Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/16719
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_FabianyCalixtodeSousa.pdf1,93 MBAdobe PDFView/Open
Title: Prática de atividade física em idosos : autoeficácia, benefícios e barreiras percebidas
Authors: Sousa, Fabiany Calixto de
Orientador(es):: Safons, Marisete Peralta
Assunto:: Exercícios físicos - aspectos da saúde
Idosos - comportamento
Exercícios físicos para idosos
Issue Date: 4-Nov-2014
Citation: SOUSA, Fabiany Calixto de. Prática de atividade física em idosos: autoeficácia, benefícios e barreiras percebidas. 2014. 113 f., il. Dissertação (Mestrado em Educação Física)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Abstract: A prática de atividade física é um comportamento determinante para as condições de saúde, funcionalidade e qualidade de vida do idoso. Objetivo: Investigar se os fatores autoeficácia (AE) percepção de benefícios (PBE), percepção de barreiras (PBA), e idade são preditores do comportamento fisicamente ativo de idosos atendidos no Programa de Atenção Integral à Saúde da Pessoa Idosa da Secretaria de Saúde na Regional de Sobradinho – DF. Métodos: O estudo foi de corte transversal e incluiu inicialmente 150 idosos (69,49±6,83 anos). O comportamento fisicamente ativo foi descrito através dos Estágios de Mudança de Comportamento (EMC), Nível geral de atividade física (NAF) e Nível de exercício, esporte e lazer (NEEL). Para mensurar tais variáveis foram utilizadas a Escala de Mudança de Comportamento para a prática regular de atividade física e o Questionário Internacional de atividade física adaptado para idosos. Para verificar PBE e PBA foi utilizada a Escala de Percepção de Benefícios e Barreiras para a Atividade Física e para a AE, a Escala de Autoeficácia para a prática regular de atividade física. Para a comparação de AE, PBE, PBA entre idosos em diferentes EMC foi utilizado o teste Kruskal-Wallis. Para verificar o poder preditivo da AE, PBA, PBE e idade no NAF (n= 120) e NEEL (n=71) foram construídos dois modelos de Regressão Múltipla Linear, adotando-se nível de significância de 5%. Resultados: PBA (H(4)=19,24; p=0,001) e a AE (H(4)=44,86; p<0,001) foram estatisticamente diferentes entre idosos em diferentes EMC. Essas diferenças ocorreram entre os estágios em que a característica de realizar e não realizar o exercício físico é marcante. O modelo investigado para o NAF prediz 12% da variância deste fenômeno na amostra, tendo AE (β=0,299; p<0,01) e Idade (β=-0,220; p<0,05) como preditores significativos, enquanto o modelo do NEEL prediz 23% da variabilidade do fenômeno na amostra, tendo apenas a AE (β =0,428; p<0,01) como preditor significativo. Conclusão: Este estudo confirma o papel de destaque da AE no comportamento fisicamente ativo de idosos. A PBA se diferenciou em idosos em diferentes EMC, contudo a sua relação com o NAF e NEEL precisa ser melhor investigada considerando barreiras específicas do público idoso. Relações diretas entre PBE e o NAF e NEEL não foram encontradas. ____________________________________________________________________________ ABSTRACT
Regular physical activity is a key to health, functionality and quality of life of elderly behavior. Objectives: To investigate whether the factors self-efficacy factors (AE) perceived benefits (PBE), perceived barriers (PBA), and age are predictors of physically active behavior in older adults enrolled in the Program for Integral Attention to the Elderly Health Department of Health in DF. Methods: The study was cross-sectional and included 150 elderly (69.49 ± 6.83 years). The physically active behavior has been described through the Stages of Behavior Change (SBC), General physical activity level (GPAL) and the Level of exercise, sport and leisure (LESL). The Scale Behavior Change for regular physical activity and International physical activity questionnaire adapted for seniors were used to measure these variables. To check PBE and PBA, the Scale of Perceived Benefits and Barriers for Physical Activity was used and to evaluate the SE, we used the Self-Efficacy Scale for regular physical activity. For comparison PBE, PBA and SE between groups in different SBC, the Kruskal-Wallis test was used. To verify the predictive power of the PBA, PBE, SE and age in GPAL (n=120) and LESL (n=71), two models of Multiple Linear Regression, adopting a significance level of 5% were built. Results: PBA (H(4)=19.24, p=0.001) and SE (H(4)= 44.86, p <0.001) were statistically different between the elderly in different SBC. These differences occurred between the stages in which the characteristic of performing and not performing the exercise is striking. The model investigated the GPAL explains 12% of the variance of this phenomenon in the sample, and SE (β = 0.299, p <0.01) and Age (β = -0.220, p <0.05) as significant predictors, while the model LESL explains 23% of the variability of the phenomenon in the sample, with only SE (β = 0.428, p <0.01) as a significant predictor. Conclusion: This study confirms the important role of SE in physically active elderly behavior. The PBA differed in the elderly in different SBC, however their relationship with GPAL and LESL needs to be investigated considering specific barriers of elderly public. Direct relations between PBE and the GPAL and LESL were not found.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação Física, Programa de Pós-Graduação Stricto-Sensu em Educação Física, 2014.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FEF - Mestrado em Educação Física (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/16719/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.