Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/1722
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_DanielleOliveiraValverde.pdf1,1 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorWeller, Wivian-
dc.contributor.authorValverde, Danielle Oliveira-
dc.date.accessioned2009-09-21T16:09:00Z-
dc.date.available2009-09-21T16:09:00Z-
dc.date.issued2008-
dc.date.submitted2008-
dc.identifier.citationVALVERDE, Danielle Oliveira. Para além do ensino médio: a política de cotas da Universidade de Brasília e o lugar do/a jovem negro/a na educação. 2008. 263 f. Dissertação (Mestrado em Educação)-Universidade de Brasília, Brasília, 2008.en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/1722-
dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2008.en
dc.description.abstractA dissertação que ora se apresenta se insere no campo dos estudos sobre juventude, raça, educação e políticas públicas. A partir da década de 1990 o Estado brasileiro entra na arena das discussões, há muito suscitadas pelos movimentos negros, sobre como romper com o ciclo de desigualdades étnico-raciais existentes no país. As ações afirmativas surgem como uma proposta para alterar essa realidade e a educação tem sido um dos campos mais profícuos à implementação desse tipo de políticas. A Universidade de Brasília (UnB) viveu a partir de l998, um processo que culminou com a aprovação, em 2003, do Plano de Metas para a integração social, étnico e racial da UnB que reserva de 20% das vagas, de cada curso, para candidatos/as negros/as. A partir desse contexto, buscou-se compreender a percepção de jovens estudantes do ensino médio sobre a política de cotas para negros/as implementada pela Universidade de Brasília. Procurou-se investigar, ainda, as orientações coletivas dos/as jovens no que diz respeito às expectativas em relação universidade, bem como suas elaborações sobre a relação com o seu meio social e com a escola. Realizaram-se oito grupos de discussão com jovens estudantes do 3º ano do ensino médio de duas escolas públicas e duas escolas particulares de Brasília e Ceilândia. Os resultados, aqui apresentados, se referem à análise em profundidade de dois grupos de discussão, de duas escolas públicas, a partir do método documentário de interpretação desenvolvido por Ralf Bohnsack, cujas bases teóricas encontram-se ancoradas na Sociologia do Conhecimento de Karl Mannheim, no Interacionismo Simbólico, na Fenomenologia Social e na Etnometodologia. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACTen
dc.description.abstractThis dissertation, presented herein, falls in the field of youth, race, education and public policy studies. Starting in the 90's, the Brazilian state entered in the arena of discussions, raised by black movements, since a long time ago, on how to break the cycle of ethnic-racial inequalities existing in the country. The affirmative actions arise as a proposal to change that reality, and the education has been one of the areas most benefic to implement such policies. The University of Brasilia (UnB), from l998, had a process that culminated in the adoption in 2003 of The Goals Plan, for the social, ethnic and racial integration of UNB, which reserves 20% of the vacancies, of each course, for black people candidates. From that context, the University of Brasilia tried to understand the perceptions of the young high school students on the policy of quotas for black people implemented by the University of Brasilia. The study seeks to investigate the collective guidelines of the young people, with regard their expectations for the university and its elaboration on the relationship with the social environment and with the school. In this research, eight groups of discussion were created, with young students of the third year of high school in two public schools and two private schools of Brasilia and Ceilandia. The results, presented herein, refer to the analysis in depth of two discussion groups, of two public schools, from the documentary method of interpretation developed by Ralf Bohnsack, whose theoretical bases are anchored in the Sociology of Knowledge of Karl Mannheim, in Symbolic Interactionism, in Social Phenomenology and the Ethnomethodology.en
dc.language.isoPortuguêsen
dc.rightsAcesso Abertoen
dc.titlePara além do ensino médio : a política de cotas da Universidade de Brasília e o lugar do/a jovem negro/a na educaçãoen
dc.typeDissertaçãoen
dc.subject.keywordNegros - educaçãoen
dc.subject.keywordEnsino superioren
dc.subject.keywordSistema de cotasen
dc.location.countryBRAen
Appears in Collections:FE - Mestrado em Educação (Dissertações)
UnB - Brasília 50 anos

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/1722/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.