Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/17236
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_MariaDeLourdesSoaresPereira.pdf1,34 MBAdobe PDFView/Open
Title: As contribuições da licenciatura em educação do campo na transformação das relações de gênero: um estudo de caso com as educandas do assentamento Virgilândia de Formosa/GO
Authors: Pereira, Maria de Lourdes Soares
Orientador(es):: Molina, Mônica Castagna
Assunto:: Educação do campo
Movimentos sociais
Política pública
Camponeses
Issue Date: 4-Dec-2014
Citation: PEREIRA, Maria de Lourdes Soares. As contribuições da licenciatura em educação do campo na transformação das relações de gênero: um estudo de caso com as educandas do assentamento Virgilândia de Formosa/GO. 2014. xii, 88 f., il. Dissertação (Mestrado em Educação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Abstract: A Educação do Campo, como projeto alternativo de sociedade coadunado aos Movimentos Sociais, tem se empenhado na luta e na conquista de políticas públicas para o campo. Nesse sentido, a Licenciatura em Educação do Campo, com sua proposta diferenciada e específica, é parte dessas políticas públicas que visa em conjunto com os (as) camponeses (as) construir um modelo de educação contra hegemônico voltado para o respeito e as especificidades dos povos do campo. Assim este trabalho busca compreender as contribuições da Licenciatura em Educação do Campo nas rupturas das relações de gênero com as mulheres egressas e estagiárias de diversas turmas, oriundas do Assentamento Virgilândia, Formosa- Goiás. Pretendemos identificar os protagonismos vivenciados por elas com visibilidade às áreas política, social, econômica, bem como a convivência delas em família e na comunidade, rompendo uma estrutura histórica de dominação e exclusão que durante séculos a elas foi imposta de uma cultura patriarcal hegemônica. O referido trabalho situa-se no campo da pesquisa qualitativa em educação caracterizada pela história de vida, onde utilizamos um roteiro de entrevista semiestruturada gravada. Num primeiro momento, a trajetória de vida dessas mulheres revela um cotidiano de exclusão e subordinação pela sua condição de mulher camponesa alijada dos seus direitos também pela falta de acesso à educação. Num segundo momento, em decorrência do acesso à LEdoC, percebe-se sinais de ruptura e emancipação dando novos sentidos e significados à vida dessas mulheres e construindo estratégias de resistência frente às posturas de discriminação. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The Rural Education as an alternative project of society allied to social movements has been engaged in the struggle and the promotion of public politics to the country. In this sense, the Teaching Qualification in Rural Education (LEdoC) with its distinctive and specific proposal is part of these public politics that, together with the peasants, aim build a model of counter-hegemonic education facing to the respect and the specificities of rural populations. Thus, this work aims to understand the contributions of the Teaching Qualification in Rural Education in the disruptions of gender relations with leaving and trainee women of various classes, arising from the rural settlement Vigilândia, Formosa, Goiás. We intend to identify the protagonisms experienced by them with visibility to the political, social, economic areas as well as living together in family and community, breaking a historic structure of domination and exclusion, and a hegemonic patriarchal culture that for centuries they have been forced to live. Such work is situated in the field of qualitative research in education characterized by life history, where we used a recorded semi-structured interview. At first, the history of life of these women reveals a daily life of exclusion and subordination by their condition of being peasant women jettisoned of their rights, also by the lack of access of education. Secondly, due to access the LEdoC, one sees signs of rupture and emancipation giving new meanings to the lives of these women and building strategies of resistance to the attitudes of discrimination.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2014.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FE - Mestrado em Educação (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/17236/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.