Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/17513
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_MariannaQueirozBatista.pdf1,01 MBAdobe PDFView/Open
Title: Saúde mental em contextos indígenas no território brasileiro : análise da produção bibliográfica e reflexões epistemológicas
Authors: Batista, Marianna Queiróz
Orientador(es):: Loyola, Valeska Maria Zanello de
Assunto:: Índios - vida e costumes sociais
Índios da América do Sul - Brasil - vida e costumes sociais
Saúde mental - Brasil
Issue Date: 2-Feb-2015
Citation: BATISTA, Marianna Queiróz. Saúde mental em contextos indígenas no território brasileiro: análise da produção bibliográfica e reflexões epistemológicas. 2014. 90 f., il. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica e Cultura)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Abstract: A presente dissertação se propõe a discutir alguns temas que atravessam o campo da saúde mental em contextos indígenas no território brasileiro. Ela está constituída por dois artigos, os quais foram resultantes de duas etapas distintas da pesquisa. O primeiro teve como objetivo realizar um levantamento de artigos, dissertações e teses produzidas acerca do tema entre os anos de 1999 e 2012 nas principais plataformas científicas brasileiras (Scielo, BVS-PSI, Capes e BDTD). A partir do resultado do levantamento (14 artigos, 4 dissertações e 3 teses) e a análise minuciosa de cada um dos trabalhos foi possível observar que as pesquisas brasileiras relacionadas à saúde mental em contextos indígenas ainda são incipientes e necessitam de maior discussão epistemológica para fundamentar a complexidade do tema. O segundo artigo visou assim fomentar uma discussão teórica e epistemológica, problematizando alguns conceitos e referências utilizados de maneira acrítica em grande parte das publicações encontradas no artigo anterior. Conceitos como saúde, mental, índio e indígena, bem como referências e critérios do Manual Diagnóstico e Estatístico dos Transtornos Mentais (DSM) foram discutidos e repensados com o objetivo de evidenciar aspectos históricos e epistemológicos críticos. Nesse sentido, ressaltou-se a importância do diálogo com a Psiquiatria Transcultural, cujo foco está na interface da saúde mental e culturas não ocidentais, desconstruindo as referências biomédicas hegemônicas importadas pelo saber psiquiátrico.
Abstract: This work aims to discuss some topics which cross the field of mental health in indigenous contexts in Brazil. It is composed of two articles, which resulted from two different stages of the research. The first aimed to conduct a survey of articles, dissertations and theses produced about the subject between the years 1999 and 2012 in major Brazilian scientific platforms (SciELO, BVS-PSI, Capes and BDTD). From the results of the survey (14 articles, 4 dissertations and theses 3) and a detailed analysis of each work it was observed that the Brazilian research related to mental health in indigenous contexts are still incipient and require greater epistemological discussion to base the complexity of the subject. The second paper was thus fostering a theoretical and epistemological discussion, questioning some concepts and references used uncritically in most publications found in the previous article. Concepts like health, mental, indian and indigenous, as well as references and criteria of the Diagnostic and Statistical of Mental Disorders Manual (DSM) were discussed and rethought with the goal of evidencing critical historical and epistemological aspects. In this sense, it was emphasized the importance of dialogue with the Cross Cultural Psychiatry, whose focus is on mental health and non-Western cultures interface, deconstructing the hegemonic biomedical references imported by psychiatric knowledge.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2014.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2014.12.D.17513
Appears in Collections:PCL - Mestrado em Psicologia Clínica e Cultura (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/17513/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.