Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/18320
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_CharleniInesScherer.pdf3,21 MBAdobe PDFView/Open
Title: O trabalho em saúde bucal na estratégia saúde da família : revisão da literatura e estudo qualitativo no Distrito Federal
Authors: Scherer, Charleni Inês
Orientador(es):: Scherer, Magda Duarte dos Anjos
Assunto:: Saúde pública
Odontologia
Atenção primária à saúde
Saúde da família
Saúde bucal
Issue Date: 2-Jun-2015
Citation: SCHERER, Charleni Inês. O trabalho em saúde bucal na estratégia saúde da família: revisão da literatura e estudo qualitativo no Distrito Federal. 2014. 95 f., il. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Abstract: Introdução: O Brasil Sorridente, maior programa público de saúde bucal do mundo, completa uma década em 2014, sugerindo que nesse espaço de tempo, alterações tenham sido provocadas no trabalho das equipes de saúde bucal na APS, de forma a cumprir com os objetivos de reorientação do modelo de atenção. Objetivo: Analisar o trabalho em saúde bucal na Estratégia Saúde da Família (ESF) à luz das políticas públicas nacionais; bem como, identificar as mudanças efetuadas no trabalho dos profissionais de saúde bucal na atenção primária à saúde no Brasil e analisar como a equipe de saúde bucal se integra à equipe de saúde da família. Método: Realizaram-se duas pesquisas, sendo a primeira, uma revisão de literatura sobre as principais mudanças referentes ao trabalho em saúde bucal na atenção primária à saúde, a partir do lançamento do Programa Brasil Sorridente. Pesquisaram-se os bancos de dados MEDLINE, Lilacs, EMBASE, SciELO, BVS e The Cochrane Library, no período de 2000 a 2013, guiadas por elementos analisadores das mudanças no trabalho. Na segunda investigação, foi realizado um estudo qualitativo que analisa o trabalho em saúde bucal na ESF no Distrito Federal. Os dados foram coletados por meio de observação, análise documental e entrevistas com 19 profissionais que atuavam na ESF no Distrito Federal. A coleta e análise baseou-se em categorias analíticas prévias construídas a partir das políticas públicas nacionais que orientam o trabalho em saúde bucal. Resultados: Na revisão de literatura foram selecionados e analisados 32 estudos, com predomínio de estudos qualitativos, da região nordeste, com trabalhadores, sobretudo o dentista, com foco na integralidade e qualificação da assistência. Os resultados mostram que no trabalho em saúde bucal na ESF predominam características do modelo biomédico hegemônico com ênfase nas ações curativas individuais que convivem com características do modelo preconizado pelas políticas com destaque para a integração dos profissionais da saúde bucal nas reuniões de equipe, nas visitas domiciliares, nas ações intersetoriais e de educação em saúde. No Distrito Federal, no trabalho em saúde bucal na ESF predominam características do modelo biomédico hegemônico com ênfase nas ações curativas individuais que convivem com características do modelo preconizado pelas políticas com destaque para a integração dos profissionais da saúde bucal nas reuniões de equipe, nas visitas domiciliares, nas ações intersetoriais e de educação em saúde. Conclusões: Evidenciam-se avanços incipientes nas ações educativas, acolhimento, vínculo e responsabilização. A ampliação do engajamento de gestores e profissionais na compreensão do trabalho e da formação para construir mudanças segundo as singularidades locais, é um caminho promissor. A integração da saúde bucal na equipe de saúde da família é incipiente e limitada por conflitos de normas: de um lado uma normativa que institui o campo comum de atribuições e de outro, a que institui duas equipes distintas.
Abstract: Introduction: The Brasil Sorridente (Smiling Brazil), the biggest public health program in the world, completes its first decade in 2014, suggesting that in this mean time, changes have been provoked in the work of the APS's oral health teams, in such way to comply with the reorientation objectives from the attention model. Objective: Analyze the oral health work done in the Family Health Strategy (FHS) under the scope of national public policies; as well as identify the changes that took place in the work of oral health professionals for the primary attention to health in Brazil and analyze how the oral health team integrates with the family health team. Method: Two researches took place, the first being a literary review of the main changes referring to the work done in oral health for the primary attention to health, starting with the release of the “Brasil Sorridente” program. The MEDLINE, Lilacs, EMBASE, SciELO, BVS and The Cochrane Library databases were researched, from the period of 2000 to 2013, such researches being guided by analyzing elements that could measure the changes that took place in these works. In the second investigation, a qualitative study was effected, analyzing the oral health work in Distrito Federal's FHS. The data was collected through observation, documental analysis and interviews with 19 professionals that acted in Distrito Federal's FHS. The collection and the analysis based themselves in previous analytical categorias, built from the national public policies that orient the work done in the oral health field. Results: In the literary review, 32 studies were selected and analyzed, with the predominance of qualitative studies, from the Northeast region, with workers, overall the dentist, focusing on the integrality and the qualification of their assistance. The results show that in the oral health work in FHS, characteristics of the hegemonic biomedic model predominate, with emphasis on the individual's healing actions that coexist with the characterists of the model recommended by the policies, highlighting the integration of oral health professionals in the team meetings, in home visits, in the intersectoral actions and of education in health. In Distrito Federal, in the oral health work done at FHS, characterists from the hegemonic biomedical model predominate, with emphasis on the individual healting actions that coexist with characterists of the model recommended by the policies, highlighting the integration of oral health professionals in the team meetings, in the home visits, in the intersectoral actions and in health education. Conclusion: Incipient advances are made evident in the educational initiatives; in the reception, bonding and accountability of it. The ampliation of the commitment of professionals and managers in the comprehension of the work being done and of the academic development needed to build changes according to local singularities, is a promissing path. The integration of oral health in the family health team is incipient and limites due to the conflict in general standards: in one side, the normative that institues the common ground of attributions and in the other, the normative that institutes two distinct teams.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, 2014.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2014.12.D.18320
Appears in Collections:DSC - Mestrado Acadêmico em Saúde Coletiva (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/18320/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.