Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/14758
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_MarcelaBatistaPereiraCarvalho.pdf18,97 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorGarcia, Fernanda Cristina Pimentel-
dc.contributor.authorCarvalho, Marcela Batista Pereira de-
dc.date.accessioned2013-12-04T10:33:26Z-
dc.date.available2013-12-04T10:33:26Z-
dc.date.issued2013-12-04-
dc.date.submitted2013-08-28-
dc.identifier.citationCARVALHO, Marcela Batista Pereira de. Efeito do tempo de fotoativação na resistência de união ao cisalhamento de bráquetes metálicos e cerâmicos à superfície cerâmica. 2013. 71 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/14758-
dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade em Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2013.en
dc.description.abstractO objetivo do presente estudo foi avaliar a resistência de união de bráquetes metálicos e cerâmicos à superfície cerâmica, analisando dois tempos de fotoativação com aparelho LED (light emitting diode). O ensaio de resistência de união foi realizado em bráquetes de aço inoxidável (Morelli), cerâmicos monocristalinos (Inspire ICE) e cerâmicos policristalinos (InVu). Os discos cerâmicos (IPS Empress Esthetic) incluídos em cilindros de resina acrílica foram condicionados com ácido fluorídrico gel a 10% por 60 segundos. Após a aplicação de silano, por 30 segundos, os bráquetes foram colados seguindo o protocolo recomendado para o compósito Transbond XT. Os corpos-de-prova, para cada tipo de bráquete, foram distribuídos aleatoriamente em 2 grupos (n=15) conforme o tempo de fotoativação, de 20 e 10 segundos, usando o aparelho LED Bluephase. Todos os corpos-de-prova foram armazenados a 37°C e 100% de umidade por 24 horas, posteriormente, termociclados (1000 ciclos, de 5°C à 55°C) e retornaram ao ambiente úmido de armazenamento. O teste de cisalhamento foi realizado após 24 horas na máquina universal de ensaio a uma velocidade de 1 mm/min. Em seguida, o Índice Remanescente de Adesivo (IRA) foi avaliado. Os dados foram submetidos à Análise de Variância e ao teste de Tukey (5%). Todos os bráquetes fotoativados por 20 segundos apresentaram valores de resistência de união significativamente (p<0,05) superiores aos bráquetes fotoativados por 10 segundos. Os bráquetes cerâmicos monocristalinos apresentaram valores de resistência de união significativamente (p<0,05) superiores aos bráquetes cerâmicos policristalinos e de aço inoxidável, sendo estes, estatisticamente semelhantes (p>0,05) quando fotoativados por 20 segundos. Para o tempo de fotoativação de 10 segundos, os bráquetes cerâmicos policristalinos apresentaram valores superiores (p<0,05) aos de aço inoxidável. Enquanto nos grupos de 20 segundos de tempo de fotoativação, o escore 1 (IRA) foi observado com predominância para os bráquetes de aço inoxidável e cerâmicos monocristalinos, e o escore 3 para o bráquete cerâmico policristalino, nos grupos de 10 segundos, o bráquete cerâmico monocristalino apresentou predominância do escore 1, e escore 3 para os bráquetes de aço inoxidável e cerâmicos policristalinos. Pôde-se concluir que o tempo de fotoativação teve influência significativa na resistência de união de bráquetes metálicos e cerâmicos à superfície cerâmica e que os bráquetes cerâmicos monocristalinos apresentaram os maiores valores de resistência de união. ______________________________________________________________________________ ABSTRACTen
dc.description.abstractThe aim of this study was to evaluate the bond strength of metallic and ceramic brackets bonded to ceramic, by testing two photoactivation times using a LED (light emitting diode) curing unit. Bond strength testing was performed on stainless steel brackets (Morelli), monocrystalline ceramic brackets (Inspire ICE), and polycrystalline ceramic brackets (InVu). Disc-shaped-ceramic specimens (IPS Empress Esthetic) embedded in acrylic resin blocks were etched with 10% hydrofluoric acid gel for 60 seconds. After application of silane for 30 seconds, brackets were bonded following the protocol recommended for Transbond XT. Specimens for each bracket type were assigned to two groups (n=15), according to the photoactivation times: 20 seconds or 10 seconds, using a Bluephase LED unit. All specimens were stored at 37°C and 100% relative humidity for 24 hours, then thermocycled (1,000 cycles, 5°C to 55°C), and they returned to the humid storage conditions. Shear bond testing was carried out after 24 hours with a universal testing machine at a crosshead speed of 1-mm/min. Adhesive Remnant Index (ARI) scores were evaluated. Data were subjected to two-way ANOVA and Tukey's test. All bracket types photoactivated for 20 seconds showed significantly (p<0.05) higher bond strength compared to specimens photoactivated for 10 seconds. Monocrystalline brackets showed significantly (p<0.05) higher bond strength compared to polycrystalline and stainless steel brackets, which are statistically similar (p>0,05) when photoactivated for 20 seconds. For 10 seconds photoactivation time, the polycrystalline ceramic brackets showed higher values (p<0.05) than stainless steel brackets. For the 20 second photoactivation time group, an ARI score 1 was observed with predominance for SS and monocrystalline brackets, and score 3 for polycrystalline brackets; for the 10 second photoactivation time group, an ARI score 1 was observed with predominance for the monocrystalline brackets, and score 3 for stainless steel and polycrystalline brackets. In conclusion, photoactivation time had significant influence on the bond strength of metallic and ceramic brackets bonded to a ceramic surface, and monocrystalline brackets showed the highest bond strength values.en
dc.language.isoPortuguêsen
dc.rightsAcesso Abertoen
dc.titleEfeito do tempo de fotoativação na resistência de união ao cisalhamento de bráquetes metálicos e cerâmicos à superfície cerâmicaen
dc.typeDissertaçãoen
dc.subject.keywordBraquetes ortodônticosen
dc.subject.keywordAparelhos ortodônticosen
dc.subject.keywordCisalhamentoen
dc.subject.keywordInstrumentos e aparelhos odontológicosen
dc.subject.keywordInstrumentos e aparelhos odontológicos - indústriaen
dc.rights.licenseA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.en
Appears in Collections:PPGCS - Mestrado em Ciências da Saúde (Dissertações)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/14758/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.