Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/15670
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_MariaBernadeteCarvalhoPiresdeSouza.pdf1,63 MBAdobe PDFView/Open
Title: A difusão científica em agências governamentais de fomento à pesquisa : contribuição para uma estratégia de gestão da difusão para o CNPq
Authors: Souza, Maria Bernadete Carvalho Pires de
Orientador(es):: Paula, Maria Carlota de Souza
Assunto:: Gestão do conhecimento
Comunicação científica
Divulgação científica
Issue Date: 23-May-2014
Citation: SOUZA, Maria Bernadete Carvalho Pires de. A difusão científica em agências governamentais de fomento à pesquisa: contribuição para uma estratégia de gestão da difusão para o CNPq. 2013. 161 f., il. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Sustentável)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Abstract: Este estudo, como parte da formação no mestrado profissional, teve como objetivo apresentar subsídios para uma estratégia da gestão da difusão científica para o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq. O referencial teórico foi balizado no campo da ciência da comunicação e informação, com foco na difusão científica, entendida a partir da concepção proposta por Albagli (1996) como todo processo de comunicação científica e tecnológica seja por meio da disseminação (voltado para especialistas), seja pela divulgação (voltada para o público leigo). Foi realizada uma pesquisa do tipo descritiva e exploratória, e foram considerados como objeto de estudo das estratégias e das práticas de difusão científica realizadas em agências governamentais de fomento à pesquisa. Para tanto, foram pesquisadas práticas de difusão realizadas por agências ou instituições governamentais de fomento à pesquisa tanto brasileiras, no âmbito federal (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, CNPq, e Ministério da Saúde) e estadual (Fundações ou instituições de amparo à pesquisa - FAP), quanto por agências internacionais em sete países (Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Austrália, Holanda, Coréia do Sul e Suécia). Na coleta de dados foram utilizados: pesquisa bibliográfica; análise documental; pesquisa em portais institucionais das agências de fomento; questionários online para as FAPs; e entrevistas semi-estruturadas com gestores estratégicos do CNPq. Os dados foram analisados qualitativamente, tomando como base as dimensões de análise (conceitual, gerencial, política, prática e propositiva). Como resultado das práticas de difusão científica desenvolvidas pelas agências brasileiras verificou-se a incidência de atividades de divulgação, pelos setores de comunicação social, e de disseminação no modelo tradicional, de apoio à produção de revistas científicas e à participação e organização de eventos científicos. Quanto às agências internacionais, as informações obtidas demonstraram que elas assumem o seu papel quanto à difusão científica, definidos em seus normativos institucionais, e apresentam programas, instrumentos, setores e publicações específicos relacionados à essa área, com ênfase nas políticas de acesso aberto e em ações de assessoria política junto ao governo e de intercâmbio com setores da sociedade. Com esses resultados foi possível concluir que: a promoção de uma inovação institucional na gestão da difusão científica está relacionada, prioritariamente, a decisões político-gerenciais de priorização institucional da difusão e ao papel do Estado; que as agências precisam uniformizar a terminologia no campo da comunicação científica e desenvolver políticas ou programas específicos; que a promoção e difusão de conteúdos em C,T&I requerem um processo interativo entre os sistemas de gestão da informação, do conhecimento e de comunicação e entre os atores envolvidos; a necessidade da valorização e aumento de práticas num modelo amplo e menos tradicional; e a importância do acompanhamento e avaliação dessas práticas. Espera-se que os subsídios para uma estratégia de gestão da difusão científica no CNPq, propostos neste estudo, contribuam não só para a melhoria do acesso e uso de conhecimentos científicos e tecnológicos, mas para o resgate e legitimação do papel do CNPq, enquanto instância política norteadora e mediadora de uma política de difusão científica, que venha fortalecer o processo de apropriação da ciência pela sociedade. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This study, as part of the professional training Master, aimed to present a strategy subsidies for the diffusion of scientific management for the National Council for Scientific and Technological Development - CNPq. The theoretical framework was marked in the field of communication and information science , with a focus on scientific diffusion, understood from the design proposed by Albagli (1996) as the whole process of scientific and technological communication is through the dissemination (facing specialists), either by divulgation closure (facing the lay public). A survey of descriptive and exploratory was performed, and were regarded as an object of study the strategies and the diffusion of scientific practices performed in government agencies for research funding. For this purpose, the diffusion practices carried out by government agencies or institutions that foster both Brazilian research at the federal level (Ministry of Science , Technology and Innovation , CNPq , and Ministry of Health) and state (Foundations or institutions to support research - FAP), as by international agencies in seven countries (United States, Canada, UK, Australia, Netherlands, South Korea and Sweden). In data collection were used: literature review, document analysis, research portals institutional development agencies; online questionnaires for FAPs, and semi - structured interviews with key managers from CNPq. Data were analyzed qualitatively, based on the dimensions of analysis (conceptual, managerial, political, practical and purposeful). As a result of scientific dissemination practices developed by Brazilian agencies verified the incidence of divulgation activities, the media sectors, and dissemination in the traditional model, to support the production of scientific journals and the participation and organization of scientific events. As international agencies, information obtained showed that they assume their role as the scientific diffusion, as defined in its institutional standards, and feature programs, instruments, sectors and specific publications related to this area, with emphasis on open access policies and actions of policy advice to the government and exchange with sectors of society. With these results we conclude that : the promotion of an institutional innovation in the management of science diffusion is related primarily to political and managerial decisions of institutional prioritization of diffusion and the role of government, agencies need to standardize the terminology in the field of scientific communication and develop specific policies or programs, the promotion and dissemination of content in ST&I require an interactive process between the management systems of information, knowledge and communication between the actors involved, the need for recovery and increase practices in a broad and less traditional model and the importance of monitoring and evaluation of such practices. It is expected that subsidies for a management strategy in scientific dissemination CNPq, proposed in this study not only contribute to the improvement of access to and use of scientific and technological knowledge, but to the rescue and legitimizing the role of the CNPq, while instance guiding policy and mediator of a policy of scientific diffusion, which will strengthen the process of appropriation of science by society.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2013.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:CDS - Mestrado Acadêmico em Desenvolvimento Sustentável (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/15670/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.