Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/17402
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_AndreaBorghetti.pdf3,95 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorTrajano Filho, Wilson-
dc.contributor.authorBorghetti, Andrea-
dc.date.accessioned2014-12-18T10:56:16Z-
dc.date.available2014-12-18T10:56:16Z-
dc.date.issued2014-12-18-
dc.date.submitted2014-06-11-
dc.identifier.citationBORGHETTI, Andrea. Tekó, Tekoá, Nhanderecó e Oguatá: territorialidade e deslocamento entre os Mbyá-Guarani. 2014. 143 f., il. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/17402-
dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, 2014.en
dc.description.abstractA partir da experiência como Antropóloga em projetos de consultoria junto aos Guarani do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná e em pesquisa de campo na Argentina e Paraguai, esta dissertação apresenta alguns casos de adaptação social e cosmológica frente às questões de territorialidade e deslocamentos impostas aos Guarani na atualidade. Com essa imposição, os Guarani vêm se adaptando às pressões territoriais, dinamizando sua concepção de mundo e das condições necessárias para a superação da condição humana que lhes é particular. Baseado em suas histórias, narrativas e na vasta bibliografia antropológica produzida sobre a territorialidade e mobilidade Guarani, este trabalho busca compreender como essa população entende seu território e o vivencia a partir de sua forma de entender o mundo (nhanderecó). _________________________________________________________________________________ ABSTRACTen
dc.description.abstractThrough the experience in work as anthropologist in anthropology consulting projects regarding Guarani from Rio Grande do Sul, Santa Catarina and Paraná, and field works in Argentina and Paraguay, this dissertation presents some cases of social and cosmological adaptation face to the issues of territoriality and displacement imposed to the Guarani in the present. From the imposition of those actions, the Guarani have been adapting themselves to territorial pressures, dynamizing their conception of the world and the necessary conditions to overcome their particular human condition. Based in their stories, narratives and extensive anthropological bibliography about Guarani territoriality andmobility, this work intends to understand how that population understand its territory and live it based on their understanding of the world (nhanderecó).en
dc.language.isoPortuguêsen
dc.rightsAcesso Abertoen
dc.titleTekó, Tekoá, Nhanderecó e Oguatá : territorialidade e deslocamento entre os Mbyá-Guaranien
dc.typeDissertaçãoen
dc.subject.keywordÍndios Guaranien
dc.subject.keywordÍndios - aspectos sociaisen
dc.subject.keywordÍndios - territorialidadeen
dc.rights.licenseA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.en
Appears in Collections:DAN - Mestrado em Antropologia (Dissertações)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/17402/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.