Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/17385
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011_MárcioDeFariasMagalhães.pdf1,02 MBAdobe PDFView/Open
Title: Pluralidade política e emancipação em Hannah Arendt
Authors: Magalhães, Márcio de Farias
Orientador(es):: Milovic, Miroslav
Assunto:: Política internacional
Bem-estar social
Fundamentalismo político
Arendt, Hannah, 1906-1975 - crítica e interpretação
Issue Date: 16-Dec-2014
Citation: MAGALHÃES, Márcio de Farias. Pluralidade política e emancipação em Hannah Arendt. 2011. vii, 90 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Abstract: O cenário político internacional apresenta uma série de elementos que mostram que há uma necessidade de repensá-lo. São eles: a perda do sentido da política, ligada à decadência da esfera pública como espaço da livre associação e de troca de idéias entre cidadãos; o abandono da busca de um estado de bem-estar social, que vem paulatinamente sendo substituído pelo viver bem dos detentores dos recursos econômicos e financeiros, ignorando a situação de uma imensa maioria da população mundial, que é totalmente excluída dos benefícios da modernidade e de condições de vida digna; o renascimento do fundamentalismo político, que reafirma sua presença nas sociedades, até mesmo nas ditas democráticas. Outros elementos são a persistência do totalitarismo ou de elementos totalitários nos regimes democráticos, a intervenção de uma nação sobre outra, o crescimento da violência no mundo contemporâneo entre outros. Mas a verdadeira política deveria ser sempre um instrumento de libertação e de emancipação, que permitisse aos indivíduos viver uma cidadania plena. ____________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The international political scene features a number of elements that show that there is a need to rethink it. They are: the loss of the sense of political, linked to the decline of the public sphere as free association and exchange of ideas between citizens space; the abandonment of the search for a state of social welfare, which is gradually being replaced by the live well of the holders of economic and financial resources, ignoring the situation of a vast majority of the world population, which is totally excluded from the benefits of modernity and decent living conditions; the revival of political fundamentalism, which reaffirms its presence in societies, even in so-called democratic. Other elements are the persistence of totalitarianism or totalitarian elements in democratic regimes, the intervention of one nation over another, the increase in violence in the contemporary world among others. But the real policy should always be an instrument of liberation and emancipation, which would allow individuals to live full citizenship.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação, 2011.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FIL - Mestrado em Filosofia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/17385/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.