Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/16693
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_GuilhermeDantasNogueira.pdf1,15 MBAdobe PDFView/Open
Title: Comunidades de terreiro na Argentina : Um estudo sobre a relação do Estado com as religiões dos orixás
Authors: Nogueira, Guilherme Dantas
Orientador(es):: Tavolaro, Lilia Gonçalves Magalhães
Assunto:: Argentina
Religião
Orixás
Issue Date: 3-Nov-2014
Citation: NOGUEIRA, Guilherme Dantas. Comunidades de terreiro na Argentina: Um estudo sobre a relação do Estado com as religiões dos orixás. 2014. 129 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Abstract: Buscou-se nesse trabalho explorar as relações do Estado argentino com as Comunidades de Terreiro que se localizam naquele país. Isso, a partir da compreensão de que a Argentina é um país amplamente influenciado por uma auto imagem europeizada e concepções de mundo católicas. Sob o prisma da modernidade, no campo da sociologia da religião, o Estado é aqui compreendido como uma instituição que busca racionalizar-se e secularizar-se, distanciando-se, com isso, da influência da religião. Como metodologia para a realização do trabalho foi realizado um estudo aprofundado junto à comunidade do terreiro Ilé Nueva Conciéncia, que se localiza na cidade de Ramós Mejía, província de Buenos Aires. Além da pesquisa junto a essa comunidade, o tema foi explorado por meio de visita e entrevista a atores estatais que operam as relações com as Comunidades de Terreiro, bem como foram entrevistados outros diferentes religiosos argentinos, de outras Comunidades de Terreiro, igualmente interessados e envolvidos nessa mesma relação. Foi possível verificar ao longo da pesquisa que o traço mais característico da relação entre Estado e Comunidades de Terreiro na Argentina é a sua incipiência, também marcada pelo desinteresse de ambas as partes em se aproximar das outras. A livre prática religiosa é no presente permitida na Argentina e aquele é um Estado oficialmente laico, ainda que o país permaneça influenciado por uma visão de mundo católica e que essa religião seja sustentada como religião oficial do governo. Esforços são envidados no presente pelo Estado, no sentido da valorização da diversidade cultural existente na Argentina, o que é benéfico para as Comunidades de Terreiro. Todavia, tais esforços são ainda insuficientes para superar um passado marcado pela intolerância e perseguição à prática religiosa afro-brasileira por parte do Estado, assim como não superam a forte estigmatização enfrentada pelas comunidades em suas relações sociais. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
This work seeks to explore the relations of the Argentine State with the Afro-Brazilian Religions Communities that are located in that country. This, from the understanding that Argentina is a country largely influenced by a Europeanized self-image and Catholic conceptions of the world. Through the prism of modernity, in the field of Sociology of Religion, the State is here understood as an institution that seeks to rationalize and secularize itself, moving away from the influence of religion. As means to produce this work, a detailed field work was carried out with the community of the temple Ilé Nueva Conciéncia, which is located in the city of Ramós Mejía, in the province of Buenos Aires. Besides this community, the theme was explored through interviews and visits to state actors operating the relationship with the Afro-Brazilian Religions Communities, and other Afro-Brazilian religious from different communities were interviewed, for they are as well interested and involved in these relationships. It could be observed during the research that the most characteristic feature of the relationship between the State and the Afro-Brazilian Religions Communities in Argentina is its paucity, also marked by the disaffection of both parties to each other. The free practice of religion is at present permitted in Argentina, which is an officially secular State, even though the country remains influenced by a Catholic vision of the world and that this religion is sustained as the official religion of the government. Efforts are made by that State in the direction of the appreciation of the cultural diversity in Argentina, which is beneficial for the Afro-Brazilian Religions Communities. However, such efforts are still insufficient to overcome a past marked by intolerance and persecution of the Afro-Brazilian religious practice by the State and do not outweigh the strong stigmatization faced by communities in their social relations.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas, 2014.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:ELA - Mestrado Acadêmico em Estudos Comparados sobre as Américas (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/16693/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.