Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/16491
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_LuizadeCarvalho.pdf895,66 kBAdobe PDFView/Open
Title: O rio e a rua: os diálogos poéticos entre as obras "O Cão Sem Plumas", de João Cabral de Melo Neto, e "Rua do Mundo", de Eucanaã Ferraz
Authors: Carvalho, Luiza de
Orientador(es):: Pilati, Alexandre Simões
Assunto:: Poesia
Melo Neto, João Cabral de, 1920-1999
Ferraz, Eucanaã, 1961-
Issue Date: 15-Oct-2014
Citation: CARVALHO, Luiza de. O rio e a rua: os diálogos poéticos entre as obras "O Cão Sem Plumas", de João Cabral de Melo Neto, e "Rua do Mundo", de Eucanaã Ferraz. 2014. 107 f. Dissertação (Mestrado em Literatura Brasileira)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Abstract: Este trabalho procura analisar as relações entre a obra O Cão Sem Plumas, de João Cabral de Melo Neto, de 1950, e Rua do Mundo, de Eucanaã Ferraz, de 2004. Para melhor compreensão dos procedimentos poéticos que geram um movimento de aproximação e afastamento entre as duas obras, serão aprofundados os temas da integração do homem na paisagem e da musicalidade na poesia de Cabral e Ferraz. Por um lado, será observado na obra de Cabral o movimento de um eu-lírico regional que se mistura à paisagem de lama e à condição miserável do Recife dos anos 50, mas que tende a se universalizar. Por outro, na obra de Ferraz, assistiremos a um movimento oposto, de um eu-lírico sem fronteiras definidas e que luta para buscar suas características regionais. ____________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This paper analyzes the relationship built between O Cão Sem Plumas (1950), wrote by João Cabral de Melo Neto, and Rua do Mundo (2004), wrote by Eucananã Ferraz. For better understanding of poetic procedures that generates a movement toward and away between the two books, will be focused the issues of integration of man in the landscape and musicality in poetry of Cabral and Ferraz. On the one hand, will be seen in the work of Cabral the movement of a regional self-lyrical that mixes with mud landscape and the miserable condition of Recife '50s, but that tends to universalize. On the other, in the work of Ferraz, will be seen an opposite movement, of a self-lyrical without precise borders and fighting to get its regional characteristics.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, Programa de Pós-Graduação em Literatura Brasileira, 2014.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:TEL - Mestrado em Literatura (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/16491/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.