Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/13387
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_SexoRendaEscolaridade.pdfArtigo em português161,59 kBAdobe PDFView/Open
ARTIGO_SexIncomeLevel.pdfArtigo em inglês161,99 kBAdobe PDFView/Open
Title: Sexo, renda e escolaridade associados ao nível de atividade física de trabalhadores
Other Titles: Sex, income and level of education associated with physical activity level among workers
Authors: Oliveira, Karin Eleonora Savio de
Costa, Teresa Helena Macedo da
Schmitz, Bethsáida de Abreu Soares
Silva, Eduardo Freitas da
Assunto:: Atividade física
Exercícios físicos - Brasil
Socioeconomia
Política alimentar
Issue Date: Jun-2008
Publisher: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Citation: SAVIO, Karin Eleonora Oliveira et al . Sexo, renda e escolaridade associados ao nível de atividade física de trabalhadores. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 42, n. 3, jun. 2008. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102008000300010&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 19 jun. 2013. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102008005000018. ___________________________________________________________________________________________________________________________
SAVIO, Karin Eleonora Oliveira et al . Sex, income and level of education associated with physical activity level among workers. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 42, n. 3, jun. 2008. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102008000300010&lng=pt&nrm=iso&tlng=en>. Acesso em: 19 jun. 2013. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102008005000018.
Abstract: OBJETIVO: Analisar fatores socioeconômicos e demográfi cos associados ao nível de atividade física de trabalhadores. MÉTODOS: Estudo transversal realizado no Distrito Federal, de 2000 a 2001, com amostra representativa de trabalhadores de ambos os sexos, vinculados ao Programa de Alimentação do Trabalhador, envolvendo 1.044 trabalhadores. Utilizou-se a regressão logística binária para determinação dos possíveis fatores de risco associados ao nível de atividade física e selecionados pelo processo de “backward elimination”. Efeitos interativos das variáveis foram verifi cados no modelo fi nal por meio da razão de chances, para nível de atividade física >1,4. RESULTADOS: O modelo fi nal incluiu o sexo, a renda e a escolaridade. Indivíduos do sexo masculino que cursaram apenas o primeiro grau e ganhavam menos de quatro salários mínimos eram os que tinham mais chances de apresentar nível de atividade física >1,4. A estimativa das razões de chances indicou que os homens tinham cinco vezes mais chances de apresentar nível de atividade física >1,4, níveis inferiores aos das mulheres. Indivíduos que cursaram apenas o primeiro grau e com renda igual ou inferior a quatro salários mínimos tinham duas vezes mais chances de nível de atividade física ≥1,4 do que indivíduos com renda superior a quatro salários mínimos e curso superior ou pós-graduação. CONCLUSÕES: Os resultados indicam que os fatores associados ao nível de atividade física de trabalhadores são: sexo masculino, escolaridade primeiro grau e renda menor que quatro salários mínimos.
Abstract: OBJECTIVE: To analyze socioeconomic and demographic factors associated with physical activity level among workers. METHODS: Cross-sectional study conducted in Brazil’s Federal District, from 2000 to 2001, with a representative sample of 1,044 workers from both sexes, who are covered by the Programa de Alimentação do Trabalhador (Workers’ Food Program). Binary logistic regression was used to determine possible risk factors associated with physical activity level and selected by the backward elimination process. Interactive effects of the variables were verifi ed in the fi nal model by means of the odds ratio for physical activity level >1.4. RESULTS: The fi nal model included sex, income and level of education. Male individuals who only fi nished elementary school and earned less than four Brazilian minimum wages per month were the most likely to show physical activity level ≥1.4. The odds ratio estimate indicated that men were fi ve times more likely to show physical activity level ≥1.4 than women. Individuals who only fi nished elementary school and had an income equal to or below four minimum wages were two times more likely to show physical activity level ≥1.4 than individuals who earned more than four minimum wages and had a university degree or higher. CONCLUSIONS: Results indicate that the factors associated with physical activity level among workers are the following: male, elementary school level, and income below four Brazilian minimum wages per month.
Licença:: Revista de Saúde Pública - Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons (Attribution-NonCommercial 3.0 Unported (CC BY-NC 3.0)). Fonte: http://www.scielo.br/revistas/rsp/paboutj.htm. Acesso em: 19 jun. 2013.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102008005000018.
Appears in Collections:EST - Artigos publicados em periódicos
NUT - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/13387/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.