Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/14409
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_HelenaLaraLemos.pdf1,92 MBAdobe PDFView/Open
Title: Vegetação arbustivo-árborea em áreas de cerrado típico e cerrado rupestre no estado de Tocantins
Other Titles: The tree-shrub vegetation in areas “cerrado típico” and “cerrado rupestre” in Tocantins state
Authors: Lemos, Helena Lara
Orientador(es):: Pinto, José Roberto Rodrigues
Assunto:: Cerrados
Diversidade biológica
Issue Date: 23-Oct-2013
Citation: LEMOS, Helena Lara. Vegetação arbustivo-árborea em áreas de cerrado típico e cerrado rupestre no estado de Tocantins. 2013. xiii, 82 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Abstract: A heterogeneidade da vegetação do Cerrado é apontada como resultado das mudanças ambientais e espaciais. Nesse sentido nosso objetivo foi descrever e comparar a composição florístico-estrutural, riqueza e diversidade da vegetação arbustivo-arbórea avaliando o efeito do espaço e do ambiente na similaridade de pares adjacentes de Cerrado Típico e Cerrado Rupestre no Estado de Tocantins. Para amostragem da vegetação alocamos dez parcelas de 20 x 50 m e inventariamos os indivíduos arbustivo-arbóreos vivos com diâmetro a 30 cm do solo ≥ 5 cm. As variáveis ambientais foram: altitude, rochosidade, precipitação média anual e propriedades edáficas (teores de areia, pH, soma de bases, capacidade de troca catiônica e matéria orgânica). Analisamos a vegetação através de curvas de rarefação, perfil de diversidade, parâmetros fitossociológicos, distribuição dos indivíduos em classes de diâmetro e altura, TWINSPAN, NMDS e sua relação com o ambiente pela CCA, incluindo filtros espaciais (MEMs) para controlar possível efeito da estrutura espacial dos dados. Realizamos a partição da variância para quantificar quanto o espaço e o ambiente explicam a variação vegetacional. Das 144 espécies inventariadas 19 foram comuns aos quatro sítios e 71 ocorreram em apenas um. Fabaceae foi a família mais representativa seguida por Vochysiaceae e Myrtaceae. Os sítios rupestres apresentaram menores densidades que os típicos, tendência não evidenciada para a área basal. Os quatro sítios tiveram forte separação devido às condições ambientais (altitude e rochosidade) e recursos ambientais (fertilidade do solo), de modo que, tanto áreas adjacentes de diferentes fitofisionomias e áreas de mesma fitofisionomia distantes entre si são menos similares que as áreas sob mesma condição ambiental. As condições e recursos ambientais aliados ao espaço, em escala local, exerceram forte influência sobre a vegetação e explicaram mais de 50% da variação da vegetação. Assim, a heterogeneidade da vegetação nos sítios de Cerrado Rupestre e Cerrado Típico no Estado do Tocantins parece estar relacionada com a heterogeneidade ambiental local, em ação conjunta com a espacial. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The vegetation heterogeneity the Cerrado it is indicating to what result of the environment and spatial heterogeneity. Therefore, we purpose describe and compare the floristic-structural composition, richness and diversity of the tree-shrub vegetation to evaluate the effect of space and environment in the similarity of the adjacent pair of “Cerrado Típico” and “Cerrado Rupestre” in Tocantins State. For vegetation sampling, we established ten plots 20 x 50m and inventoried all of the tree-shrub individuals with diameters at 30 cm above soil > 5cm. The environmental variables were: altitude, rocky, annual mean precipitation and soil properties (sand content, pH, sum of bases, cation exchange capacity and organic matter). We analyze the vegetation through of the rarefaction curve, diversity profile, phytosociological standard, distribution of the individual in a class of the diameter and height, TWINSPAN, NMDS and your relation with the environment by CCA including spatial filters (MEMs) to controlled one potential spatial effect. We carry a variation partitioning to amount how much the space and environment to explain of vegetacional variation. From the 144 species was found 19 were common at the sites four and 71 place in only one. Fabaceae was a family more representative followed from Vochysiaceae and Myrtaceae. The outcrops sites presented densities minors than typical, trend don’t evidence for the basal area. The sites four was separated strong due to the environmental conditions (altitude and rocky) and resource (fertile), in order that, as much near distinct phytophysionomy areas and the same distant phytophysionomie areas being similarity minor than the environmental condition under areas. The environmental conditions and resources to join to the space, in fine scale, to carry influence strong upon vegetation, explanation more the 50% of vegetation variation. The vegetation heterogeneity in sites of the “Cerrado Rupestre” and “Cerrado Típico” in Tocantins State appearance being related with the environmental heterogeneity local in action joined with spatial heterogeneity.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Florestal, Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais, 2013.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:EFL - Mestrado em Ciências Florestais (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/14409/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.