Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/18355
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_LucianadaSilvaSantos.pdf1,37 MBAdobe PDFView/Open
Title: Donas de casa, donas da própria vida? : problematizações acerca do trabalho (in)visível e da saúde mental de mulheres (des)valorizadas
Other Titles: Housewives, owners of their own lives? : problematizations about the work (in)visible and mental health of women (un)valued
Authors: Santos, Luciana da Silva
Orientador(es):: Diniz, Gláucia Ribeiro Starling
Assunto:: Donas de casa
Saúde mental
Trabalho doméstico
Issue Date: 15-Jun-2015
Citation: SANTOS, Luciana da Silva. Donas de casa, donas da própria vida?: problematizações acerca do trabalho (in)visível e da saúde mental de mulheres (des)valorizadas. 2014. xii, 128 f. Tese (Doutorado em Psicologia Clínica e Cultura)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Abstract: A experiência de mulheres donas de casa merece atenção. Cabe à psicologia buscar compreender as múltiplas implicações dessa experiência para a identidade e saúde mental delas, para a dinâmica conjugal, para a vida familiar e para a sociedade em geral. É preciso que nos discursos acadêmicos-feministas haja espaço para problematizar a respeito de dimensões da vida de mulheres que não romperam com o tradicional modelo doméstico de feminilidade. O presente trabalho, dividido em três artigos, busca: 1) Discutir a relação mulher, gênero e trabalho, contextualizando a invisibilidade das donas de casa, do espaço e afazeres domésticos, e implicações na saúde mental; 2) Apresentar pesquisa realizada com donas de casa para compreender o impacto de suas experiências no espaço doméstico em sua saúde mental, sob as perspectivas feministas, fenomenológicas e existenciais; e 3) Expor pesquisa realizada com homens e mulheres sobre a percepção que as pessoas possuem a respeito das donas de casa e de seu trabalho. Com a concretização dessa tese pretende-se provocar acadêmicos/as que estudam gênero e/ou saúde mental, assim como a sociedade, para que a domesticidade feminina possa ser problematizada, no intuito de dirimir a invisibilidade e a desvalorização das mulheres, principalmente das donas de casa.
Abstract: The experience of women homemakers deserve attention. It is up to the psychology seek to understand the many implications of this experience for their identity and mental health, marital dynamics, family life and society in general. It is necessary that the academic-feminist discourses can to answer about the dimensions of the lives of women who persist with the traditional model of domestic femininity. This work, divided into three articles, search: 1) Discuss the relationship women, gender and work, about the invisibility of housewives, space and housework, and implications for mental health; 2) Provide survey of housewives to understand the impact of their experiences in the domestic space in your mental health in feminist perspectives, phenomenological and existential; and 3) Expose interviews with men and women on the perception that people have about the housewives and their work. With the completion of this thesis is intended to provoke academic those who study gender and/or mental health as well as society, so that the female domesticity can be questioned, in order to address the invisibility and devaluation of women, especially the housewife.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Clínica, Programa de Pós-graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2014.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2014.12.T.18355
Appears in Collections:PCL - Doutorado em Psicologia Clínica e Cultura (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/18355/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.