Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/14721
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_HenriqueValadãodeOliveira.pdf3,61 MBAdobe PDFView/Open
Title: Associação entre drosofilídeos (Insecta: Diptera) e frutos como sítios de criação larval
Authors: Oliveira, Henrique Valadão de
Orientador(es):: Tidon, Rosana
Assunto:: Drosófila
Frutas - Cerrados
Habitat (Ecologia)
Issue Date: 26-Nov-2013
Citation: OLIVEIRA, Henrique Valadão de. Associação entre drosofilídeos (Insecta: Diptera) e frutos como sítios de criação larval. 2013. 162 f. Tese (Doutorado em Ecologia)–Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Abstract: O estudo dos organismos e dos recursos por eles utilizados é essencial para o entendimento das dinâmicas populacionais no espaço e no tempo, assim como sua relação com outros organismos que utilizam os mesmos recursos. Drosofilídeos têm sido amplamente utilizados como modelos em pesquisas em genética, evolução, ecologia, dentre outros, mas sua relação com recursos de oviposição, criação e alimentação larval recebeu pouca atenção. Dessa forma, a investigação de frutos com um dos principais recursos para a criação de estágios imaturos é de suma importância para um melhor entendimento deste organismo como modelo biológico. Nesse contexto, esta tese visa ampliar o conhecimento da relação drosofilídeos- recursos. No primeiro capítulo, foram levantados e catalogados os registros de uso de frutos como sítio de criação por drosofilídeos na região Neotropical. Foram encontradas 100 espécies de drosofilídeos, além de outros 15 táxons, utilizando frutos de 178 táxons vegetais. Estas espécies de moscas corresponderam à aproximadamente 11% de todas as espécies já registradas na região Neotropical. Todas as espécies que puderam ser classificadas com relação à amplitude no uso de recursos foram classificadas como generalistas e possíveis hipóteses foram levantadas para explicar a falta de espécies especialistas. No segundo capítulo, foram investigados os drosofilídeos que se criam em frutos no Cerrado do Distrito Federal, Brasil, em diferentes hábitats e estações climáticas. A comunidade variou amplamente no espaço e no tempo, sendo que matas de galeria apresentaram uma maior riqueza e menor abundância de indivíduos que o cerrado sensu stricto. Entretanto, a maior variação encontrada foi na dimensão temporal, com um forte afunilamento populacional durante a estação seca, com apenas 0,5% da abundância encontrada na estação chuvosa. Nossos dados apontam que o principal mecanismo responsável por essa redução populacional foi a disponibilidade de recursos, tanto em termos de números de frutos disponíveis quanto de biomassa, representada pelo peso dos frutos. No terceiro capítulo, essa mesma comunidade foi estudada com o intuito de testar se o modelo de coexistência por agregação explica a coexistência das diversas espécies encontradas. Todas as espécies de drosofilídeos se distribuíram de forma agregada em todos os frutos, independente do hábitat e quase todas atingiram o critério de coexistência estável. Novamente, a disponibilidade do recurso parece ser bastante importante, sendo que os maiores níveis de agregação foram encontrados em plantas com mais frutos e fruto de maior peso médio. A coexistência foi mais estável em matas de galeria, possivelmente devido ao menor encontro interespecífico nesse hábitat, uma vez que a agregação não variou entre as fitofisionomias. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
The study of organisms and the resources used by them is critical to understanding population dynamics in space and time, as well as its relationship with other organisms using the same resources. Drosophilids have been widely used as biological models in genetics, evolution and ecology, among others, but its relationship with the oviposition, breeding and larval feeding resource received little attention. Thus, the investigation of fruits, one of the main breeding resources for the immature stages, is of crucial importance for a better understanding of this organism as a biological model. In this context, this thesis aims to expand the knowledge of the drosophilid-resource relationship. In the first chapter, were collected and cataloged the records of fruits used as breeding sites by drosophilids in the Neotropics. We found 100 species of Drosophilidae, and another 15 taxa, using fruits of 178 plant taxa. These fly species corresponded to approximately 11% of all species recorded in the Neotropics. All species were classified regarding the resource usage breadth and all were classified as generalists. Possible hypotheses were raised to explain the lack of specialist species. In the second chapter, we investigated drosophilids that breeds in fruits in the Cerrado of the Distrito Federal, Brazil, in different habitats and climatic seasons. The community varied widely in space and time, with gallery forests having a higher richness and a lower individual abundance than cerrado sensu stricto. However, the greatest variation was found in the temporal dimension, with a strong population bottleneck during the dry season, with only 0.5% of the abundance found in the rainy season. Our data indicate that the main mechanism responsible for this reduction in population was the availability of resources, both in terms of the number of fruits and biomass, represented by the weight of the fruit. In the third chapter, this same community was studied in order to test whether the aggregation model of coexistence explains the stable coexistence of the species found. All Drosophilidae species showed an aggregated distribution in all fruit species, regardless of the habitat, and almost all reached the stable coexistence criterion. Once more, resource availability seems to be quite important, whereas the highest levels of aggregation were found in plants with more fruit available and with higher average weight. The stability of the coexistence was stronger in gallery forests, possibly due to lower interspecific encounter found in this habitat, since the aggregation did not differ among the habitats.
Description: Tese (doutorado)–Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Ecologia, Programa de Pós-graduação em Ecologia, 2013.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:ECL - Doutorado em Ecologia (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/14721/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.