Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/13610
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_RafaelRibeiroAraújo.pdf4,78 MBAdobe PDFView/Open
Title: O Sul como norte : a inflexão da política externa brasileira no início do século XXI
Authors: Araújo, Rafael Ribeiro
Orientador(es):: Manzur, Tânia Maria Pechir Gomes
Assunto:: Comércio internacional
Relações internacionais - Brasil
Cooperação internacional
Issue Date: 18-Jul-2013
Citation: ARAÚJO, Rafael Ribeiro. O Sul como norte: a inflexão da política externa brasileira no início do século XXI. 2013. 181 f. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Abstract: A política externa brasileira do começo deste século é caracterizada pela aproximação realizada junto aos países do Sul global, que resultou, sobretudo, na formação de novas coalizões e agrupamentos entre os países em desenvolvimento. Ao assumirem o Sul como norte, ou seja, como eixo preferencial de atuação no século XXI, os atores diplomáticos brasileiros encontraram um espaço para ampliar o comércio, buscar acordos sobre cooperação técnica e, sobretudo, levar adiantes pleitos de reforma das instituições políticas e econômicas de governança global. Esta dissertação analisa os motivos, os objetivos e os resultados oriundos dessa inflexão do universalismo da política externa brasileira. Para tanto, é realizada uma síntese do Sul dentro do acumulado histórico brasileiro a partir de 1945 e uma análise profunda de como a prioridade dispensada pelo Brasil passou do Norte para o Sul no começo deste século. Além disso, são estudados os principais agrupamentos e coalizões formados recentemente e que caracterizam a adoção do Sul como alvo das ações diplomáticas brasileiras. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The 21th century’s Brazilian foreign policy is characterized by a Global South approach, which resulted, overall, in the creation of new coalitions and arrangements among developing countries. When the Brazilian diplomatic actors assumed the South as the north, i.e., as the preferred axis, they found an opportunity to expand trade, to reach agreements on technical cooperation and, most importantly, to carry on claims referred to the reform of the political and economic institutions concerning global governance. This study analyses the reasons, the main objectives and the results from this change in the Brazilian foreign policy. To achieve this, the South within the Brazilian history since 1945 is synthetized and a deep analysis of how the priority given by Brazil moved from the North to the South at the beginning of the current century is done. Furthermore, this study analyses the major and new Southern coalitions and arrangements that characterise the change to the South as the main target of the Brazilian diplomatic actions.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Relações Internacionais, Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais, 2013.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:IREL - Mestrado em Relações Internacionais (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/13610/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.