, age group, inclusion criteria, sample size were extracted, origin of the population studied and the value of prevalence. Study quality was assessed by scoring systems which adopted the validity of the method, the interpretation of the results and applicability criteria and add a maximum of eight points; c) the DALY was based on conceptual and methodological framework of the global burden of disease using a composite indicator for measures of mortality (YLL) and disability (YLD). Results: Analysis of the data from the SIM showed that 85.9% of deaths were due to cardiac involvement in patients older than 60 years old, male. The standardized mortality rate (100,000 inhabitants) decreased 32.4%, from 3.4% in 2000 to 2.3% in 2010. The number of deaths due to cardiac involvement decreased in all regions, except in the North region (+1.6%). The Northeast had the smallest (-8.5%) and the Central-West`s largest (-50%) decreased. The search performed by systematic review found 427 articles and seventeen were eligible for analysis. No studies reported sample size calculation and the prevalence of ICC ranged from 6% in São Paulo to 48.3% in Bahia, with a median of 20%. The score to the analysis of the quality of studies ranged from 1 to 4. It was incurred in Brazil a total of 7,402,559 DALYs due to Chagas' cardiomyopathy, and 674.645 (9%) due to YLL and 6,727,914 (91%) the YLD. The males had a 44% greater mortality burden in relation to women and women experienced a charge of 6% greater disability than men. Conclusion: The results point to the need to invest in improving the quality of life of people suffering from Chagas cardiomyopathy providing access to timely diagnosis and appropriate supportive treatment, in addition to investing in the development of drugs that prevent or delay disease progression. Realization of cost studies of CCC in Brazil could generate more evidence on the need for public and private financial support for prevention, diagnosis and treatment of disease.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Núcleo de Medicina Tropical, Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical, 2014.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FMD - Doutorado em Medicina Tropical (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/18466/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.