Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/13185
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011_RosanaMedeirosdeOliveira.pdf133,61 MBAdobe PDFView/Open
Title: Gênero e sexualidade na TV Escola : cartografias de um currículo
Authors: Oliveira, Rosana Medeiros de
Orientador(es):: Diniz, Debora
Assunto:: TV Escola - currículos - sexo
Educação sexual
Currículos - sexo
Issue Date: 23-May-2013
Citation: OLIVEIRA, Rosana Medeiros de. Gênero e sexualidade na TV Escola: cartografias de um currículo. 2011. 278 f., il. Tese (Doutorado em História)—Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Abstract: Esta pesquisa-cartografia mapeou o currículo audiovisual de gênero e sexualidade da TV Escola. A TV Escola é um canal educativo de televisão do Ministério da Educação. É uma política pública que objetiva subsidiar as escolas com materiais audiovisuais. O currículo mapeado nesta pesquisa é composto pela programação de Orientação Sexual e outros programas da TV Escola que tratam questões de gênero e sexualidade de forma central. Entende-se nesta tese que o currículo não é um dado, mas resultado de um modo de pesquisar que envolve tanto a seleção dos documentos, quanto os modos de problematizá-los, ordená-los e interpretá-los. Compreendendo que as palavras "sexual" e "sexualidade" não são auto-evidentes, esta pesquisa apresenta os territórios agregados por essas palavras na programação da TV Escola, em uma tentativa de problematizar e desautomatizar seu uso na linguagem. Por meio de um estudo de caso e de análises de imagens- retórica de 88 programas do corpus, apresenta-se os enquadramentos hegemônicos do currículo e como eles funcionam como programações de gênero, em que pedagogias (hetero)sexualizadoras e racializantes estão em jogo. A pesquisa também dá vidência a linhas dissidentes do currículo, a enquadramentos presentes apenas em sua periferia, mas que diversamente dos enquadramentos hegemônicos, questionam o sistema de gênero (desprogramando o gênero), politizando a homofobia e apresentando a negritude como paisagem do possível. O currículo é discutido como uma política de subjetivação, em que valores e modos de vida são ensinados, devendo portanto ser questionado em seus modos de endereçamento, ou seja nas noções implícitas de sujeito que carrega. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This research/cartography has mapped TV Escola’s audiovisual curriculum of gender and sexuality. TV Escola is an educational broadcast, produced by the Ministry of Education. This is a policy meant at providing the public schools with audiovisual materials. Sexual Orientation programs as well as other programs which address issues of gender and sexuality as their main subjects compose the curriculum mapped in this research. The curriculum is here understood, not as a fact, but rather as the result of a way of researching, which includes the selection of documents, and also the ways by which one problematize, organize and interpret them. Understanding that both the words “sexual” and “sexuality” are not self-evident, this research presents the territories annexed by those words, in an attempt to problematize, and de-automatize their use in language. Through analysing a case study and the images-rethoric of 88 programs, one presents the curriculum’s hegemonic frames and how they function as gender programming, in which (hetero) sexual and racialized pedagogies are at stake. Besides, this research reveals the curriculum’s peripheral frames, dissident lines that put the gender system into question (deprogramming gender), politicising homophobia, and presenting blackness as part of the possible landscape. The curriculum is here considered a policy of subjectivity, in which values and ways of life are taught. That is why it must be questioned regarding its modes of address, that is, the implicit notions of subject that it contains.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em História, 2011.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:HIS - Doutorado em História (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/13185/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.