Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/14957
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_ClaudiadeOliveiraAlves.pdf908,5 kBAdobe PDFView/Open
Title: Psicologia e perspectiva feminista : produção de conhecimento, prática e programas de prevenção em saúde mental
Authors: Alves, Claudia de Oliveira
Orientador(es):: Diniz, Gláucia Ribeiro Starling
Assunto:: Psicologia clínica
Feminismo
Estudos de gênero
Issue Date: 10-Jan-2014
Citation: ALVES, Claudia de Oliveira. Psicologia e perspectiva feminista: produção de conhecimento, prática e programas de prevenção em saúde mental. 2013. xv, 114 f., il. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica e Cultura)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Abstract: Perspectivas feministas e os estudos de gênero adentraram a academia e provocaram revisões na forma de produção do conhecimento científico e de atuação prática em vários campos do saber. Um desses campos foi a psicologia. O objetivo geral dessa dissertação foi identificar e compreender a inserção da perspectiva feminista e dos estudos de gênero na área da psicologia clínica no Brasil. Os objetivos específicos foram: 1. Levantar na literatura brasileira qual o estado da arte da inserção dos feminismos e dos estudos de gênero na psicologia clínica; 2. Analisar se/como os programas de prevenção em saúde mental identificados na literatura brasileira incluem problematizações feministas e de gênero; 3. Investigar como psicólogos/as que afirmam utilizar a perspectiva feminista na psicologia clínica desenvolvem sua prática. Foram desenvolvidos quatro estudos. O primeiro estudo visou apresentar breve história da psicologia e da psicologia clínica, e discutir como a perspectiva feminista e os estudos de gênero se inseriram no campo da psicologia clinica, em especial na psicoterapia. O segundo estudo investigou a inserção dos feminismos e dos estudos de gênero nas produções acadêmicas em psicologia no Brasil. Foi realizada uma revisão sistemática de literatura. Os dados apontam que ainda são muito poucos os estudos em psicologia que levam em consideração a perspectiva feminista ou incluem uma análise de gênero. O terceiro estudo consistiu na investigação de como psicólogas feministas brasileiras percebem sua formação e desenvolvem sua prática profissional. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com quatro psicólogas que se identificam como feministas. As falas revelaram que a inserção das questões de gênero e feministas na formação em psicologia, e no campo da psicologia clínica é incipiente. Características e desafios de uma prática feminista foram identificadas. O quarto estudo buscou investigar se programas de prevenção em saúde mental no Brasil identificados através de revisão sistemática da literatura da área incluem problematizações feministas e de gênero. Os resultados mostraram que os programas de prevenção em saúde mental no Brasil não levam em consideração as problematizações feministas e de gênero. Os resultados dessa dissertação indicam que a perspectiva feminista e os estudos de gênero estão inseridos de forma muito incipiente na psicologia clínica brasileira. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Feminist perspectives and gender studies entered academia and provoked revisions in knowledge production and professional practice in various fields. Psychology was one of them. The general objective of this master thesis was to identify and to understand the insertion of feminist perspectives and gender studies in the area of Clinical Psychology in Brazil. The specific objectives were: 1. To identify the level of insertion of gender studies and feminist perspectives in the psychological literature in Brazil; 2. To analyze if and how Mental Health Prevention Programs identified in the literature include gender and feminist analyses; 3. To investigate how psychologists who identify themselves as feminists conduct their practice. Four studies were developed. The first study presents a brief history of the field of psychology and clinical psychology and discusses how feminist perspectives and gender studies entered the clinical area, especially psychotherapy. The second study investigated the insertion of feminist perspectives and gender studies in academic productions in the area of psychology in Brazil through a systematic literature review. Data revealed that very few studies take into consideration feminist perspectives or include a gender analysis. The third study investigated how Brazilian feminist psychologists perceive their academic background and develop their professional practice. Four psychologists who identify themselves as feminists were interviewed. Semistructured interviews were used. Their report revealed that the presence of feminist perspectives and gender studies in academia is still incipient. Characteristics and challenges of a feminist practice were identified. The fourth study investigated if Mental Health Prevention Programs identified through a systematic literature review include a gender and/or feminist perspective. The results showed that the Mental Health Prevention Programs identified do not take into consideration these approaches. The overall results of this master thesis indicate that the insertion of feminist perspectives and gender studies in the area of Clinical Psychology in Brazil is still incipient.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Clínica, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2013.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:PCL - Mestrado em Psicologia Clínica e Cultura (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/14957/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.