Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/14382
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_ManoelBomfimPereira.pdf1,14 MBAdobe PDFView/Open
Title: A sintaxe do dativo em estruturas com verbos causativos no português brasileiro
Authors: Pereira, Manoel Bomfim
Orientador(es):: Salles, Heloísa Maria Moreira Lima de Almeida
Assunto:: Língua portuguesa - gramática comparada e geral - verbo
Gramática comparada e geral - sintaxe
Issue Date: 21-Oct-2013
Citation: PEREIRA, Manoel Bomfim. A sintaxe do dativo em estruturas com verbos causativos no português brasileiro. 2013. 84 f., il. Dissertação (Mestrado em Linguística)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Abstract: Esta dissertação se propõe investigar estruturas com verbos causativos e a sintaxe inovadora do objeto indireto no Português Brasileiro (PB), tomando como referência o quadro teórico gerativista. O estudo se pauta na análise das propriedades sintáticas e semânticas das construções causativas no PB, incluindo-se propriedades contrastivas dos diferentes verbos causativos. Em particular, buscamos demonstrar que as propriedades inovadoras do OD e OI dativo no PB têm implicações para a realização da construção causativa nessa língua, restringindo sua manifestação, na comparação com o português europeu, e com fases diacrônicas anteriores. Em línguas com a subida do clítico, o causee é realizado (obrigatoriamente) no domínio (funcional) do causativo, o que pressupõe reestruturação dos predicados (causativa FI: João [v me/lhe [mandou...[v [ver o quadro]]; causativa ECM: João [v me/o [mandou...[v [ver o quadro]]); na ausência desse movimento, o causee é realizado (obrigatoriamente) na posição de sujeito do predicado encaixado, sendo licenciado de duas maneiras: (i) pelo ‘v’ do predicado mais alto, mediante reestruturação; (ii) pelo IP do predicado encaixado, o qual licencia o caso nominativo na presença do infinitivo flexionado (João [mandou ...[IP os meninos/ eles verem o quadro]]), ocorrendo o chamado controle reverso (backward control), entre o argumento na posição de sujeito encaixado e o argumento interno (implícito) do verbo causativo (causativa Inf-Flex). Seguindo estudos prévios, assumimos a cisão do sistema pronominal no PB vernacular, em que os clíticos pronominais o(s)/a(s) e lhe(s) não estão disponíveis, sendo a função de objeto direto realizada pelo pronome forte ele(s)/ela(s), e a função de objeto indireto pelo sintagma preposicional (para/a ele(s)/ela(s)), embora mantenham-se os clíticos de 1a e 2a pessoa (me/ te), e ainda lhe de 2a pessoa, sincreticamente na função de OD e OI. Diante disso, nossa hipótese é a de que, na 3a pessoa, o causee é licenciado obrigatoriamente na posição de sujeito do predicado subordinado, na configuração ECM ou Inf-Flex - dependendo da presença ou não da flexão do infinitivo. Na P e 2a pessoas, tem-se obrigatoriamente a subida do clítico, o qual é licenciado na configuração ECM, já que configuração FI é descartada, pela ausência da categoria dativo do sistema pronominal do PB. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This dissertation investigates the relation between causative constructions and the innovative syntax of indirect objects in Brazilian Portuguese (BP), under the theoretical approach of generative grammar. The study investigates the syntactic and semantic properties of causative constructions in this language, further considering contrastive properties of the different causative verbs. In particular, we aim at showing that the innovative properties of direct and indirect objects in BP has implications for the realization of the causative construction in this language, restricting its manifestation, as compared to European Portuguese and to precious diachronic periods. Under clitic climbing, the causee is obligatorily realized in the functional domain of the causative, implying predicate restructuring (FI causative: João [v me/lhe [mandou...[v [ver o quadro]]; ECM causativa: João [v me/o [mandou...[v [ver o quadro]]); in the absence of clitic climbing, the causee is realized in the subject position of the embedded predicate, being licensed by either: (i) the ‘v’ head of the embedded predicate, under restructuring; or (ii) the embedded IP, which licenses the nominative case under the presence of the inflected infinitive (João [mandou ...[IP os meninos/ eles verem o quadro]]), implying the so-called backward control, between the argument in the subject position and the internal argument of the causative predicate (Inf-Flex causative). Following previous studies, we assume the pronominal split in vernacular BP, as 3rd person clitic pronouns o(s)/a(s) e lhe(s) are not available, the direct object being realized by the strong pronouns ele(s)/ela(s), while the indirect object by the PP (para/a ele(s)/ela(s)), although 1st and 2nd person pronouns remain (me/ te), as well as lhe as a 2nd person pronoun, syncretically realizing the OD and IO rd function. Our hypothesis is that in the 3 person, the causee is licensed in the subject position of the embedded predicate, in the ECM and Inf-Flex configurations - depending on the presence of the inflected infinitive. In the 1st and 2nd person, clitic climbing occurs, which is licensed in the ECM configuration, the FI configuration being descarded, as the dative category is absent in the pronominal system of BP.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2013.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:LIP - Mestrado em Linguística (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/14382/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.